Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos númerosGuns N' Roses: turnê continua milionária, veja os assombrosos números

Judas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesadaJudas Priest: o problema com o baixo de Ian Hill conforme a banda ficava mais pesada

Cannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of WarcraftCannibal Corpse: homofobia faz Corpsegrinder perder homenagem no jogo World of Warcraft

Angra: escolhas erradas prejudicaram Aqua, não foi uma boa ideia, segundo AndreoliAngra: escolhas erradas prejudicaram "Aqua", "não foi uma boa ideia", segundo Andreoli

Foo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de Learn to FlyFoo Fighters: Dave Grohl surpreende ao revelar significado da letra de "Learn to Fly"

Angra: Fabio Lione recebeu proposta para compor quatro músicas de Rebirth, mas recusouAngra: Fabio Lione recebeu proposta para compor quatro músicas de "Rebirth", mas recusou

Guns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito melhor vocalistaGuns N' Roses: a curiosa e humilde reação de Axl Rose ao ser eleito "melhor vocalista"

Metallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locaisMetallica: banda fará 4 shows no Brasil em maio de 2022; confira datas e locais

Rush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonhoRush: Mike Portnoy diz que fazer tour ao lado de Geddy Lee e Alex Lifeson seria um sonho

Måneskin: banda será uma das atrações do Rock in Rio 2022, segundo jornalistaMåneskin: banda será uma das atrações do Rock in Rio 2022, segundo jornalista

Kiss: Destroyer ganhará edição de 45 anos; ouça versão inédita de Detroit Rock CityKiss: "Destroyer" ganhará edição de 45 anos; ouça versão inédita de "Detroit Rock City"

Mayhem: fique longe das redes sociais, aconselha NecrobutcherMayhem: "fique longe das redes sociais", aconselha Necrobutcher

Floor Jansen: vocalista do Nightwish relembra quando ainda fumava; parece outra vidaFloor Jansen: vocalista do Nightwish relembra quando ainda fumava; "parece outra vida"

Iron Maiden: há 40 anos, Bruce Dickinson realizava seu primeiro show com a bandaIron Maiden: há 40 anos, Bruce Dickinson realizava seu primeiro show com a banda

Britney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era GrungeBritney Spears: Agitando o Instagram dançando famoso som da era Grunge


Tunecore 2
Casa do Rock

Shock: Mantendo a pegada Heavy Metal de vinte anos atrás

Resenha - Shadows - Shock

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Em 11/01/14

Nota: 8

Pra começar, podemos dizer que ouvir um novo disco da pioneira banda pioneira SHOCK é uma alegria (e uma honra resenhá-lo). É como voltar no tempo, para aquele tempo em que fitas cassetes e revistas em quadrinhos eram raridades (não mundo afora, mas nas nossas mãos de jovens interioranos ou operários suburbanos) e não havia internet com seus arquivos MP3 e PDF para ouvir ou ler hoje à tarde o que foi lançado pela manhã no outro lado do mundo. Quem sabe, talvez por isso mesmo, dividíamos felizes essas raridades entre nossos amigos e vizinhos.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Quando a SHOCK surgiu na Paraíba, fazia bem pouco tempo que, no distante Pará, tão distante quanto o eixo Rio-Sampa, também o STRESS tinha dado os primeiros passos no Heavy Metal brasileiro, com demos ainda em português até o excelente debut ¨Heavy Metal We Salute You¨, lançado em 1991 por um selo potiguar. Infelizmente, este segundo full length levou talvez a idade de alguns de vocês para ser lançado, mas não se trata de nenhum ¨Chinese Democracy¨. Ao contrário, é um disco com composições mais amadurecidas, incorporando um pouco do som que os caras ouviram nesses vinte anos, só que sem perder a pegada heavy metal do primeiro. Alias, ainda sobre ¨Heavy Metal We Salute You¨, procure a versão em CD lançada há alguns anos atrás, com a íntegra do disco original, mais alguns bônus (procure, vale a pena). Leia uma resenha dele no link abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Shock: Riffs nervosos e uma interessante linha de baixo.

A banda foi formada inicialmente pelos irmãos Carlos Roque (bateria e vocal), Paulo Roque (baixo), Edgard e Marcos Roque nas guitarras (que coincidência, uma família que tem rock até no nome). Marcos deixou a banda no início dos anos 80, enquanto Carlos deixou os vocais sob a responsabilidade de Américo Caldeira. O presente artefato veio ao mundo através das mãos da MMB Records, com capa e encarte desenhados pelo sempre competente Alcides "Burn", que já ilustrou muitas outras joias do metal nacional.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A bolacha abre com "The Disturbed", uma bela intro, mas que em nada denuncia a pauleira que há por vir. É em "Nightmare" que o Heavy Metal começa de verdade, uma faixa com riffs de guitarra oitentista pontuados pelo excelente baixo de Paulo Roque. E vai ser assim praticamente até o fim do play, como em "Train of Life", segunda faixa, e "Hard To Say" (mais lenta, culminando em um solo matador), com o baixo de Paulo Roque pontuando o peso que virá das guitarras de Edgard e da bateria de Carlos. As melodias casam bem com a voz Halfordiana de Américo e ficam nos ouvidos como qualquer outra canção da NWOBHM, especialmente SAXON e IRON MAIDEN. Tudo culmina na grandiloquente "Send Me A Sign", iniciada por uma não menos que matadora levada de baixo. O conteúdo lírico não é nada shakespeareano, mas os caras não derrapam no inglês como fazem algumas outras bandas brazucas.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O duelo entre a guitarra de Edgard e o baixo de Paulo são, sem dúvida alguma, o ponto alto do trabalho. A bateria de Carlos faz bem o seu trabalho, mas é esse duelo incessante que vai te fazer querer ouvir o disco uma vez após a outra. A temperatura cai um pouco na faixa-título, uma balada, mas volta a subir a galope em "Dethrone The Tyrants", seguida por "Lady of The Night", que não esconde a inspiração provável em "Princess of The Night", do SAXON. O disco se encerra com a pesadíssima "Blackmail". E o que se pode esperar é que o SHOCK venda muito, faça muitos shows, para continuar nos brindando com petardos dessa natureza.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O que podemos dizer é que, a exemplo de bandas novas (como ENFORCER e SKULL FIST) e de antigas lançando novos discos (como a própria SHOCK), o New Wave of British Heavy Metal pode até não ter nada de "new" e há muito tempo deixou se ser exclusivamente "British", mas, vai muito bem, obrigado.

Track List

The Disturbed
Nightmare
The Train of Life
Hard to Say
I Never Surrender
Meaningless Life
Paradise
Send Me A Sign
Shadows
Dethrone The Tyrants
Lady Of The Night
Blackmail

http://www.metalshock.net/
[email protected]
https://www.facebook.com/metalshockpb

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal


Outras resenhas de Shadows - Shock

Shock: Retorno triunfal com um clássico Metal

Shock: Veteranos em disputa acelerada entre baixo e guitarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.