Hatebreed: todas as características ainda mais potencializadas

Resenha - Divinity of Purpose - Hatebreed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Desde seu surgimento o HATEBREED vem chamando a atenção dos fãs da música pesada, com uma mistura muito interessante de thrash metal e hardcore e, embora moderno, sem soar acessível. E desde o álbum "The Rise of Brutality" a banda vem numa crescente impressionante, e chega ao auge de sua criatividade com esse excelente "The Divinity of Purpose", que traz todas as características marcantes da sonoridade da banda de forma ainda mais potencializadas.

Com uma produção soberba e intensa, o álbum é uma verdadeira aula de agressividade e brutalidade, com riffs empolgantes ao extremo (o grande destaque do material), uma cozinha precisa e vibrante, e os ótimos vocais de Jamey Jasta, em sua melhor performance até hoje. Ou seja, o que temos aqui são faixas diretas e pesadas, muito mais energéticas do que técnicas, mas primando sempre pela qualidade extrema.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Own Your Blood" é um dos grandes exemplos do poder de fogo atual do HATEBREED, transbordando agressividade, e com riffs cavalgados de fazer cair o queixo, assim como em "Dead Man Breathing" (bem thrash metal, e com alguns momentos que remetem ao SLAYER).

Mas a banda também investe "pesado" no groove, como se percebe em faixas como "Before the Fight Ends You" e na faixa título, com destaque para o ótimo timbre do baixo e aqueles tradicionais "coros de guerra" mais característicos do Hardcore.

Alias, outro ponto de destaque são as letras, todas escritas por Jasta, bem mais maduras do que outrora, mas sem deixar de lado o tom crítico característico da banda.

Se você aprecia essa junção entre thrash metal e hardcore, ouça, pois não existe na atualidade banda melhor que o HATEBREED nesse estilo.

The Divinity of Purpose - Hatebreed
(2013 – Nuclear Blast –Importado)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track List:

01 – Put It To The Torch
02 – Honor Never Dies
03 – Own Your World
04 – The Language
05 – Before The Fight Ends You
06 – Indivisible
07 – Dead Man Breathing
08 – The Divinity Of Purpose
09 – Nothing Scars Me
10 – Bitter Truth
11 – Boundless (Time To Murder It)
12 – Idolized and Vilified


Outras resenhas de Divinity of Purpose - Hatebreed

Hatebreed: Thrash Metal/Hardcore da melhor qualidade

Hatebreed: banda nunca decepcionou seus fãs

Hatebreed: de volta e com mais fúria do que nunca

Hatebreed: intenso, eficaz, convincente e persuasivo




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hatebreed: ouça "Instinctive (Slaughterlust)", novo single da banda

Hatebreed: banda divulga faixa-título do próximo álbum de estúdio

Hatebreed: novo álbum será lançado em novembro; confira capa e outros detalhes


Rádio AOL: Os Top 10 da música pesada da década de 2000Rádio AOL
Os Top 10 da música pesada da década de 2000

Heavy Metal: as 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC WeeklyHeavy Metal
As 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC Weekly


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce DickinsonCâncer na língua
Entenda a doença de Bruce Dickinson

Bon Jovi: Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atrizBon Jovi
Jon e Sambora viveram triângulo amoroso com atriz


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

Cli336 CliHo Cli336