Resenha - Death On the Road - Iron Maiden

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Agora é oficial: O Iron Maiden vai lançar um CD ao vivo e um DVD duplo a cada turnê! É verdade? Não... apenas uma brincadeira. Mas que soa estranho mais um CD ao vivo, depois da enxurrada de material ao vivo da donzela (“Live After Death”, “Real Live/Dead One”, “Live At Donnington” e “Rock In Rio”), soa.
13 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores5000 acessosMotörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Mas o Iron Maiden quis documentar a turnê de Dance of Death, que totalizou 50 shows pelo mundo durante 2003 e 2004, passando pelo Brasil em janeiro do ano passado. Um show memorável, principalmente pela constatação de que a banda está em grande forma, e que as músicas de “Dance of Death” funcionam excepcionalmente bem ao vivo. Para tal empreitada os rapazes chamaram o novo elemento da banda, o produtor Kevin Shirley, e Steve Harris desta vez apenas co-produziu o CD. O resultado final fica num meio termo da crueza dos “Real Live/Dead One” com a sonoridade limpa de “Live After Death” e “Rock in Rio”. Em suma, som limpo, participação do público quando é necessário e alguns “overdubs”. Afinal, ninguém é de ferro.

“Wildest Dreams” abre o show, e ficou muito boa ao vivo, seguida pelas histórias “Wrathchild” e “Can I Play With Madness” (que a donzela não tocava desde 1993). “The Trooper” é o último dos clássicos executados antes da banda emendar uma seqüência de faixas novas: “Dance of Death” (ótima!!!), “Rainmaker” (outra que funcionou muito bem com o público), a chata “Brave New World” e a excepcional “Paschendale” (antecedida por uma série de explosões). A era Blaze Bailey não é esquecida, com a execução de uma versão um pouco diferente de “Lord of Flies” (com Bruce colocando seu estilo na música, e se saindo bem).

O segundo CD é mais dedicado aos clássicos, e incluo “No More Lies” como um deles, por ser excepcionalmente bem executada. “Hallowed Be Thy Name”, “The Number of The Beast”, “Iron Maiden” e “Run To the Hills” são executadas com pefeição por uma banda, que se não tem o mesmo pique de dez anos atrás, soube se adaptar aos novos tempos ainda soando bem relevante. De negativo apenas a chatíssima (mas amada pelos fãs) “Fear of the Dark” e a desnecessária “Journeyman” (ótima em estúdio, mas um banho de água fria ao vivo).

A banda continua afiadíssima. Nicko Macbrain é o batera de sempre, sem exagerar nem comprometer (embora alguns erros sejam percebidos), as três guitarras funcionam muito bem (a exceção de Janick Gers, que distoa, não por ser um mau guitarrista, mas por seu estilo ser mais agitador) e Steve e Bruce continuam os mesmos.

Um bom CD, mas de um show que tinha como complemento os efeitos de palco, as “performances” teatrais e outras coisas que só poderão ser conferidas no DVD. Mas uma prova de que “Dance of Death” é sim um bom CD, e que o Iron Maiden ainda está longe de pendurar as guitarras. COMPRE.

EMI Music - 2005

Site Oficial: http://www.ironmaiden.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Death On the Road - Iron Maiden

5000 acessosResenha - Death On The Road - Iron Maiden5000 acessosResenha - Death On The Road - Iron Maiden5000 acessosResenha - Death On The Road - Iron Maiden5000 acessosResenha - Death On The Road - Iron Maiden

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Iron MaidenIron Maiden
Steve Harris assiste show do Metallica no Canadá

13 acessosDuplas de guitarristas: Loudwire elenca suas dez melhores351 acessosBruce Dickinson: voando em um bombardeiro da II Guerra Mundial0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Iron MaidenIron Maiden
os 10 discos favoritos de Steve Harris em 1985

Iron MaidenIron Maiden
Fatos estranhos na gravação de The Number Of The Beast

Iron MaidenIron Maiden
Plebe Rude faz uma sutil homenagem à banda

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

MotörheadMotörhead
Em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura

Musos do Rock e Heavy MetalMusos do Rock e Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

Marilyn MansonMarilyn Manson
"Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"

5000 acessosÔôôôôeeee: Sílvio Santos aprova montagem com Steve Harris5000 acessosOzzy x Sharon: conheça a mulher que supostamente causou a separação5000 acessosElvis Presley: A filmografia do Rei do Rock5000 acessosSeparados no nascimento: Ronnie James Dio e Maria Bethania4003 acessosDinho Ouro Preto: A Dilma me incomodava, mas o impeachment me incomoda também5000 acessosDeep Purple: o exorcismo de Coverdale em "Stormbringer"

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online