Bon Jovi: inofensivo e, acima de tudo, com qualidade rasteira

Resenha - What About Now - Bon Jovi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 2

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Colocar para rodar o novo disco do Bon Jovi, "What About Now", sem avisar os ouvintes de que banda se trata, pode gerar interpretações interessantes. O primeiro single e faixa de abertura, “Because We Can”, por exemplo, remete aos piores momentos de boy bands como, pasmem, o Backstreet Boys. E isso é só o início ...
5000 acessosJon Bon Jovi: arrepiando fãs em gravação de "Livin On A Prayer"5000 acessosMomentos bizarros: histórias de Ozzy, Stones, Who e outros

Produzido por John Shanks (Van Halen, Miley Cyrus, Miranda Cosgrove) ao lado de Jon Bon Jovi e Richie Sambora, "What About Now" é décimo-segundo álbum da banda norte-americana e o sucessor de "The Circle" (2009). O trabalho conta com doze faixas compostas pelo vocalista e pelo guitarrista em parceria com Shanks e com o hitmaker Desmond Child.

Não há sombra de qualquer coisa parecida com rock na maior parte de "What About Now". As composições apresentam um pop plastificado e muito distante da sonoridade que levou a banda ao topo das paradas. É música insípida, produzida por roqueiros vestidos com roupas esportes beges, sentados despreocupadamente em suas imensas mansões. Tudo soa inofensivo e, acima de tudo, com qualidade rasteira.

Jon Bon Jovi já compôs linhas vocais muito mais inspiradas, já escreveu letras bem mais interessantes e já cantou com muito mais alma. Richie Sambora, dono de uma técnica acima de qualquer suspeita e um ótimo backing vocal, soa apagado e totalmente no piloto automático. O restante da banda - o tecladista David Bryan, o baixista Hugh McDonald e o baterista Tico Torres, todos excelentes instrumentistas - assume o seu papel de coadjuvante e parece sentir-se confortável com isso.

“Pictures of You” é uma tentativa de soar como o U2, enquanto a genérica balada “Amen” poderia muito bem fazer parte do repertório de ídolos teen como Justin Bieber. E o resto das faixas segue na mesma linha, com nenhuma composição memorável e que chame a atenção, a não ser pela sensação de derivação extrema de tudo que você já ouviu antes.

"What About Now", em sua essência, é um disco sem sentido. Não há nenhuma razão, entre as suas doze faixas, que justifique a sua existência. Pouco inspirado, com composições que tentam claramente soar como singles mas conseguem ser apenas sonolentas, mostra um Bon Jovi notadamente envelhecido, mas não admitindo isso. É a trilha sonora perfeita para aqueles tiozinhos que estão beirando os 50 anos, fazem bronzeamento artificial e usam camisetas “descoladas” menores que o seu número na tentativa de pareceram modernos.

Constrangedoramente fraco, "What About Now" é um desafio à paciência até do fã mais dedicado do Bon Jovi.

Passe longe.

Faixas
1 Because We Can
2 I’m with You
3 What ABout Now
4 Pictures of You
5 Amen
6 That’s What the Water Made Me
7 What’s Left of Me
8 Army of Ones
9 Thick as Thieves
10 Beautiful World
11 Room at the End of the World
12 The Fighter

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de What About Now - Bon Jovi

3211 acessosBon Jovi: um disco feito exclusivamente para o público americano3377 acessosBon Jovi: 30 anos de sucesso e lançamento de ótimo disco2901 acessosBon Jovi: Em estúdio mostra-se apenas mais uma banda2652 acessosBon Jovi: Uma banda de Pop-Rock com passado pesado5000 acessosBon Jovi: fãs antigos certamente ficarão desapontados3935 acessosBon Jovi: Novo disco não coroa 30 anos de carreira3819 acessosBon Jovi: investindo no óbvio, no padrão, no genérico

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 07 de março de 2013

Jon Bon JoviJon Bon Jovi
Arrepiando fãs em gravação de "Livin On A Prayer"

800 acessosJon Bon Jovi: ele receberá prêmio por suas ações filantrópicas2406 acessosBon Jovi: banda faz participação surpresa em formatura0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bon Jovi"

Anos 2000Anos 2000
A morte do Rock nas novelas da Rede Globo

Jon Bon JoviJon Bon Jovi
Quando ele levou um fora de Bruna Lombardi

Bon JoviBon Jovi
"Tive contato com drogas muito jovem, e amadureci cedo"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Bon Jovi"

BizarricesBizarrices
Ozzy Osbourne, Rolling Stones, The Who e outros

Metal/HardMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

About.comAbout.com
Site elege os cinco melhores álbuns do Slayer

5000 acessosBin Laden: possível sucessor era músico de Death Metal5000 acessosIntrigas: Bandas em família que terminaram mal5000 acessosVinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?4561 acessosJames Hetfield: ele se mudou da Bay Area para poder caçar em paz1450 acessosThe Beatles: liderando lista de artistas mais pirateados do mundo5000 acessosBruno Sutter: tocando música do Death no baixo

Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online