Escala Pentatônica: Algo em comum entre a maioria dos guitarristas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Mingues da Silva, Fonte: Blog Guitarpedia
Enviar correções  |  Comentários  | 

Se existe algo em comum entre a maioria dos guitarristas, é a ESCALA PENTATÔNICA. Esse versátil agrupamento de notas é utilizado por músicos de praticamente todos os estilos, do Reggae ao Heavy Metal, passando por Funk, Jazz, Blues, etc.

112 acessosRobert Baker: cinco dicas de como melhorar suas frases de guitarra5000 acessosMassacration: saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

É verdade que os músicos do Blues foram os responsáveis pela introdução desse tipo de escala na música ocidental, e muitos guitarristas desse estilo, como B.B. King, e Buddy Guy, conseguiram moldar suas carreiras utilizando apenas a escala pentatônica. Tais guitarristas se tornaram pedras fundamentais no mundo da guitarra Blues, e até hoje são referência para músicos de Rock e Blues.

Acesse já www.guitarpedia.com.br e conheça o nosso mais novo curso. Guitarra Blues, com o professor Sérgio Rocha. São mais de 100 aulas para você dominar o estilo que consagrou lendas da guitarra como B.B. King, Eric Clapton e Steve Ray Vaughan.

As Origens da Escala

Especula-se que a escala pentatônica tenha surgido na China, sete séculos antes de Cristo. Ela foi criada a partir da reunião das divisões melódicas propostas pelo filósofo grego Pitágoras, que descobriu que, se uma corda gerava uma nota "x" e fosse dividida ao meio, geraria a mesma nota, porém uma oitava acima, ou dividida em 3 gerando outro intervalo harmônico e assim sucessivamente. Foi o início da harmonia na música.

A escala pentatônica organizada com as divisões em três propostas por Pitágoras era gerada em seis intervalos distintos: Si, Dó, Ré, Mi, Sol, Lá. A proximidade da nota Si para a nota Dó era muita e quando tocadas juntas, geravam uma dissonância. Por essa razão foi retirada a nota Si desta escala, sendo formada a escala de cinco notas.

A Pentatônica Maior

A proximidade das notas Mi e Fá, e das notas Si e Dó, geram uma sonoridade muito próxima entre elas, o que pode facilmente gerar dissonâncias. A ausência da nota Fá, pela organização pitagórica, e a retirada da nota Si, geram a pentatônica de Dó Maior. Portanto podemos concluir que a formação da escala Pentatônica Maior se dá a partir da retirada do IVº e VIIº da Escala Maior. Lembrando que a estrutura da Escala Maior (Modo Jônio) é de Tom - Tom - SemiTom - Tom - Tom - Tom - Semitom.

A Pentatônica Menor

O mesmo raciocínio feito para a construção da escala Pentatônica Maior pode ser feito para construir a Pentatônica Menor que é baseada na escala menor natural, porém sem o IIº e o VIº grau. Veja o exemplo de uma escala Pentatônica Menor em Dó e veja seus intervalos:

Dó - Mi bemol - Fá - Sol - Si bemol com os intervalos de 1 Tom e meio – Tom – Tom – 1 Tom e meio - Tom.

(T 3m 4J 5J 7m)

Esta é a escala preferida pelos músicos de Blues, Rock e Metal. Nela podemos incluir, ainda, uma sexta nota, a quarta aumentada, ou quinta diminuta, também chamada de 'Blue Note', formando assim uma escala típica do blues.

Para mais informações sobre blues, história de música e conhecimentos em guitarra acesse www.guitarpedia.com.br. Acesse também nosso facebook para acompanhar as novidades!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

PreçoPreço
Quanto mais caro, melhor o instrumento?

112 acessosRobert Baker: cinco dicas de como melhorar suas frases de guitarra204 acessosGuitarras: Steve Stine explica como fazer seu solo soar mais rock148 acessosGuitarpedia: 11 dicas para um comportamento mais profissional - Pt2179 acessosRecorde: sujeito toca guitarra por mais de 114 horas seguidas368 acessosBateria: como mudar a afinação da caixa no meio do show0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Instrumentos"

GuitarrasGuitarras
Algumas podem mudar a sua vida, outras não

GuitarpediaGuitarpedia
Os 7 hábitos do guitarrista virtuoso

MellotronMellotron
O instrumento cult que ajudou a compor clássicos

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Instrumentos"

MassacrationMassacration
Saiba quem é o baterista que tocava "de verdade"

AC/DCAC/DC
Isso sim é uma bela estrada para o inferno

AerosmithAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

5000 acessosHistória do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos5000 acessosRock Brasileiro da Década de 705000 acessosO Clube dos 27: 17 roqueiros que sucumbiram à idade fatídica5000 acessosGuns N' Roses: eles estão apenas começando...5000 acessosDelain: baixista quase perde testículo no palco - veja vídeo5000 acessosComo batizar a criança: os nomes de bandas mais estúpidos

Sobre Thiago Mingues da Silva

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online