Resenha - Symphony - Alive IV - Kiss

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Resenha - Symphony - Alive IV - Kiss


  | Comentários:

Nota: 8

O texto representa a opinião do autor, não do Whiplash.Net ou de seus editores.

Imagem
“You’ve wanted the best, you’ve got the best, the hottest band in the World, KISS!!!”. Depois de várias especulações, o retorno da formação original num polêmico cd de estúdio (“Psycho Circus” de 1998), uma turnê de despedida e um suposto “Alive IV” que teria sido gravado no Canadá em 1999 (do qual só foi lançada uma faixa no famoso “Box-Set” em 2001), foi anunciado que o KISS iria fazer uma turnê de despedida, pendurando suas botas plataforma em grande estilo. Tal turnê varreu os Estados Unidos e passou pelo Japão e Austrália. No início de 2003 o KISS anunciou que gravaria um mega-show com orquestra em Melbourne na Austrália, e que teria além de Gene Simmons no baixo e Paul Stanley na guitarra, o retorno de Peter Criss para a bateria (ele saíra durante a turnê de despedida, sendo substituído por Eric Singer) e Tommy Thayer (ex-Black and Blue e um dos eternos regra-três do KISS). Tommy inclusive usaria a maquiagem petencente a Ace Frehley. Finalmente no dia 28 de fevereiro de 2003, com uma mega-estrutura e um público de quase 80000 pessoas, o KISS gravaria seu cd sinfônico, e (PASMEN!!!) o intitularia de “ALIVE IV”. Tal fato gerou especulações sobre o outro cd ao vivo.... aliás como sempre acontece com o KISS. Nada é simples, tudo é grandioso e cercado de polêmicas e declarações.

Mas vamos ao que importa. “Alive IV” é duplo e dividido em 3 atos. O primeiro é o KISS tradicional tocando 6 músicas no formato elétrico. O segundo é o KISS com uma mini-orquestra de 60 componentes (todos maquiados!) tocando 5 músicas em formato acústico. O terceiro ato finalmente traz o KISS com a orquestra completa e um coro de 60 crianças (todos maquiadas!!!!), tocando 10 de seus clássicos no formato elétrico com acompanhamento de orquestra.... e o resultado?

Podemos afirmar que o KISS acertou em cheio, com um cd interessante, mas que tem altos e baixos. O primeiro ato é perfeito como sempre. O KISS ao vivo em seu formato usual mostra ainda ter muita lenha para queimar. “Deuce”, “Strutter”, “Let Me Go Rock and Roll”, “Lick It Up”, “Calling Dr. Love” e “Psycho Circus” mostram uma banda em ótima forma. As guitarras de Tommy e Paul estão muito pesadas e sujas, dando um toque especial ao primeiro ato e Peter, mesmo com seu estilo econômico e demonstrando estar fora de forma, segura o tranco com habilidade, mesmo que a bateria em “Lick It Up” esteja um tanto atrasada.

O segundo ato é muito legal e pessoalmente o considero a parte mais interessante do cd. O KISS acústico com uma mini-orquestra ficou muito bem feito. “Beth” abre o ato com extrema habilidade, e um Peter Criss cantando muito. A única falha deste ato é o sucesso “Forever”, que ficou muito inferior ao que poderíamos esperar... faltou pegada neste caso. Pegada que sobrou em “Shandi” e “Sure Know Something” (um dos destaques do álbum “Dynasty”). Além destas, “Goin’ Blind” também ficou muito bem executada. A orquestra se coloca como um complemento, seguindo por muitas vezes o ritmo dos violões de Paul e Tommy.

O terceiro e mais importante ato pode ser descrito como uma montanha russa, com altos e baixos. “Detroit Rock City” ficou tão pomposa que só faltava o vocal de Frank Sinatra para completá-la, podendo muito bem ser tocada nos casinos de Las Vegas. A orquestra também não se acerta em “King of Night Time World” e no sucesso “Black Diamond” (ambas ficaram meio deslocadas). Mas a combinação KISS/orquestra ficou muito boa em “Do You Love Me?”, “Shout it Out Loud” e na pesada “God of Thunder” (que ficou com um ar épico maravilhoso... embora se a orquestra desse uma levada mais soturna particularmente acho que ficaria perfeito). Novamente a orquestra se guia pelos riffs de guitarra, como em “Love Gun” e na balada super-esquecida “Great Expectations” (um dos melhores momentos). “I Was Made For Lovin You” novamente não ficou boa com orquestra e o mega-sucesso “Rock and Roll All Nite” também não se sai muito bem. Mas no geral o resultado é positivo, embora as escorregadas estejam visíveis.

A banda está bem entrosada com Tommy Thayer e demonstra que o KISS ainda vai detonar muito rock and roll por todos os lados, principalmente agora que se anuncia a turnê conjunta com o Aerosmith. Um cd legal, que vai agradar aos fãs e desagradar aos desafetos, mas que vai vender bem e manter o nome da banda em alta. Só que particularmente eu não acho que o nome clássico “ALIVE” devesse ser dado a este cd…. e você? Me diga no fórum…….. as primeiras edições vêm em formato “digipack” com um pôster especial aonde vemos uma foto de fãs brasileiros (e Paul cita a presença deles durante o show). Quem sabe não é um gancho para a banda dar as maquiagens… digo caras… por aqui?

OBS: Não entrarei no quesito “overdubs”, pois senão teria que escrever muitas páginas e a polêmica seria grande, mas o fórum está aí para falarmos sobre eles…

Lançado no exterior pela Sanctuary/KISS Records. O lançamento nacional acontecerá em breve. Aguardem.

Site oficial: http://www.kissonline.com

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs
Todas as matérias sobre "Kiss"

Kiss: Frehley não gostou do discurso de Stanley no Rock Hall
Paul Stanley: "Se chegar a isso, eu sou o Kiss"
Kiss: cerimônia do Rock Hall confirmou as suspeitas de Stanley
Kiss: por onde anda o ex-guitarrista Vinnie Vincent?
Kiss: vídeos da nomeação ao Rock and roll Hall Of Fame
Kiss: fotos da participação no Rock & Roll Hall Of Fame
Parcerias Brilhantes: duplas que marcaram história
Kiss: "Nós estamos conectados para vida inteira"
Kiss: tocar com formação original seria roleta russa
Kiss: Paul e Ace continuam discutindo alegações antissemitas
Rock Hall: CEO comenta a controvérsia do Kiss e Nirvana
Kiss: Stanley declara não ser gay, Ace admite ter tentado ser bi
Kiss: Frehley e Criss respondem à acusação de antisemitismo
Kiss: revelado enfim o preço do boxed set "Kissteria"
Ace Frehley: guitarrista tocará na cerimônia do Hall Of Fame

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas