Matérias Mais Lidas

Angra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metalAngra: por que Fabio Lione não consegue mais escutar power metal

Brian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentáriosBrian May: após quase ser cancelado, guitarrista pede desculpas por comentários

Thiago Castanho: pede pra ele tocar guitarra e cantar, diz sobre filho de ChorãoThiago Castanho: "pede pra ele tocar guitarra e cantar", diz sobre filho de Chorão

Deep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeçaDeep Purple: em 2004, Steve Morse gravou covers de Ozzy e arrumou dor de cabeça

Celtic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; admiro imensamenteCeltic Frost: Tom Warrior elogia integrante de banda brasileira; "admiro imensamente"

Iron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessóriosIron Maiden: em parceria com a Marvel, banda cria nova linha de roupas e acessórios

Charlie Brown Jr: me chutaram 100% do projeto que criei, diz filho de ChorãoCharlie Brown Jr: "me chutaram 100% do projeto que criei", diz filho de Chorão

Humor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileirosHumor: como seriam os nomes de alguns rockstars se eles fossem brasileiros

Marilyn Manson: investigadores cumprem mandado de busca e apreensão na casa do músicoMarilyn Manson: investigadores cumprem mandado de busca e apreensão na casa do músico

Lista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astralLista: 20 músicas animadas para ouvir em dias tristes e levantar o astral

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?

Tool: 10 faixas menos conhecidas que todos deveriam ouvir, pela Kerrang!Tool: 10 faixas menos conhecidas que todos deveriam ouvir, pela Kerrang!

Prog Metal: As 10 melhores músicas para se iniciar no estilo, pela Ultimate GuitarProg Metal: As 10 melhores músicas para se iniciar no estilo, pela Ultimate Guitar

Death Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless MetalDeath Metal: os melhores álbuns do estilo lançados em 1991, em lista do Ruthless Metal


Stamp

The Winery Dogs: Novo disco "Hot Streak" é decepcionante

Resenha - Hot Streak - Winery Dogs

Por Igor Miranda
Fonte: IgorMiranda.com.br
Em 06/10/15

Tentei me conter na expectativa pelo novo álbum do The Winery Dogs. Para mim, o disco de estreia do trio foi o melhor de 2013 e um dos melhores da década que chegaram ao público até o momento. Mas é sempre perigoso apostar tantas fichas em uma sequência. Por isso, a cautela inicial em "Hot Streak".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ainda bem que não me empolguei. "Oblivion", primeiro single divulgado e também a faixa de abertura de "Hot Streak", é uma boa música, tem um refrão grudento, mas exagera no virtuosismo em alguns momentos. Ainda assim, se o disco seguisse esse padrão, estaria tudo bem.

Não seguiu. "Hot Streak" é uma mistura esquisita de influências que não traz os principais elementos da carreira de Richie Kotzen: swing e melodia. Se a faixa de abertura exagera na virtuose, "Captain Love" lembra o AC/DC, mas sem ousadia dos australianos. Os riffs são legais, mas a música é pouco dinâmica e tem desnecessários cinco minutos.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A faixa título tenta dar um rebolado, mas falha simplesmente por não ter um bom refrão – naquilo que se poderia chamar de parte principal, Mike Portnoy resolve acelerar demais. "How Long", enfim, traz um sopro do primeiro disco. Apesar dos versos mortos, o chorus e as pontes são interessantes.

"Empire" faz com que eu me pergunte o que aconteceu com Mike Portnoy. Ele parece ter tocado todas as músicas do mesmo jeito até agora. Só os solos se salvam. A balada "Fire" quebra o clima com destaque ao violão. Richie Kotzen, definitivamente, sabe tocar como poucos. "Ghost Town" tem um clima meio pop rock oitentista, tipo U2 ou The Police, mas sem muita classe. É sonolenta.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"The Bridge" é uma boa música. Richie Kotzen opta por um vocal mais grave que cai bem ao longo da música. O refrão é grudento e o momento de solo tem um show instrumental. "War Machine" também tem essa pegada meio pop rock oitentista e só não deixa o ouvinte dormir pelos solos sempre interessantes e pelo chorus mais ou menos empolgante. Cheia de efeitos, a enfadonha "Spiral" é, provavelmente, o momento mais pop do álbum. Mal feita. Sabe-se lá o que tentaram aqui, mas falharam.

"Devil You Know" traz o The Winery Dogs de volta para algo interessante. Paulada dinâmica, com pegada e ganchos melódicos que te deixam preso. Uma das melhores músicas do álbum. "Think It Over" retoma um pouco da pegada soul/R&B que Kotzen parece ter deixado de lado nesse álbum. Balada gostosa de se ouvir. Faixa de encerramento, "The Lamb" tem uma introdução acústica, mas logo descamba para bons riffs. O problema é que, de novo, a genérica pegada pop rock oitentista aparece nos versos e mata a música, mesmo com um refrão legal, um solo destruidor e uma passagem final que foge do padrão.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No geral, "Hot Streak" decepciona muito. Não pela tentativa de procurar novas influências, mas pela má escolha e razoável aplicação das mesmas. A corrente pop oitentista não caiu bem e fez com que o disco soasse datado, Mike Portnoy não esteve criativo, Billy Sheehan pouco apareceu e Richie Kotzen mandou mal nas composições.

Ainda é difícil apontar exatamente o que deu errado em "Hot Streak". No entanto, para um próximo álbum, a expectativa é que o The Winery Dogs volte ao que fez em seu debut ou, caso o apelo por mudança seja tão grande, busque algo menos forçado para ser feito. Isso se o trio durar até lá, pois sabe-se que Richie Kotzen não permanece em outros projetos por tanto tempo.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Richie Kotzen (guitarra, vocais)
Billy Sheehan (baixo)
Mike Portnoy (bateria)

01. Oblivion
02. Captain Love
03. Hot Streak
04. How Long
05. Empire
06. Fire
07. Ghost Town
08. The Bridge
09. War Machine
10. Spiral
11. Devil You Know
12. Think It Over
13. The Lamb


Outras resenhas de Hot Streak - Winery Dogs

Winery Dogs: um passo à frente, mantendo a qualidade

The Winery Dogs: Uma grande força no Rock moderno

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Garimpeiro
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Mike Portnoy: Queremos tocar, mas temos de estar seguros, afirma o bateristaMike Portnoy: "Queremos tocar, mas temos de estar seguros", afirma o baterista

Joey Jordison: citando Brasil, Portnoy lamenta morte do amigo e compartilha históriaJoey Jordison: citando Brasil, Portnoy lamenta morte do amigo e compartilha história

Mike Portnoy: um impressionante documento que lista os 992 covers que ele já tocouMike Portnoy: um impressionante documento que lista os 992 covers que ele já tocou

The Winery Dogs: Billy Sheehan está empolgado pelo trio estar escrevendo novas músicasThe Winery Dogs: Billy Sheehan está empolgado pelo trio estar escrevendo novas músicas


Mike Portnoy: a diferença entre banda e projetoMike Portnoy: a diferença entre "banda" e "projeto"

Mike Portnoy: no final das contas, eu sou apenas um fã!Mike Portnoy: "no final das contas, eu sou apenas um fã!"

Mike Portnoy: ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter CrissMike Portnoy: ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter Criss


Metallica, Guns, Slipknot, Kiss: tombos, erros e fatos engraçadosMetallica, Guns, Slipknot, Kiss
Tombos, erros e fatos engraçados

Heavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregosHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.