Paradise Lost: Um álbum cheio de referências ao passado

Resenha - Tragic Idol - Paradise Lost

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Genilson Alves
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Desde o álbum "In Requiem", lançado em 2007, que o Paradise Lost vem investindo em uma sonoridade mais básica, como aquela praticada pela banda na primeira metade da década de 1990. Porém, neste novo trabalho, a exemplo do antecessor, "Faith Divide Us, Death Unite Us", o excesso de saudosismo e um certo oportunismo acabam por comprometer a integridade do grupo, que sempre se destacou por renovar seu estilo a cada lançamento.

Paradise Lost: banda começará a gravar novo álbum neste mêsMarilyn Manson: "perdi tudo por causa de Columbine"

De cara, "Tragic Idol" traz de volta o logotipo que marcou a banda nos álbuns "Icon", "Draconian Times" e "One Second", mas a inspiração do conjunto não é a mesma de outrora. O disco abre com "Solitary One", uma composição comum que bem poderia ser um lado B extraído de "In Requiem" ou "FDUDUS" - aliás, essa sensação acompanha o ouvinte durante toda a audição. O peso permeia cada uma das 10 faixas, porém os temas carecem de emoção e chegam a soar burocráticos em alguns momentos - mesmo porque peso não é sinônimo de qualidade. Nenhuma das músicas é candidata a clássico, mas a trinca "Fear Of Impending Hell" (a melhor do play), "Honesty In Death" (que também ganhou um clipe) e "Theories From Another World" (bem agressiva) merece destaque.

Contudo, deve-se ressaltar a ótima produção (mais uma vez a cargo de Jens Bogren) e a qualidade dos músicos - daí o fato de "Tragic Idol" decepcionar aqueles que sempre esperam algo mais de Nick Holmes e companhia. Trata-se de um registro competente, que agradará em cheio o público mais ortodoxo da banda, porém temos aqui um Paradise Lost menor, que preferiu deixar a ousadia de lado e ficar em sua zona de conforto. Fazendo uma comparação grosseira, é mais ou menos como o atual Van Halen: a banda decide "jogar pra galera", faz um álbum cheio de referências ao passado, mas você sabe que falta alguma coisa; mesmo assim, os fãs vão lá e idolatram - uma idolatria trágica, com o perdão do trocadilho.

Faixas:
Solitary One
Crucify
Fear Of Impending Hell
Honesty In Death
Theories From Another World
In This We Dwell
To The Darkness
Tragic Idol
Worth Fighting For
The Glorious End


Outras resenhas de Tragic Idol - Paradise Lost

Paradise Lost: Não se compara aos tempos áureos mas é bomParadise Lost: O melhor disco da banda em bastante tempoParadise Lost: Ser um ícone nem sempre é uma coisa boaParadise Lost: Ainda muito firme em sua proposta musicalParadise Lost: Melancolia e preso onipresentes em novo CDParadise Lost: O álbum mais importante nos anos 2000




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Paradise Lost"


Paradise Lost: banda começará a gravar novo álbum neste mês

Capas: mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
Mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhos

Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa


Marilyn Manson: perdi tudo por causa de ColumbineMarilyn Manson
"perdi tudo por causa de Columbine"

Fotos de Infância: Avril LavigneFotos de Infância
Avril Lavigne


Sobre Genilson Alves

Genilson Alves é jornalista e autor do blog Radio Sehnsucht.

Mais matérias de Genilson Alves no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336