RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagem5 motivos para assistir ao novo RockGol 2023 que estreia em fevereiro


Arkona: Uma das maiores bandas do cenário folk/pagan metal atual

Resenha - YAV - Arkona

Por Junior Frascá
Fonte: Entrou na Sala
Postado em 06 de setembro de 2015

Nota: 8

Em seu sétimo álbum, os russos do ARKONA se consolidam com uma das maiores bandas do cenário folk/pagan metal atual. Com uma variedade sonora protuberante, cheia de arranjos ricos e variados, e muita intensidade, o conjunto mostra que a cada novo lançamento conseguem evoluir ainda mais, mas sem nunca deixar de lado suas raízes sonoras.

E, durante toda a audição de "YAV", o ouvinte é levado por uma viagem épica e sombria, com momentos ora mais brutais, que remetem ao black metal, e outros mais atmosféricos e pomposos, com claras influências de música celta e nórdica. E isso tudo, claro, de forma bem orgânica, sem que pareça apenas um amontoado de idéias jogadas ao leo.

Ademais, temos aqui sem dúvida o disco mais progressivo e intrincado da carreira da banda, seja na parte instrumental, seja nas linhas vocais (na maioria com duetos entre o feminino lírico e o masculino rasgado e gutural).

Por óbvio, devido a tanta variedade, é um trabalho de assimilação demorada (assim como todos os seis anteriores da banda), que demanda audições mais apuradas para que sejam percebidas e captadas todos os seus elementos.

Todavia, apreciado com atenção, se mostra um trabalho altamente intenso, relevante e emotivo como poucas bandas do estilo conseguem criar.

YAV - Arkona
(Shinigami Records- 2015)

1. Zarozhdenie
2. Na strazhe novyh let
3. Serbia
4. Zov pustyh dereven
5. Gorod snov
6. Ved ma
7. Chado indigo
8. Jav
9. V ob jat jah kramoly


Outras resenhas de YAV - Arkona

Resenha - Yav - Arkona

Resenha - Yav - Arkona

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.
Mais matérias de Junior Frascá.