Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemJoão Gordo compara anarcocapitalistas com quem acredita em terraplanismo

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemVídeo de clássico do Kiss é disponibilizado no canal oficial da banda

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemPrika diz que fez "tudo errado" na primeira turnê da Nervosa, mas aprendeu lição

imagemNergal diz que vocalista do Arch Enemy é mais corajosa do que muito metaleiro homem

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemGeddy Lee e Alex Lifeson tocam clássica do Rush em evento nos EUA

imagemAlice In Chains faz o primeiro show em três anos; confira setlist

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas


Dream Theater 2022

Rock and Roll: brigas internas que serviram como inspiração para clássicos (Parte I)

Por Paulo Severo da Costa
Em 02/10/16

"Inspiração" é um dos temas mais evasivos quando do questionamento de artistas: da banalidade diuturna à Guerra da Criméia, criadores (de um modo geral), gostam de manter as coisas no campo "místico", "etéreo", "surrealista"- enquanto nós, os fãs, queremos cada vez mais chafurdar em suas mentes e tentar entender de onde isso tudo vem.

Leia também:

Rock and Roll: brigas internas que serviram como inspiração para clássicos (Parte II)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um dos itens mais controversos do ponto de vista da inspiração, são as rusgas intermináveis entre artistas: gente que convive séculos com as mesmas pessoas, rotinas de trabalho intermináveis e meses fora de casa. Mas, para além do bem e do mal, esses entreveros também serviram como mote de inspiração para composições acertadas e que deixaram sua marca no rock n´roll:

1) "Mixed Emotions"
STEEL WHEELS – ROLLING STONES (1989)

"Não é mais engraçado/É maior do que o dinheiro/Você não me comove mais". Lançada em 1988, no álbum debut de KEITH RICHARDS ("Talk is Cheap"), "You Don´t Move Me", é o retrato cru da mais que desgastada relação com JAGGER em meados daquela década. No ano seguinte, "STEEL WHEELS", o último registro em estúdio dos STONES naquela década, trouxe a faixa em epígrafe (música de RICHARDS e letra de JAGGER), que trouxe versos conciliadores como: "Vamos fazer as pazes/Apagar o passado/Fazer amor juntos/Permanecer no caminho" ou "Você não é a única/Com emoções misturadas/Você não é o único navio/À deriva neste oceano". Apesar de aparentemente se dirigir a uma mulher (o que JAGGER jura ser sua inspiração), pra bom entendedor meio verso basta....

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2) "We Are The Clash"
CUT THE CRAP – THE CLASH (1985)

Mesmo com noventa por cento da crítica descendo o cacete, "Cut The Crap"é um registro mediano de uma banda de quem sempre se esperou muito. Mas após intermináveis crises, as demissões de TOPPER HEADON e do genial e falastrão MICK JONES, brigas com gravadoras, e todo enredo que se seguiu, STRUMMER aproveitou para extravasar a raiva contra JONES (em shows após a saída do guitarrista, STRUMMER bradava ao microfone: "vai se fuder herói da guitarra" durante a execução de "Complete Control" do primeiro disco), em frases tentando mostrar uma pálida (mas ainda honesta) tentativa de unicidade: "Nós não vamos ser tratados como lixo/Temos uma coisa/Nós somos o confronto/Está certo/Nós somos o CLASH".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3) "Bad Attitude"
HOUSE OF THE BLUE LIGHT – DEEP PURPLE (1987)

Quando vejo essas briguinhas midiáticas entre "estrelas" atuais, fico pensando no inferno que deveria ser a convivência (sobretudo após a volta em 1984), entre IAN GILLAN e RITCHIE BLACKMORE. Nem os irmãos FOGERTY ou os DAVIES (do KINKS) conseguiram encrencar mais do que esses dois (GILLAN foi despedido duas vezes em oito anos), até BLACKMORE puxar o carro. "Se é possível sentir raiva e tristeza ao mesmo tempo é assim que me sinto", disse JON LORD após o show de despedida de um irascível BLACKMORE. Em "Bad Attitude" (creditada com uma composição conjunta, mas cuja letra foi totalmente redigida por GILlAN- que sairia da banda logo depois), dispara: "Você me trancou numa gaiola de papel/ Você pensa que estou acorrentado mas estou apenas amarrado/Afaste-se e saia do meu caminho/Não vou te machucar, já tenho sido pressionada o suficiente/Você se deparou a muitos problemas/Você se deparou a um mal negócio/Você diz "Eu tenho uma má atitude"/Como você acha que me sinto?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4)"Broken Arrow"
BUFFALO SPRINGFIELD AGAIN - BUFFALO SPRINGFIELD (1967)

Duas coisas sobre NEIL YOUNG são axiomáticas: ele é tão genial quanto difícil. Antes do segundo registro do BUFFALO SPRINGFIELD, YOUNG surtou e abandonou o barco: "Eu estava ficando louco: amávamos e nos odiávamos o tempo inteiro. Comecei a me sentir como se não tivesse que responder ou obedecer a ninguém. Eu precisava de mais espaço". Entretanto, antes das gravações, o canadense voltou a banda (de onde sairia no ano seguinte), e efetuou o registro, repleto de metáforas sobre confusão e abandono. Mas como STEPHEN STILLS diria, com ar confessional, tempos depois: "Estávamos da idade em que você pode facilmente adquirir a `síndrome de diva´ antes de ser efetivamente algo- e foi isso que aconteceu naquela época."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5) "Carouselambra"
IN THROUGH THE OUT DOOR - LED ZEPPELIN (1979)

ROBERT PLANT escreveu essa letra a respeito do estado da banda na época: Jimmy PAGE (afundado em heroína) e JOHN BONHAM (em estado severo de alcoolismo) estavam mais interessados na vida de rock star, enquanto ele e JONES "carregavam o piano" na gravação. A letra (que quase acabou quase soterrada na mixagem, principalmente pelas camadas de guitarra) , deixa seu recado ( e por que não dizer, um prenúncio): "Irmãs do caminho toleram ao lado do seu tempo no silêncio da paz/ Aguardem o seu lugar dentro do anel da calma/Ainda estamos a transformar em segundos de libertação/Aguardem o convite que poderá não chegar."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Dez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria - Parte II

Jimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

O hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

Dinho lembra quando entrevistou Robert Plant sem poder falar sobre Led Zeppelin

Judas Priest: Rob Halford comenta a influência de Led Zeppelin e Queen

Cinco bandas que lançaram discos por três (ou mais) anos consecutivos - Parte 1

Dez músicas gravadas por bandas de rock e metal que não têm refrão, em lista do Loudwire

O motivo pelo qual Bill Ward não deixava John Bonham tocar sua bateria

Led Zeppelin: Jimmy Page ficou insatisfeito com "In Through The Out Door"

O astro do choro brazuca que tocou com John Paul Jones sem saber quem ele era

Ritchie Blackmore conta como conheceu Jimmy Page aos 16 anos, em 1961

Fernando Haddad e a lenda do Rock que pediu pra ele apresentar o Gilberto Gil

A inesperada banda norte-americana favorita de Jimmy Page

O Rockstar extremamente famoso que nunca gostou do Led Zeppelin

Bill Ward levou "pelo menos um ano" para entender a bateria de John Bonham

Led Zeppelin: "não espero que haja mais shows", diz Page

Ultimate Guitar: os 100 melhores solos de guitarra

Religião: Top 10 citações sobre Deus e o Diabo

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n'roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: [email protected]

Mais matérias de Paulo Severo da Costa.