Matérias Mais Lidas

imagemBill Hudson diz que tatuagem pode ter sido entrave para entrar no Megadeth

imagemMarcos Mion conta história de encontro (e manjada) com Bon Jovi no banheiro

imagemQuando Angus Young, do AC/DC, detonou o Led Zeppelin e os Rolling Stones

imagemO que mais impede Kiko Loureiro de voltar ao Angra? (Não tem nada a ver com o Megadeth)

imagemBeatles: Paul McCartney conta a história por trás de "Ob-La-Di, Ob-La-Da"

imagemEdgard Scandurra, do Ira!, explica atual sumiço do rock nas rádios brasileiras

imagemPhil Campbell conta como era fácil "comprar" Lemmy pra fazer qualquer coisa

imagemRage Against The Machine vem ao Brasil em dezembro, diz José Noberto Flesch

imagemApós viralizar com anúncio, Harppia revela identidade do novo baixista

imagemAutor de "God Save The Queen", Johnny Rotten diz que sente orgulho da Rainha Elizabeth

imagemA curiosa opinião de Ozzy sobre cover do Metallica para "Sabbra Cadabra"

imagemJimmy Page dá opinião sobre streaming e enaltece desconhecido herói dos músicos

imagemBruce Dickinson diz o que o surpreendeu quando retornou ao Iron Maiden

imagemKiko Loureiro explica por que acha uma merda seu solo de guitarra em "Rebirth"

imagemChad Smith chama matéria sobre Taylor Hawkins de "sensacionalista e enganosa"


PRB

Resenha - Eppur Si Muove - Haggard

Por Ben Ami scopinho
Em 02/04/05

O grupo alemão Haggard está na ativa desde 1991 e, como todo conjunto que procura seu espaço, lançaram várias demos até chegar de fato ao seu primeiro registro no final de 97. A maior particularidade deste conjunto é lançar pequenas obras-primas conceituais, sendo que cada disco sempre contou com mais de uma dezena de membros e uma troca constante entre eles é mais do que natural, porém nunca afetou de maneira negativa suas composições.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A proposta musical do Haggard é uma fusão de música clássica, medieval, algo de folk, tudo bem composto e tendo ainda incorporado o death metal cheio de ótimas melodias. Aqui a música clássica percorre todo o álbum, já o Heavy Metal não; tudo soa puro e bastante diferente do que escutamos por aí, sem aquele já tradicional clima gótico tão em voga utilizado pelas bandas mais conhecidas.

"Eppur Si Muove" é seu terceiro álbum de estúdio e a banda traz agora 17 membros, entre músicos de Heavy Metal e música erudita, além de mais 10 convidados. Seu líder, o inspiradíssimo iraniano Asis Nasseri caprichou novamente, narrando de maneira bastante inteligente a história do físico, matemático e astrônomo italiano Galileu Galilei (1564–1642). "Eppur Si Muove" (Mas ela se move) é a frase atribuída a Galileu, que a teria murmurado após rejeitar publicamente, diante de um tribunal da Inquisição em Roma, em 1633, a sua convicção de que a Terra gira em torno do Sol. Ou negava ou era queimado vivo...

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Além da música em si deixar o ouvinte de queixo caído, as faixas são cantadas em alemão, latim, italiano e inglês pelos quatro cantores, cujas vozes fluem entre o gutural cavernoso de Assis, passando pelo lírico até chegar ao épico, um trabalho riquíssimo, variado e linear, que nos arrasta numa verdadeira e emocionante viagem ao passado.

A versão nacional traz ainda um DVD com cinco faixas em uma apresentação da banda no Wacken Open Air de 1998 que, mesmo com uma imagem de qualidade abaixo das expectativas, conseguimos ter uma boa noção de como o Haggard funciona ao vivo. O DVD traz ainda um vídeo-clip de "In a Pale Moon Shadow" do álbum "And Thou Shalt Trust...The Seer".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Um trabalho grandioso e que nos atinge de maneira muito intensa, totalmente indispensável aos amantes de Heavy Metal sinfônico ou outras vertentes da música pesada.

HAGGARD – Eppur Si Muove
(2004 – distribuído por Hellion Records)

01. All’Inizio È La Morte
02. Menuetto In Fa-Minore
03. Per Aspera Ad Astra
04. Of A Might Divine
05. Gavotta In Si-Minore
06. Herr Mannelig
07. The Observer
08. Eppur Si Muove
09. Larghetto/Epilogo Adagio
10. Herr Mannelig (Short Version)

Homepage: www.haggard.de


Outras resenhas de Eppur Si Muove - Haggard

Resenha - Eppur Si Muove - Haggard

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.