Matérias Mais Lidas

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemRed Hot Chili Peppers virá ao Brasil no próximo ano, diz José Norberto Flesch

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemLed Zeppelin e a fala que Robert Plant tem vergonha mas não tem como apagar da história


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Marty Friedman: "Prefiro mastigar vidro que ouvir Jimi Hendrix"

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Postado em 12 de agosto de 2015

Todo mundo tem o direito de ter seu próprio gosto musical, seja a pessoa fã de Pink ou tenha um ouvido menos apurado e curta Artension ou outros gêneros. Nem todo nome grande apela a todo mundo – o que é sinal de inteligência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Tendo tal princípio como base, não chega a ser uma ofensa a declaração do prodígio da guitarra MARTY FRIEDMAN, que não é lá muito fã de JIMI HENDRIX, conforme revelou ao site Ultimate-Guitar.

"Eu prefiro mastigar vidro do que ouvir Hendrix. Eu nunca entendi qual é a daquilo. Quando eu penso em Hendrix, uma imagem me vem à mente de um monte de hippies rolando na lama chapados de ácido e isso não me anima nem um pouco.

"E todo aquele barulho e microfonia, e eu digo ‘toca no tom certo’. Eu tenho fixação com isso e é provavelmente por isso que não gosto de Bob Dylan, porque as coisas desafinam e isso me mata.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Mas, até aí, todos os meus guitarristas favoritos adoram Hendrix: eu sou um grande fã de ULI JON ROTH e ele é o guitarrista do som mais bonito. Ele provavelmente ama a Hendrix tanto quanto a mãe dele. Todos os caras que eu respeito amam Hendrix, então eu sei que tem alguma coisa ali. Só que eu nunca manjei porque nunca se encaixou em minhas experiências. "

Claro, o povão caiu matando em cima do maior guitarrista que já passou pelo MEGADETH, e ele então decidiu esclarecer as coisas em seu Facebook:

"Quando eu era um guitarrista iniciante, todos os bons guitarristas da cidade me diziam que eu devia ouvir esse ou aquele cara ou aprender desse disco, e sacar esse mestre da guitarra ou aquele outro. Claro que eu queria impressionar meus amigos, assim como ‘aprender dos melhores’, então eu conferi meticulosamente a todos os mais respeitados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu logo percebi que, apesar de os artistas sugeridos a mim fossem brilhantes, eu não achei muita graça em analisar a música deles, porque eu simplesmente não entendia aquilo ou nem gostava muito dela. Não tinha significado algum pra mim, era como tarefa escolar de um professor na escola.

"Quando eu metia a cara em músicas que eu de fato gostava, apesar dela ser meio obscura e não ‘aprovada pelos fodões locais da guitarra’, eu realmente gostava do processo de aprender, e como resultado, acabei fácil e sublimemente apto a decidir o que quero tocar na minha própria música.

"A entrevista foi boa, claro que a manchete me deixa parecendo um otário, mas é assim que eu falo com meus amigos, e é assim que eu considero a vocês todos, então curtam o papo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu explico isso porque muitos garotos caem na armadilha de pressão do grupo sobre essa questão e eu acredito que eles gostarão mais de música se tiverem ouvido isso de mim. "

Comente: E você? O quanto você gosta ou não-gosta de Jimi Hendrix?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

[an error occurred while processing this directive]

Marty Friedman: voltar ao Megadeth seria um grande retrocesso

Marty Friedman: Mesmo tendo aula de guitarra, ja sabia que sempre soaria único

Marty Friedman: guitarrista não gosta de música instrumental

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.