Matérias Mais Lidas

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Kiss: Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogasKiss
Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogas

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Shaman: quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018Shaman
Quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Alexi Laiho: A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo, afirma MustaineAlexi Laiho
"A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo", afirma Mustaine

Nirvana: Krist Novoselic comenta o suicídio de CobainNirvana
Krist Novoselic comenta o suicídio de Cobain

Rock in Rio: Produção afirma que datas estão mantidasRock in Rio
Produção afirma que datas estão mantidas

Black Sabbath: banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro discoBlack Sabbath
Banda compartilha meme de Bernie Sanders em capa de primeiro disco

Nervosa: Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)Nervosa
Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)

Rob Halford: entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de saltoRob Halford
Entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de salto


Matérias Recomendadas

Metallica: Para Hetfield, algumas bandas deveriam morrerMetallica
Para Hetfield, algumas bandas deveriam morrer

Vegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carneVegetarianismo
Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Kerrang: os melhores singles já lançadosKerrang
Os melhores singles já lançados

AC/DC - Perguntas e Respostas
AC/DC - Perguntas e Respostas

Queen: ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicosQueen
Ouça a voz isolada de Freddie Mercury em clássicos

Malvada
Dead Daisies

Deep Purple: Um bom disco graças ao experimental dosado

Resenha - InFinite - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

8

O Deep Purple encara um processo de reinvenção desde a saída de Ritchie Blackmore, ainda na década de 90. Discos como "Purpendicular" (1996) e "Bananas" (2003), por exemplo, mostram que o grupo sempre procurou se reciclar em uma veia até levemente experimental.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isto representa um mérito e tanto para a trajetória do Deep Purple. O grupo poderia ter estacionado na sonoridade única que desenvolveu na década de 70, mas o anseio em apresentar algo novo ao público falou mais alto.

Tal situação pode ter equívocos como consequência. É como classifico "Now What?!" (2013), penúltimo disco do Deep Purple até agora. A banda passou a trabalhar com o renomado produtor Bob Ezrin, só que não conseguiu acertar na fórmula. De tão experimental, soou confuso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Graças ao erro que é "Now What?!", tive certo receio antes de dar o play em "InFinite", álbum mais recente do quinteto. O medo de me decepcionar com este disco se reforçou com a apenas mediana "Time For Bedlam", único single que havia ouvido até então.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por sorte, não tive decepção alguma. "InFinite" é um ótimo trabalho. Aqui, o quinteto soube dosar a pegada experimental característica de Bob Ezrin à sonoridade mais classic rock que os fãs esperam.

Três personagens explicitam, em suas performances, a ousadia presente em "InFinite". São eles: o guitarrista Steve Morse, o tecladista Don Airey e o produtor - e também tecladista - Bob Ezrin.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Steve Morse se diferencia pelo background. O guitarrista tem uma conexão aparente com o jazz, cada vez mais representada em seus fraseados no instrumento. Já Don Airey, que aparece mais aqui do que em outros trabalhos do Deep Purple, consegue mesclar o que há de melhor no jazz e também na influência que Jon Lord, seu mítico antecessor, exerceu em seu estilo de tocar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bob Ezrin, por sua vez, é o tipo de produtor que interfere muito nos discos em que trabalha. Embora esteja mais dosada do que em "Now What?!", sua influência em "InFinite" pode ser sentida, em especial, nas faixas de presença mais orquestrada. O criativo canadense tem créditos compartilhados com o grupo na autoria de todas as faixas do álbum - com exceção, claro, do bom cover para "Roadhouse Blues" (The Doors), onde Ian Gillan, enfim, desenterra sua gaita.

Os momentos mais arranjados, inclusive, chegam a aliar uma curiosa pegada heavy rock, quase metálica. Percebe-se este trunfo em faixas como "The Surprising", "Birds Of Prey" e "Time For Bedlam". Em contraponto, o groove e os riffs comem soltos em faixas como "Hip Boots", "Johnny's Band" e "One Night In Vegas".

O trio veterano de Deep Purple não foi mencionado anteriormente porque demonstrou a constância de sempre - embora, para mim, o vocalista Ian Gillan tenha sido um dos que mais pecaram em "Now What?!".

O baixo de Roger Glover soa cada vez mais pesado, enquanto os vocais de Ian Gillan estão melhor adaptados à sua idade - mesmo com 71 anos, Gillan coloca a sua voz de forma imponente ao longo da tracklist. E como toca Ian Paice! Suas linhas são impecáveis e seu groove é diferenciado. Ainda é um dos melhores bateristas em atividade.

O único fator que pesa de forma negativa, para mim, é a falta de destaque à guitarra de Steve Morse. O instrumento soa baixo na mixagem final e há poucos solos no geral, apesar de que há mais licks e passagens em que as seis cordas brilham com os teclados de Don Airey. E a veia "espacial" presente em algumas canções também não é de meu total agrado, mas essa é uma questão ainda mais pessoal e que não entra nos méritos desta avaliação.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ainda não dá para saber se "InFinite" é, mesmo, o "canto do cisne" do Deep Purple. A banda parece não ter se decidido exatamente com relação à aposentadoria. Independente do posto que este álbum ganhará na discografia do Deep Purple, trata-se de um bom registro.

Ian Gillan (vocal, gaita)
Steve Morse (guitarra)
Roger Glover (baixo)
Ian Paice (bateria)
Don Airey (teclados)

Músicos adicionais:
Bob Ezrin (teclados, backing vocals e percussão)
Tommy Denander (guitarra adicional na faixa 8)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

01. Time for Bedlam
02. Hip Boots
03. All I Got Is You
04. One Night in Vegas
05. Get Me Outta Here
06. The Surprising
07. Johnny's Band
08. On Top of the World
09. Birds of Prey
10. Roadhouse Blues (The Doors cover)

Comente: Ouviu o disco? O que achou?


Outras resenhas de InFinite - Deep Purple

Deep Purple: Ao infinito... e além!

Deep Purple: Novo disco é um belo presente para os fãsDeep Purple
Novo disco é um belo presente para os fãs

Deep Purple: O Rock vive e muito bem neste disco

Deep Purple: Sem surpreender, mostra estar mais viva que nunca

Deep Purple: Ao infinito... E além!Deep Purple
Ao infinito... E além!

Deep Purple: encerrando sua trajetória com ótimo álbum


Malvada
Dead Daisies


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Saxon: banda divulga cover para a clássica Speed King, do Deep PurpleSaxon
Banda divulga cover para a clássica "Speed King", do Deep Purple

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Rainbow: quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geralRainbow
Quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geral

Deep Purple: Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateriaDeep Purple
Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateria

Michael Schenker: por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?Michael Schenker
Por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?

Glenn Hughes: Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep PurpleGlenn Hughes
"Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep Purple"

Blackmore's Night: novo álbum sai em março, veja capa, faixas e préviaBlackmore's Night
Novo álbum sai em março, veja capa, faixas e prévia

Dimebag Darrell: as 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do PanteraDimebag Darrell
As 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do Pantera

Deep Purple: A relação da banda com o filme O Exorcista

Regis Tadeu: cinco discos que deram errado (vídeo)


Viva el rock!: a tradição argentina de traduzir para o espanhol os títulos dos LPsViva el rock!
A tradição argentina de traduzir para o espanhol os títulos dos LPs

Tommy Bolin: Os excessos estavam acabando com aquele caraTommy Bolin
Os excessos estavam acabando com aquele cara


Rob Halford: 11 coisas que você não sabia sobre eleRob Halford
11 coisas que você não sabia sobre ele

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.