Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemEvanescence anuncia a saída da guitarrista Jen Majura

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemVinte excelentes músicas do Iron Maiden escritas pelo "chefe" Steve Harris

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen


Resenha - Move - Freak Kitchen

Por Thiago Sarkis
Em 16/03/03

Nota: 10

Por mais que 90% das rádios e televisões tentem nos provar o contrário, tenha a certeza de que em termos de rock e metal, passamos por um momento fantástico, sem precedentes. A quantidade de conjuntos de altíssima qualidade é impressionante e em fases assim, o ápice surge quando os ouvidos se aguçam e reagem às ondas sonoras como possibilidades de mudanças radicais, numa absurda originalidade. É o sinal dos grandes expoentes que deixarão para gerações futuras as marcas desta época fecunda. "Move", o novo e melhor trabalho do Freak Kitchen, é um exemplo deste ‘escrito que não se apaga’.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Da antiga formação restou apenas o líder e idealizador do projeto, o genial Mattias IA Eklundh. Acompanhando-o agora estão os excelentes Christer Örtefors e Björn Fryklund, no baixo e na bateria respectivamente.

Um freak trio que alcançou um dos propósitos mais almejados por qualquer banda: impor uma sonoridade própria e destacável. Repletos de influências, eles souberam maravilhosamente desorganizá-las e alcançaram a unicidade de um camaleão. Mudam as cores, mantêm-se os mesmos, e não se repetem. É ouvir pra crer.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A figura principal é IA Eklundh, quem definitivamente criou uma nova via, numa revolução silenciosa tanto no toque da guitarra, quanto em seu som. Porém, o silêncio deve cessar em breve. Pessoas como Steve Vai já vislumbram a majestade do virtuose sueco.

Com letras fortíssimas, implicadas em contestações a ordens políticas e questões sociais, músicas como "Propaganda Pie", "Humiliation Song", "Razor Flowers" e "Maggots Of Corruption" são chocantes por melodias soberbas no baixo, temas de guitarra permeando a selvageria de Zakk Wylde (dez vezes mais técnico), o experimentalismo e humor de Frank Zappa, e solos inimagináveis, funcionando numa mente ultra-ativa, efervescente, convulsiva, desafiadora de ‘leis’ e criações anteriores.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

"Move" é um disco genioso e genial, seja qual for o aspecto analisado. E mesmo assim, bem acessível e capaz de barrar e talvez até invadir o poderio indutivo e certamente mal-intencionado de boa parte dos meios televisivos e radiofônicos.

Site Oficial: http://www.freakkitchen.com

Formação:
Mattias IA Eklundh (Vocais – Guitarras)
Christer Örtefors (Baixo – Backing Vocals – Vocais principais em "Razor Flowers")
Björn Fryklund (Bateria – Percussão)

Material cedido por:
Thunderstruck Productions - http://www.thunderstruck.net
TSP BOX 474, 6000
KOLDING, DENMARK
Email: [email protected]

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.