Matérias Mais Lidas

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemCinco curiosidades sobre "The Sick, The Dying... And The Dead!", do Megadeth

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemComo Lobão peitou gravadoras e acabou com farra dos álbuns não numerados

imagemCadáveres, sangue e girombas: a história da capa de "Reign In Blood", do Slayer

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem


Pastore: Um lançamento de destaque na cena nacional

Resenha - End Of Our Flames - Pastore

Por Daniel Miola de Amorim
Em 25/07/12

Nota: 8

A primeira vez que de fato conferi a performance do vocalista Mário Pastore foi no elogiado álbum "Living In Fantasy", da banda de metal melódico Delph, de 2005. E confesso que não gostei muito do álbum e, talvez por causa disso, nem curti muito a atuação do vocalista.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mas, com a banda que leva seu nome, vêm à tona suas principais influências – Bruce Dickinson, Rob Halford e Geoff Tate, o que não deixa dúvidas quanto ao fato dele ser considerado um dos grandes vocalistas da cena nacional. E creio que muito disso deva-se ao fato do estilo praticado ter dado ao vocalista a chance de mostrar seus verdadeiros dotes: heavy/power clássico, mas com uma pegada atual, bem composto e produzido, e que faz frente a muita banda gringa. Os músicos que o acompanham também são muito competentes, com destaque para o guitarrista Raphael Gazal, que sola muito bem, é coautor de todas as faixas e ainda produziu o material.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

O álbum é uma sequência natural do trabalho de estreia, "The Price For The Human Sins", de 2010, e, particularmente falando, senti falta de guitarras dobradas – apesar da banda ter um único guitarrista, isto poderia ser feito em estúdio, aliás, entendo que o estilo requer uma segunda guitarra e riffs ganchudos, o que acredito cair muito bem no estilo proposto. E quando falo em riffs, não espero nada complexo, mas sim daquele tipo encontrado em "Breaking The Law", do Judas Priest, por exemplo, que, apesar de simples, captura o ouvinte no primeiro instante e nos faz cantarolá-lo.

Se você gosta do estilo, compre, pois "The End Of Our Flames", além de ser um álbum muito bom, é um lançamento de destaque na cena nacional. Um detalhe: apesar de o encarte trazer a letra de "Hidden Is The Truth", esta canção não está presente no lançamento nacional. Uma pena.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Voice Music - 2012

Line-up:
Mário Pastore – vocal
Raphael Gazal – guitarra
Aléxis Gallucci – baixo
Fábio Buitvidas – bateria

Faixas:
1. The End Of Our Flames
2. Night And Day
3. Fools
4. Brutal Storm
5. Empty World
6. Liar
7. When The Sun Rises
8. Envy
9. Unreal Messages
10. Bring To Me Peace
11. The World Is Falling


Outras resenhas de End Of Our Flames - Pastore

Resenha - End Of Our Flames - Pastore

Resenha - End Of Our Flames - Pastore

Resenha - End Of Our Flames - Pastore

Resenha - End of Our Flames - Pastore

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Pastore: esse é o país do Carnaval, e não do Metal