Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemDave Mustaine mostra a forma curiosa como se aquece antes de um show do Megadeth

imagemAbba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

Marcello Pompeu: ele conta por que não se posiciona politicamente, apesar de cobranças

imagemBlind Guardian divulga capa, nomes e duração das faixas de seu novo álbum


Stamp

Resenha - Humanology - Eminence

Por Thiago Sarkis
Em 08/01/05

Nota: 9

O Eminence já está na estrada há dez anos e segue a trajetória repetidas vezes realizada pelos maiores nomes do metal nacional: primeiro o sucesso no exterior, para um futuro reconhecimento devido no Brasil. Pelo menos é o que esperamos após a audição do excelente "Humanology".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Lá fora, suíços, holandeses, belgas, colombianos, austríacos, tchecos, entre tantos outros, respondem avidamente ao conjunto brasileiro. Não só eles como também Neil Kernon (Judas Priest, Queensryche, Cannibal Corpse, Nevermore), fã confesso do Eminence, e responsável por toda a magnífica produção deste segundo CD.

O que ouvimos aqui é um thrash metal fundeado no passado e, ao mesmo tempo, recheado de elementos atuais. Remeter-se a Machine Head, Fear Factory, ou mesmo ao antigo Sepultura, é simplesmente uma conseqüência natural frente a uma massa sonora brutal e incessante. E que peso tem este álbum!

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Talvez o único fator discordante de "Humanology" resida nas instrumentais. Apesar de curtas - o que alivia, pouco prejudicando a seqüência das faixas -, ficam bem aquém do que escutamos em "Leech 9", "Democrasick", "Citizen Zero" ou "Evolution".

Nas músicas sobreditas e em todo o restante do disco, Alan Wallace despeja alguns dos timbres de guitarra mais incríveis que ouvi nos últimos tempos. Consistente, em temas agressivos, executados com perfeição.

O trabalho de base para que a muralha se torne possível é realizado por Jairo Guedz (ex-Sepultura) no baixo e André Márcio (ex-Overdose) na bateria. Igualmente precisos, e com sonoridades fantásticas em seus instrumentos. Méritos próprios que certamente foram bem explorados pelo experiente produtor do CD.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Wallace Parreiras resume bem, com seus vocais, o caminho percorrido pela banda, entre o thrash oitentista e o moderno. Pode tanto lembrar detalhes de Max Cavalera como de David Draiman (Disturbed). Sabe vibrar e afrontar a partir da demanda de cada composição. E é exatamente assim que funciona o Eminence.

Site Oficial – http://www.eminence.com.br

Wallace Parreiras (Vocais)
Alan Wallace (Guitarra)
Jairo Guedz (Baixo)
André Márcio (Bateria)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.