Lothlöryen: Conceito muito mais interessante que Tolkien

Resenha - Raving Souls Society - Lothlöryen

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


É, parece que a Shinigami Records realmente tomou gosto em lançar discos de bandas brasileiras! O novo contemplado é o mineiro Lothlöryen, que está atuando na cena musical há uma década e liberando agora seu terceiro álbum, "Raving Souls Society", que se caracteriza por consideráveis mudanças em vários aspectos de seu Power Metal, até então conhecido pela temática ‘Tolkeniana’. Mas isso, meus caros, é passado!

Contando com as possibilidades da voz áspera de Daniel Felipe (que remete parcialmente a Hansi Kürsch, do Blind Guardian), o Lothlöryen atualizou seu Heavy Metal, que já não soa tão ‘alegre’ e, melhor, foi enturbinado com doses complementares de distorção. Mas vale ressaltar que, globalmente, a mudança não fez com que sua personalidade fosse radicalmente mutilada, é claramente perceptível que muitas características que conquistaram os velhos fãs estão lá, ainda que devidamente reduzidas.

publicidade

E, em detrimento da fantasia de Tolkien pela qual o grupo se mostrava tão apegado, "Raving Souls Society" possui um conceito muito mais interessante: as diversas manifestações de loucura e sua influência nos episódios históricos e no cotidiano das pessoas, como, por exemplo, nas conseqüências das ações de Hitler ou as Cruzadas que colocaram cristãos e muçulmanos em guerra em nome de um mesmo deus, e por aí vai.

publicidade

Com várias participações especiais que mostram a nova geração unindo forças e proporcionando muita coisa boa ao público, há vários destaques por aqui. Desde a abertura cheia de suspense "First Raving Steps" já dando indícios das mudanças, o repertório segue surpreendendo com músicos empolgados nesta nova fase, com "Face Your Insanity", o single "When Madness Calls" (com a presença de Héverton Souza, do Eternal Malediciton) ou a espetacular "Hypnerotomachia" (com a colaboração da simpática Helena Martins, do Ecliptyka) provando que a banda soube como investir seu tempo e escolhas desde o último trabalho.

publicidade

Em suma, este terceiro álbum é recheado de ótimas canções, que foram gravadas, mixadas e masterizadas por Raphael Augusto Lopes (Hangar, Dr. Sin, Baranga). Ainda que cada disco do Lothloriën seja convincente e devidamente distinto de seu antecessor, muitos poderão considerar "Raving Souls Society" como sua grande obra, que certamente será a responsável pela conquista de uma nova leva de fãs. Não deixem de conferir!

publicidade

Contato:
http://www.lothloryen.com
http://www.myspace.com/lothloryenband

Formação:
Daniel Felipe - voz
Leko Soares - guitarra
Tim Alan - guitarra
Marcelo Godde - baixo
Léo Godde - teclados
Marcelo Benelli - bateria

publicidade

Lothlöryen - Raving Souls Society
(2011 / Shinigami Records – nacional)

01. First Raving Steps
02. Face Your Insanity
03. When Madness Calls
04. Hypnerotomachia
05. Temples Of Sand
06. A Tale Of Lunacy Forever
07. To Live
08. 1314
09. Burning Jacques
10. Sun Of Delirious
11. My Old Tavern




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal Nacional: as 10 melhores músicas de 2015Metal Nacional
As 10 melhores músicas de 2015

Orgulho Nacional: as capas mais bonitas por artistas brasileirosOrgulho Nacional
As capas mais bonitas por artistas brasileiros


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Metallica: os motivos da saída de Jason NewstedMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin