Matérias Mais Lidas

Sepultura: Iggor explica como criou bateria de Refuse/Resist, unindo metal e sambaSepultura
Iggor explica como criou bateria de "Refuse/Resist", unindo metal e samba

Yngwie Malmsteen: guitarrista anuncia novo álbum Parabellum e libera single; ouçaYngwie Malmsteen
Guitarrista anuncia novo álbum "Parabellum" e libera single; ouça

Loudwire: o pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe DivitaLoudwire
O pior álbum de 25 grandes bandas de rock e heavy metal, por Joe Divita

Ozzy Osbourne: Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o MadmanOzzy Osbourne
Clufetos diz que não foi fácil deixar Rob Zombie para tocar com o Madman

Dragonforce: cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman LiDragonforce
Cena metal nega a existência do racismo, segundo Herman Li

Slipknot: o que Clown pensa sobre os Beatles?Slipknot
O que Clown pensa sobre os Beatles?

Alice In Chains: para Nancy Wilson era óbvio que Layne perderia a luta contra as drogasAlice In Chains
Para Nancy Wilson era óbvio que Layne perderia a luta contra as drogas

Iron Maiden: por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metalIron Maiden
Por que Paul Di'Anno adotava visual tão diferente de outros do metal

Pensilvânia: do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estadoPensilvânia
Do rock and roll ao death metal, 10 grandes bandas que surgiram no estado

Alter Bridge: a postura de Eddie Van Halen ao ir a show da banda, segundo MylesAlter Bridge
A postura de Eddie Van Halen ao ir a show da banda, segundo Myles

Anthrax: Scott Ian diz que ficou louco de ciúmes quando ouviu Metallica a primeira vezAnthrax
Scott Ian diz que ficou "louco de ciúmes" quando ouviu Metallica a primeira vez

Cannibal Corpse: Corpsegrinder diz qual é o vocalista que mais o influenciouCannibal Corpse
Corpsegrinder diz qual é o vocalista que mais o influenciou

Bruce Dickinson: novo filme sobre o show de 1994 durante a guerra em SarajevoBruce Dickinson
Novo filme sobre o show de 1994 durante a guerra em Sarajevo

K.K. Downing: O verdadeiro Priest está dentro de mimK.K. Downing
"O verdadeiro Priest está dentro de mim"

Raimundos: Canisso reforça que Digão surtou pois chama até João Gordo de pela sacoRaimundos
Canisso reforça que Digão surtou pois "chama até João Gordo de pela saco"


MOPD
Arte Musical
Stamp

Resenha - Far From The Madding Crowd - Wuthering Heights

Por Sílvio Costa
Em 02/10/04

Nota: 8

Foi apenas a partir da segunda audição deste CD que eu descobri que o negócio desses caras não é apenas incrementar o power metal melódico com elementos folclóricos e, assim, partir para a conquista de ouvidos cansados da repetição e falta de criatividade que predomina no estilo. O Wuthering Heights soa como uma jam session entre o Stratovarius (especialmente da fase mais antiga) e o Skyclad. Apesar de algumas limitações até óbvias, quando se leva em conta o estilo abraçado pelo grupo, o Wuthering Heights consegue surpreender com composições muito bem sacadas. É uma banda com algo a dizer e, ultimamente, isto tem feito toda a diferença.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A estrutura de composição do Wuthering Heights é, no mínimo, diferente. Utilizando muitas variações rítmicas e uma infinidade de texturas musicais trazidas pelo uso de instrumentos pouco usuais em se tratando de metal melódico. O único problema é que algumas passagens soam muito forçadas e não deixam o espaço necessário para que o brilhante e versátil vocalista Nils Patrik Johansson e o talentoso guitarrista Henrik Flyman mostrem o seu trabalho com mais desenvoltura. Mas isto não chega a ser tão grave, já que, mesmo quando se ouvem flauta, banjos, violinos, gaitas e mais um amontoado de outros instrumentos que a banda resolveu encaixar no seu som, não dá para esquecer que, antes de qualquer coisa, estamos diante de uma banda de heavy metal. Ainda falando dos vocais, é impressionante a gama de timbres alcançada por Nils Patrik Johansson, que vai do mais épico ao mais rasgado com muita facilidade. Ele ganha fácil da maioria dos vocalistas de metal melódico que pipocam no cenário atualmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O conceito desenvolvido em Far From the Madding Crowd é meio complicado de explicar, mas não custa nada tentar fazê-lo. Pois bem, não se trata exatamente de um trabalho conceitual, mas a banda criou uma espécie de suíte, denominada Longing for the Woods, dividida em três partes. Eles desenvolveram um lance muito legal com relação a esta suíte que foi a repetição do mesmo refrão nas três partes em ritmos e velocidades diferentes. Não sei se a intenção era que a gente decorasse o refrão na primeira música e ficasse cantarolando nas outras três, mas, pelo menos comigo, foi exatamente assim que aconteceu.

Não há como destacar nenhuma faixa em particular, já que, em termos de qualidade instrumental e desempenhos individuais, a banda está muito bem servida. Não bastasse o talento individual dos cinco músicos e dos convidados, ainda há o trabalho magistral de Tommy Hansen (famoso por ter trabalhado com o Helloween na época dos dois Keepers of the Seven Keys) comandando a produção. Tudo está colocado no lugar certo e a timbragem dos instrumentos ficou muito bem feita. Quem gosta de um heavy metal bem feito, com elementos inovadores e dotado de muita garra e talento. Perfeito para fãs de Blind Guardian, Elvenking dentre outras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Banda:
Erik Ravn – Guitarra, Baixo, Teclado, backing vocal
Nils Patrik Johansson – Vocais
Henrik Fluman – Guitarra
Morten G. S’Rensen – Bateria
Rune S. Brink - Teclados

Material cedido por:
Hellion Records – http://www.hellionrecords.com
Rua 24 de Maio, 62 – Lojas 280 / 282 / 308 – Centro.
São Paulo – SP – BRASIL
CEP: 01041-900
Tel: (11) 5083-2727 / 5083-9797 / 5539-7415
Fax: (11) 5549-0083
Email: [email protected]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Korzus
Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Heavy Metal: O início do movimento e a origem do termoHeavy Metal
O início do movimento e a origem do termo


Sobre Sílvio Costa

Formado em Direito e tentando novos caminhos agora no curso de História, Sílvio Costa é fanzineiro desde 1994. Começou a colaborar com o Whiplash postando reviews como usuário, mas com o tempo foi tomando gosto por escrever e espera um dia aprender como se faz isso. Já colaborou com algumas revistas e sites especializados em rock e heavy metal, mas tem o Whiplash no coração (sem demagogia, mas quem sabe assim o JPA me manda mais promos...). Amante de heavy metal há 15 anos, gosta de ser qualificado como eclético, mesmo que isto signifique ter que ouvir um pouco de Poison para diminuir o zumbido no ouvido depois de altas doses de metal extremo.

Mais matérias de Sílvio Costa no Whiplash.Net.