Matérias Mais Lidas

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemRandy Rhoads gostava de tocar as músicas do Black Sabbath?

imagemTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemAmilcar Christófaro diz que chegou a sondar Vitor Rodrigues para retornar ao Torture Squad

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemTuomas Holopainen achou que o Nightwish fosse acabar após saída de Marko Hietala

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A


Samael Hypocrisy
Lift Detox

Como o maior riff da história do Rock foi roubado do Brasil

Por Bruce William
Postado em 11 de novembro de 2022

Neste vídeo, o engenheiro e músico nas horas vagas Marco Antero, que mantém um canal no youtube para ajudar as pessoas a comporem suas próprias músicas, fala da origem do riff de "Smoke on the Water", canção imortal lançada pelo Deep Purple em seu álbum de 1972, "Machine Head", e que foi criado pelo guitarrista Ritchie Blackmore.

"Eu escutei Ludwig Van Beethoven", conta Blackmore em um vídeo reproduzido por Marco. "Bam-bam-bam-bam, bam-bam-bam-bam" cantarola o guitarrista o trecho da Quinta Sinfonia. "E eu pensei: Toca isso de trás pra frente, dar uma incrementada e você tem 'bam-bam-bam, bam-bam-bam-bam'", diz Ritchie, cantarolando dessa vez o riff de 'Smoke'. "Foi assim que eu inventei".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marco mostra então no vídeo o trecho da "Quinta Sinfonia" e depois toca de trás pra diante. Não ficou nada parecido com "Smoke on the Water". Marco tenta ainda transcrever e inverter a transcrição, mas nada. Ele conclui então que Blackmore estava simplesmente usando seu humor britânico para "trolar" o entrevistador, e para comprovar exibe outros trechos da entrevista, que realmente parecem indicar que o guitarrista estava apenas se divertindo.

"Mas então, se essa historinha do Beethoven é uma baita duma balela, será que esse riff teve outra origem?", questiona Marco no vídeo, e em seguida apresenta "Maria Moita", do Carlos Lyra.

https://youtu.be/xokONwQUa6M

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Marco então transcreveu "Smoke on the Water" e "Maria Moita", colocando as músicas no mesmo tom e andamento para comparar e - bingo! O resultado foi uma coincidência muito, mas muito grande, até mesmo "no papel". Como o próprio Marco diz no vídeo: "Quer dizer que o Blackmore plagiou o Carlos Lyra, que o riff mais famoso da história do rock é brasileiro? Eu não tenho como afirmar com certeza, mas acho muito provável que sim", diz Marco, comentando e mostrando em seguida outros inúmeros casos onde Blackmore parece ter copiado outras músicas.

Confira abaixo o vídeo completo, onde ao final Marco tenta "limpar a barra" de Ritchie Blackmore, demonstrando musicalmente que, em tese, há uma possibilidade disso ser apenas uma imensa e brutal coincidência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em fevereiro de 2019, uma matéria aqui no Whiplash.net tratava deste possível plágio de Blackmore, e que "Maria Moita" talvez tenha partes escritas ninguém menos que Tom Jobim, além de tentar elucidar como o guitarrista britânico pode ter, de fato, conhecido a canção brasileira. E o elo passa por Claude Nobs, organizador do Festival de Montreux onde aconteceu o famoso incêndio retratado na canção.

Deep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp
Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lars Ulrich poderia tocar músicas do Rush com Geddy Lee e Alex Lifeson?

Deep Purple: Ian Gillan lamenta morte de esposa, com quem estava casado há 38 anos

Deep Purple: Ian Gillan detona bandas que usam playback ao vivo

Cinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

Ian Gillan diz que ficou desapontado com "Born Again" e jogou álbum pela janela do carro

Ritchie Blackmore sobre Jimmy Page em 1962: "Sabia que ele seria alguém"

Ian Gillan diz que Blackmore é um pé no saco e manda reunião para o espaço

Judas Priest: "Stained Class" é um dos discos mais sinistros da banda

Judas Priest: "Sad Wings of Destiny" definiu as principais características do heavy metal

Cinco nomes do rock e do metal que morreram antes dos 30 anos - Parte I

Deep Purple: Ian Gillan compara Ritchie Blackmore a "ex-esposa que não queremos de volta"

Cinco músicas lançadas há mais de 50 anos que continuam fazendo sucesso

Como o maior riff da história do Rock foi roubado do Brasil

James LaBrie diz que "Machine Head" é o maior álbum de metal de todos os tempos

Para Ritchie Blackmore, o Deep Purple ficou "meio monocórdico" antes de sua saída

Deep Purple: os álbuns da banda, do pior para o melhor

Álbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock

Ritchie Blackmore: odeia felicidade, diz que sorrir não é natural

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Iron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 2011


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.