WHIPLASH.NET - Rock e Heavy MetalWHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal

FacebookTwitterGoogle+RSSYouTubeInstagramApp IOSApp Android
MenuBuscaReload

Dark Tower: O que era esperado foi confirmado

Resenha - ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Se formos basear este debut dos cariocas do Dark Tower aos dois singles e EP´s que o antecederam, não é de se surpreender que estamos diante de um baita lançamento. Afinal, o que se encontra em “...Of Chaos And Ascension” é algo primoroso e impactante.
Kirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"Como fazer um bom Blues: Um manual prático

Mesmo caminhando por trilhas já percorridas, ou seja, um Black Metal cheio de melodias e com arranjos de teclado, a banda consegue impor sua agressividade e peso, sem dever nada para trabalhos mais crus e diretos. A palavra ‘melodia’ pode assustar alguns mais radicais, mas a coisa aqui flui muito bem sem interferir na agressividade das composições.

Os ótimos riffs de guitarras, a cargo de Romulo Pirozzi (que já não integra mais a banda), transitam entre algo apocalíptico e algo voltado ao Metal tradicional, com passagens que nos remete ao Death Metal mais tradicional. Além disso, as bases/solos estão muito bem desenvolvidas.

A cozinha, a cargo de Murilo Pirozzi (que também deixou a banda) e do baterista Rodolfo Ferreira, mantém a variação, se utiliza muito bem dos bumbos duplos, além de ser rápida e agressiva. Tudo envolto com belos arranjos de teclados a cargo de Rômulo e também do baterista Rodolfo, também a cargo de Rômulo, que dá o clima ainda mais sombrio às composições.

Os vocais de Flávio Gonçalves são um show a parte. Berrando entre o rasgado e o gutural, o moço demonstra uma raiva que é rapidamente transmitida ao ouvinte. Os vocais limpos, a cargo do batera Rodolfo, estão muito bem encaixados e dão uma tônica contemporânea à sonoridade da banda.

Destaque para Dawn of Darkened Times, The Mightiest Being, Murder of Anne, Vengeful Warrior e Rise of the DarkTower. A produção poderia ter ficado um pouco mais cristalina, para destacar mais os arranjos, mas nada que tire o brilho deste belo petardo que ainda vem em uma bela digipack. O que era esperado foi confirmado. Um ótimo disco.

http://www.facebook.com/darktowermetal
http://www.reverbnation.com/darktower

Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

Dark Tower: União entre death/black metal e ótimas melodias

Todas as matérias e notícias sobre "Dark Tower"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dark Tower"

Metallica
Kirk Hammet fala sobre Dave Mustaine e solos

Como fazer um bom Blues
Um manual prático

Danilo Gentili
O sertanejo tem mais atitude roqueira que o próprio roqueiro

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1990Guitarras e Baixos: Perguntas e RespostasSepultura: demo rara com Andreas Kisser no vocalLemmy: "Radiohead e Coldplay são bandas sub-emo"Green Day: 10 coisas que você não sabe sobre a banda

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online