Lars Ulrich: jucando no camarim do Guns N' Roses

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

O site SPIN.com entrevistou, em agosto de 2011, Tommy Stinson, membro fundador do grupo de Minneapolis THE REPLACEMENTS e depois baixista do GUNS N' ROSES. Seguem alguns trechos da conversa.

1050 acessosSlash: Marshall divulga foto de guitarrista no estúdio5000 acessosMetallica: o insistente uso do "Yeah!" por James Hetfield

SPIN.com: Quando você entrou para o GUNS N' ROSES, o Axl Rose sabia do seu histórico?

Stinson: Ele sabia do THE REPLACEMENTS. Ele me disse que ele e Del James (produtor do GN'R) vieram nos ver numa boite e não ficaram impressionados. Ele e eu rimos do fato dele não ser um fã do REPLACEMENTS e eu não ser fã do GUNS.

SPIN.com: Qual é o cenário mais selvagem: bandas indie ou de hard-rock?

Stinson: Antigamente éramos todos jovens e beberrões, tomando todas. Como com o R.E.M., chapamos todas com aqueles caras. Mas com o GUNS, eu toquei com o METALLICA. O Lars Ulrich vomitando no nosso camarim, bem nojento. Ele tomou uma dose a mais do que deveria, e então veio o Sebastian Bach cantando, "Exit Lars! Exit Laaaaars!" ("Saia Lars! Saia Laaaaars!") enquanto o assistente dele carregava ele para fora do prédio. Mas isso é outra história.

SPIN.com: Você trabalha bem próximo do Axl há um bom tempo. Qual o segredo?

Stinson: Você descobre após um tempo quais batalhas valem a pena ser travadas. Muitas vezes, seja o Axl ou o Paul (Westerberg, mainman do THE REPLACEMENTS) ou quem quer que seja, eles lhe dizem que querem escutar o que você tem a dizer, mas eles não querem isso na verdade. Então você anda pisando em ovos. Você tem de dançar conforme a música.

Leia a entrevista na íntegra no SPIN.com.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

SlashSlash
Marshall divulga foto de guitarrista no estúdio

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Guns N' Roses"

Guns N RosesGuns N' Roses
Dizzy sobre reunião "o que tiver que ser, será"

Guns N RosesGuns N' Roses
Formação atual é "100x" melhor que anterior, diz Fortus

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Homenagem a Axl em álbum de Slash?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 19 de agosto de 2011
Post de 26 de outubro de 2012
Post de 24 de abril de 2014
Post de 25 de abril de 2014
Post de 14 de abril de 2015
Post de 21 de abril de 2017

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

MetallicaMetallica
O insistente uso do "Yeah!" por James Hetfield

Rob HalfordRob Halford
Qual a canção mais demoníaca que existe no metal?

SepulturaSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

5000 acessosJoão Gordo: O que ele acha da banda Babymetal?5000 acessosIron Maiden: sobre o que fala a música "The Trooper"?5000 acessosStryper: Tom Araya fala sobre demônio, sai do palco e vai rezar5000 acessosOzzy Osbourne: Black Sabbath não teve culpa em volta ao vício5000 acessosAxl Rose: há 55 anos, nascia o polêmico vocalista do Guns N' Roses5000 acessosJourney: o famoso erro geográfico em "Don't Stop Believin'"

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online