Matérias Mais Lidas

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs

imagemJonathan Davis, do Korn, explica qual seu problema com o Cristianismo

imagemO comportamento de Kirk Hammett que facilitou o trabalho de seu professor Joe Satriani

imagemApós resposta de Malmsteen, Jeff Scott Soto rebate guitarrista e diz que deseja paz

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemDaniel Cavanagh, do Anathema, sobrevive a tentativa de suicídio


Stamp

ChthoniC: o Black Sabbath asiático atinge as massas

Resenha - Seediq Bale - ChthoniC

Por Ben Ami Scopinho
Em 04/03/08

Nota: 8

O ChthoniC (pronuncia-se Thon-ick) vem fazendo tanto barulho que atingiu até mesmo a mídia extra-musical... Natural de Taiwan e na ativa desde 1996, a carreira da banda começou a deslanchar mesmo quando passou a ser apoiada pelo próprio governo de seu país, que viu no ChthoniC um veículo perfeito para divulgar pelo mundo seu protesto contra as Nações Unidas, que negou por 14 vezes a integração de Taiwan como um de seus membros – por pressão da China, que considera o país como uma província rebelde.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A partir daí, o próprio Ozzy Osbourne se prontificou a divulgar o nome do grupo (e naturalmente os interesses políticos envolvidos) e não deu outra: o ChthoniC está saindo do limbo e atingindo as grandes massas, seja como a primeira banda asiática a tocar no Ozzfest – com plena cobertura em jornais do porte de Los Angeles Times, New York Times e Washington Post, entre outros – e avançando ainda pelo consagrado festival europeu Wacken Open Air.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Seediq Bale" é seu sexto álbum e foi lançado originalmente em 2005, sua versão inglesa foi liberada no ano seguinte e, no Brasil, no final de 2007. Apesar de o estilo musical adotado ser claramente o Black Metal escandinavo, bem próximo do que era feito em meados da década passada, seria injusto alegar falta de originalidade por parte do Chthonic, pois não podemos esquecer que o pessoal está na luta há mais de uma década, inclusive sendo conhecido em sua região como o ‘Black Sabbath asiático’.

Também é importante salientar que suas composições são muito bem elaboradas, incrementadas com violinos típicos do oriente e abordam temas que englobam a história, mitos e cultura de seu país, cantados em inglês e chinês. E tudo é ainda mais exótico pelo fato de seus músicos adotarem ‘corpse paints’ com traços da cultura oriental e de grande impacto.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Além de o disco ter muitos atrativos para os amantes do chamado Black Metal Sinfônico, outro ponto que conta muito em "Seediq Bale" é a presença de três vídeos incríveis, um de estúdio com uma excelente edição e dois ao vivo, que dão uma amostra do que este pessoal faz sobre os palcos. Assim sendo, o Chthonic é definitivamente um conjunto interessante para se conhecer!

Formação:
Freddy (Left Face Of Maradou) - voz, Erhu (violino de duas cordas, também conhecido por violino chinês)
Jesse (The Infernal) - guitarra
CJ (Dispersed Fingers) - piano, sintetizador
Su-Nung (The Bloody String) - violino oriental
Doris (Thunder Tears) - baixo
Dani (Azathothian Hands) - bateria

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

ChthoniC - Seediq Bale
(2007 / Hellion Records – nacional)

01. Progeny Of Rindax Tasing
02. Indigenous Laceration
03. Enthrone
04. Bloddy Gaya Fulfilled
05. The Gods Weep
06. Where The Utux Ancestors Wait
07. Exultant Suicide
08. Banished Into Death
09. Quasi Putrefaction
Vídeos:
01. Indigenous Laceration
02. Quasi Putrefaction
03. Bloddy Gaya Fulfilled

Homepage: www.chthonic.org/en


Outras resenhas de Seediq Bale - ChthoniC

Resenha - Seediq Bale - Chthonic

Resenha - Seediq Bale - Chthonic

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.