[an error occurred while processing this directive]

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Angra: após a tormenta, o sétimo e tão aguardado álbum

Resenha - Aqua - Angra

Por Ben Ami Scopinho
Postado em 14 de setembro de 2010

Nota: 8

Desde que surgiu em 1991, o Angra provavelmente passou pela maior provação de sua carreira, amargando por quatro longos anos longe dos estúdios em função dos sempre desagradáveis entraves financeiros e judiciais que todos já devem estar cansados de saber. Mas, após a tormenta, temos "Aqua", o sétimo e tão aguardado álbum de uma das poucas bandas que conseguiu expressiva repercussão para além das fronteiras desse nosso talentoso Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Novamente temático, a inspiração recai sobre a derradeira obra de Shakespeare, "A Tempestade", escrita em 1613 e cujo drama envolve amor, conspirações oportunistas e, naturalmente, a vingança, ambientados numa ilha habitada pelo mago Próspero e sua filha, Miranda. Musicalmente, o novo disco marca o retorno de todas as características que fizeram com que o Angra se sobressaísse no cenário mundial, mesclando à distorção do Power Metal Melódico os muitos arranjos típicos da música clássica, não temendo pisar em território mais acessível e, o melhor, espalhando muito da diversidade da música étnica brasileira pelo repertório.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com muitos detalhes aparecendo de forma discreta, a forma como exploram, amarram e entrelaçam tantos elementos, por vezes tão díspares, sem exageros e de forma homogênea, oferece um caráter todo progressivo a várias canções. Mas, curiosamente, mesmo com esses atributos, optou-se por iniciar a audição com "Arising Thunder", que, mesmo repleta de guitarras neoclássicas, se revela uma canção apenas convencional em sua proposta.

De qualquer forma, "Aqua" preza pela diversidade e oferece muito, mas muito mais do que isso. É com a beleza das percussões de "Awake From Darkness" ou "The Rage Of The Waters" que a energia primitiva do Heavy Metal se transforma em objeto de exportação para causar impacto em qualquer gringo. Desde as baladas – "Spirit Of The Air" se destaca por ser quase angelical – até as mudanças de andamento de "Hollow" oscilando harmoniosamente entre o muito pesado e o ameno; e culminando na etérea "Ashes" que encerra a audição de forma um tanto quanto obscura, o Angra injeta o necessário apelo emocional, estimulando e segurando as atenções do ouvinte com uma sempre bem vinda imprevisibilidade.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - DEN
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Novamente contando com o baterista Ricardo Confessori, "Aqua" certamente não muda os rumos do Heavy Metal, mas possui uma estética tão versátil e exótica que mantém o Angra entre os mais expressivos nomes do Power Metal Melódico mundial. E, como não poderia deixar de ser, fatalmente agradará ao público que vem acompanhando o conjunto paulista em sua fase pós-André Matos. Nada soa forçado, apenas flui... como água.

Contato:
http://www.myspace.com/angraofficial
http://www.angra.net

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:
Eduardo Falaschi - voz
Kiko Loureiro - guitarra
Rafael Bittencourt - guitarra
Felipe Andreoli - baixo
Ricardo Confessori - bateria

Angra - Aqua
(2010 - Voice Music / Die Hard Records - nacional)

01. Viderunt Te Aquæ
02. Arising Thunder
03. Awake From Darkness
04. Lease Of Life
05. The Rage Of The Waters
06. Spirit Of The Air
07. Hollow
08. A Monster In Her Eyes
09. Weakness Of A Man
10. Ashes

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Outras resenhas de Aqua - Angra

Angra: o metal é um terreno fértil para projetos complexos

Angra: "Aqua" não faz feio na bela discografia do grupo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Perc3ption: a arte levada ao extremo

Resenha do Álbum do Insânia ao vivo no Underground Nativa III

Sentença de Morte: Death Metal para quem curte Death Metal bem executado

Triumph Of Death, projeto de Tom Warrior, resgata ao vivo parte do passado do Hellhammer

Spiritual Cramp acerta a fórmula, mas álbum satura em 26 minutos

Estreia do Superbloom traz de volta o grunge protagonista dos anos 1990

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Osbourne: pesado, mas antes de tudo moderno

Resenha - Dark Side of The Moon - Pink Floyd

Resenha - Vovin - Therion

Resenha - P.U.L.S.E. - Pink Floyd


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".
Mais matérias de Ben Ami Scopinho.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS