Against Tolerance: Mandando ver na versatilidade

Resenha - Undefined - Against Tolerance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ouvi falar sobre essa banda durante uma matéria no programa Leitura Dinâmica (Rede TV!). Daí em diante, passei a conferir o som. Diferentemente de tudo o que eu ouvi em termos de som pesado, o Against Tolerance foge dos padrões e segue a sua cartilha, ao adicionar elementos sonoros em sua música.
5000 acessosKurt Cobain e Layne Staley: a coincidência de suas mortes5000 acessosMetal: nomes do gênero que assumiram ser cristãos

A começar pelo nome do disco, Undefined, na qual dá para sacar que a proposta era para deixar em dúvida a definição do estilo que seguem.

O som é um misto de Thrash, Death, Heavy Tradicional, Progressivo, Hard Rock, com boas doses de Jazz, Bossa Nova, Erudito. Ou seja, a banda toda mandou ver na versatilidade.

O disco começa com os metais anunciando a faixa que dá nome à banda. The End of History é introduzida com a Bossa Nova, enquanto as instrumentais Interlude e Prelude #1 são bem compostas com piano e violão, respectivamente.

Mas o que vale mesmo são as guitarras velozes, bateria e baixo se duelando, além dos vocais ora guturais, ora rasgados. Méritos da produção, capitaneada por Andria Busic (baixista e vocalista do Dr. Sin), com a mixagem do Heros Trench (guitarrista do Korzus).

Outro destaque é a arte gráfica, com a batuta do mago Gustavo Sazes (Arch Enemy, Krisiun,Firewind, Ancesttral). Enfim, o Against Tolerance consegue confundir o ouvinte com boa música de qualidade.

Formação:

Decio Thomas - voz e guitarra
Stefano Manzano - guitarra
Vitor Curi - guitarra
Hugo Bispo - baixo
Biel Astolfi - bateria

Tracklist:

01. Against Tolerance
02. Cold Hearts
03. The End Of History
04. Welcome To The Desert Of The Real
05. I Have Lost You
06. Zarathustra
07. Diasirae
08. Interlude
09. Memory And Redemption
10. The Blasphemous Visions Of Huckleberry Finn
11. Try Again. Fail Again. Fail Better.
12. Prelude #1

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Undefined - Against Tolerance

232 acessosAgainst Tolerance: Sede em sair do formato pré-determinado341 acessosAgainst Tolerance: O nome "Undefined" é mais que apropriado1033 acessosAgainst Tolerance: Muito mais competente do que original

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Against Tolerance"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Against Tolerance"

Kurt Cobain e Layne StaleyKurt Cobain e Layne Staley
A coincidência de suas mortes

MetalMetal
Nomes do gênero que assumiram ser cristãos

InfluênciasInfluências
Folk Metal e Música Celta

5000 acessosGuitarra: em vídeo, o solo mais destrutivo que você já viu5000 acessosFotos de Infância: Bruce Dickinson, do Iron Maiden5000 acessosVersões originais: 10 músicas que foram "tomadas" emprestadas5000 acessosIron Maiden: Bruce e banda se emocionam em show na Suécia5000 acessosBlur: após cinco horas no palco, Damon Albarn é retirado por seguranças5000 acessosVamos admitir sem hipocrisia: não há banda nova que preste

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don´t Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online