Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemAngra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

imagemPaul Stanley, do Kiss, fala sobre os shows da reunião do Pantera

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?

imagemRobert Plant confessa de qual música o Led Zeppelin tirou "Gallows Pole"

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemNoel Gallagher relembra o dia em que foi ao show de uma banda cover de Oasis

imagemA estratégia do Barão Vermelho para evitar críticas de copiar Titãs nos anos 1990


Stamp
Summer Breeze

Hatebreed: de volta e com mais fúria do que nunca

Resenha - Divinity of Purpose - Hatebreed

Por Christiano K.O.D.A.
Postado em 03 de maio de 2013

Nota: 8

Um dos reis do Hardcore mundial está de volta com mais fúria do que nunca. São quase vinte anos de agressão sonora, e o quinteto, formado por Jamey Jasta (vocal), Chris Beattie (baixo), Matt Byrne (bateria), Frank Novinek (guitarra) e Wayne Lozinar (guitarra), parece não envelhecer, continuando tão potente quanto os outros trabalhos. Ou pior: "The Divinity of Purpose" parece mais violento do que, por exemplo, o álbum anterior, que leva o nome da banda. Sai debaixo! E para o deleite dos fãs, o disco saiu aqui no Brasil pela Laser Company. É pegar ou pegar!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Quem conhece, já sabe: as músicas da Hatebreed foram criadas para a poga. Ao menos, esse parece ser o principal objetivo de tudo, é impressionante!

O massacre começa com a boa "Put It to the Torch", uma das mais porradas do disco. Como não poderia deixar de ser, a canção vem abarrotada de ‘breakdowns’ alternados com batidas velozes. Claro, vale lembrar que essa variação é encontrada por todo o trabalho, com composições simples e diretonas. A frescura aqui passa longe!

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Pegando esse gancho, juntamente com a faixa de abertura, "Own Your World" (que começo animal!), "Before the Fight Ends You" (daria medo de entrar numa roda com essa música) e "Indivisible" (um arregaço só) também se destacam.

O álbum é redondo e conta com uma produção fantástica, característica dos registros dos norteamericanos. É pesadaça, mas limpa, e claro, deixou o resultado final ainda mais potente.

E a arte da capa, outro espetáculo criado por Eliran Kantor (Testament, Sodom, Gwar), é literalmente uma pintura!

Não tenho mais muito o que acrescentar. Hatebreed tem aquela pegada nervosa de bandas como Biohazard, Madball, Sick of It All e afins. Ou seja, se essa é a sua praia, como ainda não foi atrás disso?

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

Hatebreed – The Divinity of Purpose
Nuclear Blast/Laser Company – 2013 – Estados Unidos

http://www.hatebreed.com
http://www.facebook.com/hatebreed
http://www.twitter.com/hatebreed


Outras resenhas de Divinity of Purpose - Hatebreed

Resenha - Divinity Of Purpose - Hatebreed

Resenha - Divinity Of Purpose - Hatebreed

Resenha - Divinity of Purpose - Hatebreed

Resenha - Divinity of Purpose - Hatebreed

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vocal do Hatebreed expulsa suposto nazi de show e manda recado: "Não há lugar para racismo"

Vocal do Hatebreed dá chamada no careta Bruce Dickinson; "O que não te irrita?"

Hatebreed: Suas 10 melhores músicas, pela Classic Rock History

Hatebreed: 5 álbuns cruciais de hardcore, segundo o vocalista

Heavy Metal: as 10 músicas mais inspiradoras segundo o OC Weekly

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A..