RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Bandas que já cantaram em sua língua natal

Por Samuel Coutinho
Fonte: Metal da Ilha
Postado em 15 de março de 2015

O inglês está aí, dominando tudo quando é área, desde gírias, nomes de produtos ou empresas e principalmente nas letras das músicas da maioria das bandas de heavy metal. O metal surgiu na Inglaterra sendo importado diretamente para os Estados Unidos da América, sendo assim, o inglês é a língua oficial do metal. Com isso, as bandas que surgiram em outros países, decidiram cantar suas músicas em inglês, visando o mercado intencional e fazendo com o que o estilo fosse ficando cada vez mais globalizado. Uma das primeiras bandas fora da Inglaterra ou EUA a adotar o inglês em suas letras foi o SCORPIONS. Este foi o pontapé inicial para mais bandas de todas as partes do mundo usarem o idioma oficial do heavy metal.

Scorpions - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Mas para dar uma variada no vocabulário, algumas bandas incluem em seu repertório uma ou duas composições em seu idioma nativo. Muitas delas optam por lançar tal música como faixa bônus ou em alguma edição especial, como uma homenagem ao seu país de origem. Abaixo foram listadas as principais bandas de cada país que já arriscaram a cantar uma música em seu idioma nativo, e também algumas que contam com todo seu repertório cantado em sua língua natal. Aproveite para conhecer algumas bandas que você não conhecia.

NIGHTWISH - "Kuolema Tekee Taiteilijan"

Esta bela faixa da banda finlandesa Nightwish chegou a ser composta em inglês, só que na última hora decidiram gravar na versão finlandesa. Uma curiosidade quanto a música, após a saída de Tarja Turunen a banda evitou de tocar "Kuolema Tekee Taiteilijan" ao vivo, pois a até então nova vocalista da banda, Anette Olzon, não era fluente em finlandês (Anette é sueca). Mas em 13 de agosto de 2009 ela cantou a canção, junto com "Meadows of Heaven" do álbum Dark Passion Play, no Suomi Safari em Estocolmo, Suécia, junto com uma orquestra completa.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

FORGOTTEN TALES - "Jeux D'enfants"

Os canadenses do Forgotten Tales também decidiram homenagear a segunda língua oficial de sua terra natal. Nisso, podemos ouvir no álbum de 2005, "All The Sinners" a faixa bônus "Jeux D'enfants", cantada no idioma francês. A canção foi lançada como faixa bônus na versão japonesa do disco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

DARK MOOR - "Canción Del Pirata"

A banda espanhola Dark Moor já havia feito uma versão para uma música em espanhol, a canção "Cuentos De Ayer Y De Hoy" do ÑU aparece do EP do Dark Moor, "The Fall Of Melnibone", quando a banda contava com Elisa Martin nos vocais. Mais adiante, a partir do álbum "Ancestral Romance" de 2010, a banda passou a compor pelo menos uma faixa em espanhol, para aparecer em seus discos. Em "Ancestral Romance" podemos ouvir no final da música "Mio Cid" trechos da faixa cantados em espanhol. "Canción Del Pirata" ficou perfeita no andamento do disco, a faixa inteira é cantada em espanhol, combinando muito bem com o conceito. No disco mais recente da banda, "Ars Musica" de 2013, também contamos com mais uma faixa cantada no idioma de origem da banda, se trata da faixa "El Último Rey".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

ETERNA - "Terra Nova"

O Eterna é uma banda que já cantava em português, como por exemplo em seu primeiro disco, "Shema Israel". A banda dividia seu repertório autoral entre faixas em inglês e português. No ano de 2002 a banda lançou um ótimo EP, intitulado "Terra Nova". Até aí o grupo de white metal contava com uma formação de ponta, com o ótimo vocalista Leandro Caçoilo. Este trabalho contém a música "Mother Land" que foi traduzida para "Terra Nova", cantada toda em nosso idioma.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

RHAPSODY OF FIRE - "Lamento Eroico"

O Rhapsody Of Fire é uma banda que sempre presa a sua língua natal em suas canções. A partir do quarto álbum da banda, "Power of Dragonflame", os italianos acrescentaram seu idioma, mais precisamente na bela canção "Lamento Eroico". Daí pra frente a banda de Fabio Lione e companhia sempre levou suas raízes linguísticas em suas músicas. Faixas como "Guardiani del Destino", "Il Canto Del Vento", "Danza di Fuoco e Ghiaccio", "Tempesta di fuoco", "Anima perduta" e "Custode Di Pace", dos álbuns mais recentes da banda, são todas cantadas em italiano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 6

ANGRA - "Caça e Caçador"

Um dos nossos representantes do metal só foi dedicar uma canção em nossa língua no EP "Hunters And Prey", lançado em 2002. Se trata também de uma versão regravada da faixa título do EP. "Caça e Caçador" dá o tom em português, deixando bem evidente a forte influência de músicas típicas do nordeste brasileiro, como o baião. Também em "Temple of Shadows" temos uma boa pitada de brasilidade na faixa "Late Redemption", com a participação do cantor Milton Nascimento, para cantar alguns trechos em português.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

SEPULTURA - "Ratamahatta"

Sem deixar de lembrar do hit do álbum "Roots" do Sepultura. "Ratamahatta" é uma mistura de línguas nativas do nosso país com algumas frases em inglês. Uma das músicas mais conhecidas da banda ainda contou com a participação de Carlinhos Brown e do ex-baterista do KORN, David Silveria. Ainda no mesmo disco, as músicas "Itsári" e "Jasco" foram gravadas em uma tribo xavante. Indiscutivelmente o Sepultura fez várias referências ao Brasil no álbum "Roots".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |

Complementando a lista, abaixo eu citarei mais algumas bandas que optaram por cantarem todo o seu repertório em suas línguas originais.

RATA BLANCA (Argentina)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

LACRIMOSA (Alemanha)

Cantam em alemão, apesar da banda executar algumas faixas em inglês.

RAMMSTEIN (Alemanha)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

ROTTING CHRIST (Grécia)

ALOGIA (Sérvia)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps



[an error occurred while processing this directive]
publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.
Mais matérias de Samuel Coutinho.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS