Electric Age: Quarteto paulista leva o ouvinte a voltar no tempo

Resenha - Good Times Are Coming - Electric Age

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se você é daqueles entusiastas do rock pesado praticado entre as décadas de 70 e 80, prepare-se, caro amigo leitor, pois o quarteto paulistano ELECTRIC AGE vai ter levar a uma viagem direto para aquele período! Com uma sonoridade totalmente retro, mas com uma qualidade de gravação atual e muito boa, a banda nos brinda com um EP de apenas 6 faixas (contando uma introdução), mas que é o suficiente para deixar o ouvinte com água na boca esperando pelo primeiro disco completo.
176 acessosElectric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americano5000 acessosGuns N' Roses: transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

Com uma mistura de classic rock, hard e stoner, a banda mostra muita qualidade e competência, desde a abertura, com a poderosa e cativante “Snake Eater”, até o encerramento com a ótima faixa título, que mostram que o quarteto entende do riscado, e tem tudo para se tornar uma das grandes referências dessa nova safra de bandas com sonoridade vintage que vêm surgindo aos montes nos últimos anos.

Os destaques do álbum ficam para os riffs classudos e despojados de Luiz Felipe Cardim, para a técnica do baterista Rafael “The Boss”, e para as ótimas linhas do vocalista Junior Rodrigues, que embora cometa alguns “exageros”, o faz de forma intencional, pois tudo se encaixa perfeitamente em cada passagem.

Agora é aguardar ansiosamente pelo primeiro registro completo dos caras, que não deve tardar a ser lançado, enquanto escutamos incansavelmente, no volume máximo, esse excelente “Good Times Are Coming”!

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Good Times Are Coming – Electric Age
(2013 - Independente – EP - Nacional)

Lineup
Luiz Felipe Cardim – Guitar
Otavio Cintra – Bass
Rafael “The Boss” Nicolau – Drums
Junior Rodrigues – Vocals

01. Rise
02. Snake Eater
03. Echoes of Insanity
04. All Night Long
05. Dreamer
06. Good Times Are Coming

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Good Times Are Coming - Electric Age

470 acessosElectric Age: Som retrô mas com características originais343 acessosElectric Age: promessa cumprida no primeiro EP212 acessosElectric Age: Merece se tornar destaque na cena metálica

176 acessosElectric Age: musculosa estreia de southern rock norte-americano0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Electric Age"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Electric Age"

Guns N RosesGuns N' Roses
Transtorno bipolar, a doença de Axl Rose

Iron MaidenIron Maiden
A foto que teria inspirado Derek Riggs na criação de Eddie?

PoisonPoison
A pornografia que quase matou Bret Michaels

5000 acessosBuckethead: uma rara imagem do guitarrista sem a máscara5000 acessosLemmy: "Uma virgem engravida de um espírito? É estúpido!"5000 acessosSeparados no nascimento: Dave Grohl e Benito Di Paula5000 acessosEddie Trunk: os dez melhores álbuns de 20155000 acessosMarilyn Manson: 10 melhores músicas segundo a Loudwire5000 acessosBlack Label Society: a falta que faz Dimebag Darrel

Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online