Matérias Mais Lidas

imagemJames Hetfield e esposa Francesca se divorciam após 25 anos de união

imagemNando Reis e a linda música que Samuel Rosa dispensou por ter recebido na hora errada

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemOzzy comenta a brutal honestidade de Lemmy quando estava próximo da morte

imagemO comovente relato de Kiko sobre como foi gravar em meio ao câncer de Mustaine

imagemCinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemRaul Seixas: o clássico que presta homenagem ao brega e foi feito com Paulo Coelho

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemEdu Falaschi comenta produção "nível banda europeia" da nova turnê e agradece fãs


Dream Theater 2022

Gallo Azhuu: voltando às origens do rock'n roll

Resenha - Gallo Azhuu - Gallo Azhuu

Por Marcos Correa
Em 09/03/13

Voltando às origens do rock'n roll, a banda Gallo Azhuu lançou no final do ano passado seu primeiro disco, autointitulado. Os caras fazem um rock com influências do blues e do rock setentista e em suas músicas abordam temas como sexo, psicodelia e o sobrenatural.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda tem em seu currículo participações em festivais por todo o Brasil e é formada por Pataugaza (guitarra e vocal), Moaci júnior (guitarra), André Grolli(baixo) e Denis Carlos (bateria). O Cd começa com uma pancada logo de cara, Praia vem com seus riffs matadores e pesados abrindo o disco com chave de ouro. Continuando o disco a banda vem com Amor, música que assim como a primeira, apresenta um riff bem pesado e estruturado, além de uma letra que aborda o sexo.

Um Filho em Você, tem uma cadência mais linear, mas aí entra o destaque da voz rasgada de Pataugaza que faz com que o clima da música seja mais denso. Agora a falsa balada bluesística, se é que a podemos chamar assim, Árvore, que é menos leve que as anteriores, mas que não deixa nada a desejar por seu groove.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Agora tive uma surpresa muito agradável, Vamos combinar, uma mistura de blues com Rockabilly e vamos combinar que os caras mandaram muito bem, principalmente no solo cheio de feeling e groove. Platypus é uma das mais psicodélicas do álbum, algo que nos faz lembrar das bandas da época dos grandes festivais de rock, onde elas tocavam e viviam muito sexo, drogas e rock'n roll. Como falei no início, a Gallo Azhuu é uma banda muito versátil, principalmente com relação as suas comosições, além de muito sexo e psicodelia, a banda ainda arranja tempo pra escrever sobre o sobrenatural, como nas músicas Espingarda e Mansão dos Mortos, está última que encerra o disco de forma magistral e brilhante. Porém, antes de encerrar ainda toca as músicas Homem-Árvor e Hippie Rico, que após a introdução, tocada apenas nas guitarras e voz, apresenta uma pegada bem psicodélica.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A banda mostra que consegue fazer um rock'n roll puro e com muitas influências do blues, do rockabilly e do rock de 70, mas sem soar datado.

Vale a pena conferir!!

Site da banda e CD disponível para Download:
http://www.galloazhuu.com

Formação:
Pataugaza: Guitarra e Voz
Moaci júnior: Guitarra
André Grolli: Baixo
Denis Carlos: Bateria

Track List:
1 - Praia
2 - Amor
3 - Um Filho em Você
4 - Árvore
5 - Vamos Combinar
6 - Platypus
7 - Espingarda
8 - Homem-Árvore
9 - Hippie Rico
10 - Mansão dos Mortos


Outras resenhas de Gallo Azhuu - Gallo Azhuu

Resenha - Gallo Azhuu - Gallo Azhuu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Marcos Correa

Nascido em São Luis e vindo de uma família completamente musical, desde cedo tive interesse pela música e por instrumento, mais especificamente pelo Contra-Baixo, e pelo Rock'n Roll, que me foi apresentado por uma radiola velha dos meus avós, onde meus tios escutavam os mestres como Rolling Stones, Beatles, Pink Floyd e Led Zeppelin. Hoje programador, letrólogo, músico e adicionado ao rol de editores do Whiplash.Net.

Mais matérias de Marcos Correa.