In The Flesh: O retorno do gênio Roger Waters

Resenha - In The Flesh - Roger Waters

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Claudio Fonzi
Enviar correções  |  Ver Acessos


Foi lançado neste mês de dezembro, "In The Flesh", cd duplo do

baixista e vocalista inglês Roger Waters, co-fundador e ex-líder da histórica banda PINK FLOYD e afastado do mundo fonográfico por quase toda esta década.

Gravado ao vivo em 1999 e 2000 durante a turnê norte-americana, "In The Flesh" registra composições de todas as épocas de sua carreira, desde "Set The Controls For The Heart Of The Sun" (lançada originalmente em 1968) até a inédita e atualíssima "Each Small Candle".

Acompanhado por uma excelente equipe de apoio, Waters resgata a essência perdida pelo Floyd, através de versões emocionantes (e totalmente Progressivas) de obras esquecidas como "Dogs" (de 1977), "Welcome To The Machine" (de 75), "Pigs On The Wing" (de 77), "Mother" (de 79) e a já citada "Set The Controls...".

Profundamente marcantes são também as versões de músicas de sua carreira solo, particularmente das faixas "Perfect Sense (parts 1 and 2)", "It's a Miracle" e "Amused To Death", ambas do album "Amused To Death".

Belíssima também é a sua nova composição (a já mencionada "Each Small Candle"), um verdadeiro hino antibélico e com melodia e interpretações de grande profundidade emocional.

Ao escolher sua equipe, Waters procurou selecionar pessoas realmente experientes, que tivessem ligação com o estilo das músicas que seriam executadas e com a própria história do PINK FLOYD.

Assim sendo, recrutou os seguintes músicos:

- SNOWY WHITE: Guitarrista que já participara do Floyd durante a turnê de "The Wall". Também atuou com nomes como Richard Wright (outro membro do FLOYD), Thin Lizzy, Jim Capaldi e Peter Green;

- JON CARIN: Tecladista que participou das turnês de "Delicate Sound Of Thunder" e "Pulse" e também das gravações de estúdio de "Division Bell";

- ANDY FAIRWEATHER LOW: Guitarrista, baixista e vocalista que pertence ao cenário rock desde os anos 60, quando integrava o AMEN CORNER. Trabalhou como músico de estúdio durante muitos anos, tendo atuado com personalidades como Eric Clapton, George Harrison e as bandas THE WHO e FOGHAT;

- GRAHAM BROAD: Eclético baterista que trabalhou com nomes tão díspares quanto Mike Oldfield e Tina Turner ou Alexis Korner e Beach Boys;

- P.P. ARNOLD: Famosa cantora de Soul atuante desde a decada de 60. Trabalhou com artistas como Peter Gabriel, Eric Burdon, Freddie King, Stephen Stills e Graham Nash, além de bandas como THE NICE, HUMBLE PIE, NEKTAR e SMALL FACES;

- KATIE KISSOON: Outra tradicional cantora de estúdio, tendo atuado com, entre muitos outros, George Harrison, Eric Clapton e o próprio Waters;

Completam o time o guitarrista e vocalista DOYLE BRAMHALL II, o tecladista ANDY WALLACE, a cantora SUZANNAH MELVOIN e, principalmente, o Produtor e Engenheiro de Som JAMES GUTHRIE, companheiro de Roger desde os tempos de "The Wall" (onde trabalhou como engenheiro e co-produtor) e responsável pela remasterização de toda a discografia do PINK FLOYD.

GUTHRIE foi o responsável direto pela excelente qualidade sonora que se apresenta em "In The Flesh", pois conseguiu reproduzir em qualidade digital todo o "feeling" analógico que foi registrado naquelas mágicas apresentações.

Apesar disso tudo, no entanto, ocorreram alguns pontos negativos, causados fundamentalmente pela ausência da voz característica de David Gilmour em músicas como "Wish You Were Here", "Breathe", "Time", "Money" e "Comfortably Numb".

Ficamos todos, então, a imaginar como seria se a mais revolucionária banda de rock de todos os tempos se reunisse novamente...


Horizonte Progressivo

Moody Blues: Days Of Future Passed, marco na história do RockMoody Blues
"Days Of Future Passed", marco na história do Rock

Minas: Um campo fértil no campo da Música ProgressivaMinas
Um campo fértil no campo da Música Progressiva

Movimento Progressivo Mineiro IIMovimento Progressivo Mineiro II

Movimento Progressivo Mineiro IIIMovimento Progressivo Mineiro III

1972: O apogeu do Movimento Progressivo1972
O apogeu do Movimento Progressivo

Focus: Mais uma lenda do progressivo aqui se apresentaFocus
Mais uma lenda do progressivo aqui se apresenta

Som Nosso de Cada Dia: O Retorno de uma LendaSom Nosso de Cada Dia
O Retorno de uma Lenda

John Lawton: resenha e fotos de show no Rio de JaneiroJohn Lawton
Resenha e fotos de show no Rio de Janeiro

Agua de Annique: a visceralidade na interpretação de AnnekeAgua de Annique
A visceralidade na interpretação de Anneke

Todas as matérias sobre "Horizonte Progressivo"


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Horizonte Progressivo"Todas as matérias sobre "Pink Floyd"Todas as matérias sobre "Roger Waters"


Marcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron MaidenMarcelo Maiden
Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven TylerAerosmith
Curiosidades sobre a voz de Steven Tyler


Sobre Claudio Fonzi

Nasceu em Petrópolis (RJ), em 22 de março de 1964. É Produtor Fonográfico (Som Interior Produções Artísticas) desde 1988, Programador Musical (produziu por 4 anos o programa Tribuna Progressiva, além de ter exercido por 18 meses a função de Programador Geral da emissora Tribuna FM), Produtor de shows e eventos nacionais e internacionais (entre eles, em 1997, a 1ª turnê brasileira da "Voz do Renaissance" - a cantora inglesa Annie Haslam) e comerciante de discos (proprietário da Renaissance Discos desde 1993). Além disso, publica artigos e resenhas desde 1997, em veículos variados, tais como o jornal Metamúsica (Campos - RJ), o jornal Culturarte (Petrópolis - RJ), a revista Poeira Zine (São Paulo - SP) e diversos websites e foruns de discussão.

Mais matérias de Claudio Fonzi no Whiplash.Net.

adGoo336