Matérias Mais Lidas

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemGuns N' Roses cancela show na Escócia por razões médicas

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest

imagem"Master Of Puppets" apareceu em comédia há 19 anos, muito antes de "Stranger Things"

imagemGuitarrista original do Mercyful Fate solta os cachorros por ter ficado fora de reunião

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemResenha - Angra (Circo Voador, Rio de Janeiro - RJ, 01/07/2022)

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemMetallica em "Stranger Things" deixa fãs preocupados com a "popularização" da banda

imagemFã joga sutiã no palco durante show do Slipknot no México; veja vídeo

imagemDave Mustaine rasga elogios e fala sobre amizade com Ice-T, vocalista do Body Count

imagemO que Lemmy Kilmister aprendeu trabalhando como roadie de Jimi Hendrix

imagem"Master Of Puppets" entra no top 30 global do Spotify depois de "Stranger Things"

imagemAxl Rose teria sofrido ataque de ansiedade antes de show, diz jornal


Stamp

Hibria: em um patamar onde não deve nada pra ninguém

Resenha - Silent Revenge - Hibria

Por Marco Paim
Fonte: Heavynroll
Em 11/08/13

Já de arrancada posso dizer que com este álbum, sem dúvida nenhuma, o HIBRIA se tornou uma das melhores bandas de heavy metal do mundo, e chegou a um patamar onde não deve nada pra ninguém em qualquer quesito.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

No álbum anterior, o "Blind Ride", a banda já demonstrava um amadurecimento em suas composições, não que as músicas não fossem boas antes, mas a evolução foi tremenda. Em "Silent Revenge" eles ousaram, experimentaram outras levadas, outras formas de fazer a coisa e deu muito certo. O HIBRIA está melhor do que nunca e com certeza lançou seu melhor trabalho até agora.

O álbum já abre com "Silent Revenge" em uma super performance do grande baterista EDUARDO BALDO, com uma introdução nada comum para uma banda de power metal, lembrando o que MIKE TERRANA fazia em seus tempos de RAGE. BALDO dá um show a parte em todo álbum. Além disso temos a participação mais que especial de ANDRÉ MEYER, vocalista da banda de thrash metal DISTRAUGHT, mostrando já esse novo direcionamento musical em que o HIBRIA está inserido, misturando o power metal ao thrash. ANDRÉ ainda reaparece na música "Walking to Death".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

IURI SANSON está destruidor, variando timbres, fazendo coisas que não fazia antes e construiu melodias maravilhosas e empolgantes. Não tenha dúvida, IURI hoje é um dos melhores vocalistas do mundo, junto com um seleto número de cantores brasileiros. Ouça "Deadly Vengeance" e "Shall I Keep On Burning" e você concordará comigo em número, gênero e grau.

Outro grande destaque do CD é BENHUR LIMA; o que ele faz neste álbum é inacreditável. Ouça "Lonely Fight", "Walking to Death", "The Place That You Belong" e o extraordinário solo de baixo e batera na faixa "The Way It is"; Aliás, nessa música a banda toda prega fogo de uma maneira... Além de um excelente baixista, BENHUR também é um grande cantor, vide seus trabalhos a frente da banda YNIS VITRIN e também no ANAXES. E claro que no HIBRIA não é diferente, com backings e vocalizes excelentes, completando o magnífico trabalho de IURI. BENHUR ainda cuidou da mixagem e do trabalho gráfico do álbum. Oh menino de ouro!!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

As guitarras de ABEL CAMARGO e RENATO OSÓRIO estão mais pesadas, beeem mais pesadas. Os riffs estão matadores e destruidores, e os solos inspiradíssimos. E com uma produção impecável, créditos de Renato Osório, a timbragem do álbum está perfeita, de todos os instrumentos. Então temos grandes instrumentistas e um cantor extraordinário em composições de primeira linha.

"Silent Revenge" tem tudo para ganhar a estatueta de melhor álbum do ano em qualquer lugar do planeta.

HIBRIA - Silent Revenge (2013)
(Voice - Nacional)

01. Silent Revenge
02. Lonely Fight
03. Deadly Vengeance
04. Walking to Death
05. Silence Will Make You Suffer
06. Shall I Keep on Burning?
07. The Place That You Belong
08. The Scream of an Angel
09. The Way It Is
10. Bleeding on My Regrets

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Silent Revenge - Hibria

Resenha - Silent Revenge - Hibria

Resenha - Silent Revenge - Hibria

Resenha - Silent Revenge - Hibria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Hibria: Entrevista com o guitarrista Abel Camargo no Metal Station (vídeo)

Desalmado e Hibria no episódio 35 do podcast Papo metal


Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson