Rush: Geddy Lee comenta processo de criação de álbum

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Rush: Geddy Lee comenta processo de criação de álbum

Traduzido por Nathália Plá | Fonte: Blabbermouth.net

  | Comentários:

Matéria publicada em 23/05/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A primeira coleção de material original do RUSH em mais de cinco anos, e seu primeiro lançamento de estúdio via Anthem/Roadrunner Records, o "Clockwork Angels", será lançado em 12 de junho.

As gravações do "Clockwork Angels" começaram em abril de 2010 com o produtor ganhador do Grammy Nick Raskulinecz (FOO FIGHTERS, DEFTONES) — que também colaborou com a banda em seu último álbum de estúdio, o "Snakes & Arrows", de 2007.

Liricamente, o "Clockwork Angels" faz uma crônica da busca de um jovem por um mundo luxuoso e colorido de ficção científica e alquimia, enquanto tenta seguir seus sonhos. A história fala de cidades perdidas, piratas, anarquistas, um carnaval exótico e um rígido observador que impõe precisão em cada aspecto da vida cotidiana. A romantização do "Clockwork Angels" está sendo escrita pelo escritor de ficção científica Kevin J. Anderson com a colaboração do baterista e letrista do RUSH Neil Peart.

Quando perguntado pelo Spin.com se as músicas do "Clockwork Angels" poderiam ter sido concluídas de uma forma diferente de como foram considerando que as letras constituem uma narrativa, o baixista/vocalista do RUSH, Geddy Lee, respondeu, "Bem, essa é uma boa pergunta porque isso foi muito discutido enquanto estávamos compondo o material novo. O que eu queria evitar nesse disco era ser um escravo do folhetim. Eu não queria que os detalhes da história começassem a tirar o peso da individualidade de qualquer uma das músicas. Eu queria que as músicas fossem uma coletânea que pudesse se sustentar sozinha, fora do contexto da história como um todo. Quando você vê uma coletânea de músicas como a 'Tommy' do THE WHO, você pode pegar a 'I'm Free' e separar das demais que ainda assim ela vai se sustentar. Mas em conexão com a história, ela leva uma nova interpretação. Então houve muita discussão sobre isso. Acho que em um dado momento, o Neil [Peart, baterista/letrista] ficou um pouco frustrado com a minha determinação em manter a linha da história mínima de uma certa forma."

Falando sobre se houve um ponto no processo em que o Neil conversou com Geddy e com o guitarrista Alex Lifeson e falou, "Eis o que essas letras significam" e se há espaço para Geddy ter sua própria interpretação, Lee disse, "Há momentos em que tem muita discussão, e há momentos em que pegamos uma letra e não dá certo. Se não houver uma conexão, então você tem de chegar e dizer [para o Peart] 'Sim, diga-me qual é a história de novo. Por que o personagem está nessa situação. Por que ele está fazendo isso? O que você quer que ele sinta nesse momento?' Outras vezes fica bem claro para mim e quando isso acontece eu posso trazer minha própria interpretação para a música porque eu compreendo o que o Neil quer dizer e o que ele quer que o personagem esteja expressando. É realmente importante para mim ser claro com ele. Eu tenho de compor uma melodia vocal e eu tenho de dar significado àquilo, sabe? Então eu tenho de estar na mesma página que ele. Ou pelo menos no mesmo capítulo do livro!"

Track list do "Clockwork Angels":

01. Caravan
02. BU2B
03. Clockwork Angels
04. The Anarchist
05. Carnies
06. Halo Effect
07. Seven Cities Of Gold
08. The Wreckers
09. Headlong Flight
10. BU2B2
11. Wish Them Well
12. The Garden


Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias sobre "Rush"

Mais capas de álbuns: a história do rock no Google Street View
Rush: assista trailer da versão "ReDISCovered" do primeiro álbum
Rush: planejando turnê de aniversário para 2015
Rush: Peart comenta o lançamento de "Ghost Rider" no Brasil
Rush: Belas-Letras lançará no Brasil outro livro de Neil Peart
Rush: Alex Lifeson em solo de guitarrista do Porcupine Tree
Em 15/02/1975: Rush lança o clássico Fly By Night
Rush: o discurso mais criativo e engraçado da música
Rush: festa de lançamento do livro de Neil Peart em São Paulo
Rush: "Working Man" em institucional do Walmart
Separados no nascimento: Neil Peart e Tom Hanks
Rush: livro de Neil Peart já em pré-venda no Brasil
Rush: Letícia Santos, aos 11 anos, impressiona tocando Tom Sawyer
Rush: edição de 40º aniversário de álbum de estreia ano que vem
Rush: "Clockwork Angels" vai virar história em quadrinhos

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas