Against Tolerance: O nome "Undefined" é mais que apropriado

Resenha - Undefined - Against Tolerance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Tendo surgido como um simples projeto em 2008, o Against Tolerance é um novato na cena musical paulista que busca, claramente, fugir do convencionalismo que ronda praticamente todos os subgêneros pelos quais o Heavy Metal se ramificou ao longo das décadas. Consequentemente, conseguiu a proeza de assinar com ninguém menos do que a tradicional Laser Company Records para o lançamento de sua estreia em disco, “Undefined”.
5000 acessosSasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil5000 acessosKiss: Gene Simmons super emocionado com fãs em São Paulo

E o nome “Undefined” é mais do que apropriado para descrever a proposta do Against Tolerance. Primando por constantes experimentalismos, a banda se mostra dona de uma ousadia que não se encontra frequentemente por aí. Mas, por mais que tudo transpire versatilidade e cada um dos músicos possua a devida intimidade para com seus respectivos instrumentos, não existiu a preocupação em amarrar tantas influências díspares para dar uma ‘cara’ ao repertório.

Ok, mas a ideia é essa e até batizaram o disco como “Undefined”, argumentarão os defensores do Against Tolerance. Mas e daí?

A forma como os paulistas trabalharam suas paixões e influências – a audição já se inicia com jazz, passeia pelo heavy metal e, daí em diante, o Against Tolerance encara o hardcore, bossa nova, música extrema, rock acessível, metalcore, violões e pianos pipocando aqui e ali... É sempre revigorante criar seguindo seus próprios termos, mas também se deve manter a pretensão sob controle para que a coerência predomine, evitando assim que o disco se aproxime de uma ‘colcha de retalhos’.

A coisa toda foi concebida para se ter grande qualidade final, contando com o bonito projeto gráfico de Gustavo Sazes (Arch Enemy, Nightrage, Firewind) e a definição do áudio, fruto da produção de Andria Busic (Dr. Sin) no Studio Sonata84 e masterização de Heros Trench (Korzus) no Mr. Som Studio. Mas, não, esse é um disco que não convencerá facilmente. Falta uma identidade... Confiram e tirem suas conclusões!

Contato:
http://www.againsttolerance.com
http://www.myspace.com/against.tolerance

Formação:
Decio Thomas - voz e guitarra
Stefano Manzano - guitarra
Vitor Curi - guitarra
Hugo Bispo - baixo
Biel Astolfi - bateria

Against Tolerance – Undefined
(2011 / Laser Company Records – nacional)

01. Against Tolerance
02. Cold Hearts
03. The End Of History
04. Welcome To The Desert Of The Real
05. I Have Lost You
06. Zarathustra
07. Diasirae
08. Interlude
09. Memory And Redemption
10. The Blasphemous Visions Of Huckleberry Finn
11. Try Again. Fail Again. Fail Better.
12. Prelude #1

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Undefined - Against Tolerance

417 acessosAgainst Tolerance: Mandando ver na versatilidade226 acessosAgainst Tolerance: Sede em sair do formato pré-determinado1017 acessosAgainst Tolerance: Muito mais competente do que original

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Against Tolerance"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Against Tolerance"

Sasha GreySasha Grey
Sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil

KissKiss
Gene Simmons super emocionado com fãs em São Paulo

Morreu DormindoMorreu Dormindo
As últimas horas de vida de Lemmy Kilmister

5000 acessosHugo Mariutti: indignado com piada sobre a realidade da cena metal no Brasil5000 acessosMax Cavalera: Amor pela cocaína, moshpit de marines & Lemmy5000 acessosStevie Ray Vaughan: "Oi, sou Stevie, alcóolatra e viciado!"5000 acessosRevolver Magazine: Os 20 melhores álbuns de 20145000 acessosAvril Lavigne: defendendo o Nickelback de bullying do Mark Zuckerberg5000 acessosKerry King: velho, gordo e careca? Está falando de mim, seu babaca?

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online