Against Tolerance: Mandando ver na versatilidade

Resenha - Undefined - Against Tolerance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Ouvi falar sobre essa banda durante uma matéria no programa Leitura Dinâmica (Rede TV!). Daí em diante, passei a conferir o som. Diferentemente de tudo o que eu ouvi em termos de som pesado, o Against Tolerance foge dos padrões e segue a sua cartilha, ao adicionar elementos sonoros em sua música.

Gosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempreGuitarristas e vocalistas: os 10 melhores "casamentos"

A começar pelo nome do disco, Undefined, na qual dá para sacar que a proposta era para deixar em dúvida a definição do estilo que seguem.

O som é um misto de Thrash, Death, Heavy Tradicional, Progressivo, Hard Rock, com boas doses de Jazz, Bossa Nova, Erudito. Ou seja, a banda toda mandou ver na versatilidade.

O disco começa com os metais anunciando a faixa que dá nome à banda. The End of History é introduzida com a Bossa Nova, enquanto as instrumentais Interlude e Prelude #1 são bem compostas com piano e violão, respectivamente.

Mas o que vale mesmo são as guitarras velozes, bateria e baixo se duelando, além dos vocais ora guturais, ora rasgados. Méritos da produção, capitaneada por Andria Busic (baixista e vocalista do Dr. Sin), com a mixagem do Heros Trench (guitarrista do Korzus).

Outro destaque é a arte gráfica, com a batuta do mago Gustavo Sazes (Arch Enemy, Krisiun,Firewind, Ancesttral). Enfim, o Against Tolerance consegue confundir o ouvinte com boa música de qualidade.

Formação:

Decio Thomas - voz e guitarra
Stefano Manzano - guitarra
Vitor Curi - guitarra
Hugo Bispo - baixo
Biel Astolfi - bateria

Tracklist:

01. Against Tolerance
02. Cold Hearts
03. The End Of History
04. Welcome To The Desert Of The Real
05. I Have Lost You
06. Zarathustra
07. Diasirae
08. Interlude
09. Memory And Redemption
10. The Blasphemous Visions Of Huckleberry Finn
11. Try Again. Fail Again. Fail Better.
12. Prelude #1


Outras resenhas de Undefined - Against Tolerance

nullnullnull




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Against Tolerance"


Gosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempreGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"

King Diamond: o Rei SatânicoKing Diamond
O "Rei Satânico"

Motorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhiceInstagram: as fotos mais legais do perfil de James HetfieldHeavy Metal: o gênero com mais peso e impacto social no planetaCannibal Corpse: quem nunca fez sexo ouvindo a banda?

Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun. Sou Jornalista, blogueiro, facebookeiro, o que for. Quem quiser saber o que eu escrevo, acessem meu blog: www.esporropublico.zip.net.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336