Tradução - Morrison Hotel - Doors

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando P. Silva, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Colaboração: Márcio Ribeiro (Creedance) e Raul Branco

Lançado em fevereiro de 1970, "Morrison Hotel" marcou uma espécie de retorno as raízes após a má impressão deixada no álbum anterior, The Soft Parade. Nesse disco, os Doors utilizavam elementos do hard rock e do blues e se livravam dos arranjos orquestrais, das suítes, das introduções intermináveis, das poesias soturnas explicando o sentido da vida e de tudo o que era conceitualmente errado e poluia o álbum anterior. Enfim, foi o álbum mais simples e despojado do Doors, trazendo grandes clássicos como Roadhouse Blues, You Make Me Real e Queen of the Highway.

A idéia do nome do disco veio de um hotel de beira de estrada, descoberto ao acaso, cuja fachada aparece na capa do disco.

[ROADHOUSE BLUES]

Ah keep your eyes on the road
Your hands upon the wheel
Keep your eyes on the road
Your hands upon the wheel
Yeah, we're going to the roadhouse
Gonna have a real good-time

Yeah, the back of the roadhouse
They've got some bungalows
Yeah, the back of the roadhouse
They've got some bungalows
They dance for the people
Who like to go down slow

Let it roll, baby, roll
Let it roll, baby, roll
Let it roll, baby, roll
Let it roll, all night long

Do it, Robby, Do it!

You gotta roll, roll, roll
You gotta thrill my soul, alright
Roll, roll, roll, roll-a
Thrill my soul

Ashen-Lady
Ashen-Lady
Give up your vows
Give up your vows
Save our city
Save our city
Ah, right now

Well, I woke up this morning
And I got myself a beer
Well, I woke up this morning
And I got myself a beer

The future's uncertain
And the end is always near

Let it roll, baby, roll
Let it roll, baby, roll
Let it roll, baby, roll
Let it roll, all night long

[POUSADA DE BEIRA DE ESTRADA]

Mantenha seus olhos na estrada
Suas mãos no volante
Mantenha seus olhos na estrada
Suas mãos no volante
Sim, nós estamos indo para a pousada
Vamos realmente no divertir

Sim, nos fundos da pousada
Eles têm alguns bangalôs
Sim, nos fundos da pousada
Eles têm alguns bangalôs
Elas dançam para as pessoas
Que gostam de meter devagar

Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, a noite toda

Faça, Robby, Faça isto!

Você precisa girar, girar, girar
Você precisa excitar minha alma
Gingar, gingar, gingar
Excitar minha alma

Mulher pálida
Mulher pálida
Abandone suas juras
Abandone suas juras
Salve nossa cidade
Salve nossa cidade
Ah, agora mesmo

Bem, eu acordei esta manhã
E me servi de uma cerveja
Bem, eu acordei esta manhã
E me servi de uma cerveja

O futuro é incerto
E o fim está sempre próximo

Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, baby, rolar
Deixa rolar, a noite toda

[WAITING FOR THE SUN]

At first flash of Eden
We race down to the sea
Standing there on
Freedom's shore

Waiting for the sun
Waiting for the sun
Waiting for the sun

Can you feel it
Now that spring has come
That it's time to live
In the scattered sun

Waiting for the sun
Waiting for the sun
Waiting for the sun

Waiting for the sun
Waiting, Waiting
Waiting, Waiting
Waiting, Waiting
Waiting, Waiting

Waiting for you to
Come along
Waiting for you to
Hear my song

Waiting for you to
Come along
Waiting for you to
Tell me what went wrong

This is the strangest life
I've ever known

Can you feel it
Now that spring has come?
That it's time to live
In the scattered sun

Waiting for the sun
Waiting for the sun
Waiting for the sun
Waiting for the sun

[ESPERANDO PELO SOL]

Aos primeiros raios do Éden
Corremos até o mar
Parados lá de pé
Na praia da liberdade

Esperando pelo sol
Esperando pelo sol
Esperando pelo sol

Você pode senti-lo
Agora que a Primavera chegou
Que é hora de viver
No sol disperso?

Esperando pelo sol
Esperando pelo sol
Esperando pelo sol

Esperando pelo sol
Esperando, Esperando
Esperando, Esperando
Esperando, Esperando
Esperando, Esperando

Esperando por você para
Me seguir
Esperando por você para
Ouvir minha canção

Esperando por você para
Me seguir
Esperando por você para
Me contar o que saiu errado

Essa é a vida mais estranha
Que eu já conheci

Você pode senti-lo
Agora que a Primavera chegou?
Que é o tempo de viver
No sol disperso

Esperando pelo sol
Esperando pelo sol
Esperando pelo sol
Esperando pelo sol

[YOU MAKE ME REAL]

I really want you, really do
Really need ya baby, God knows I do
'Cause I'm not real enough without you
Oh, what can I do?

You make me real
You make me feel like lovers feel
You make me throw away mistaken misery
Make me free, love, make me free

I really want you, really do
Really need ya baby, really do
Well I'm not real enough without you
Oh, what can I do?

You make me real
Only you have that appeal
So let me slide in your tender sunken sea
Make me free, love, make me free

You make me real
You make me feel like lovers feel
You make me throw away mistaken misery
Make me free, love, make me free
Make me free
You make me real

[VOCÊ ME FAZ REAL]

Eu realmente te quero, realmente quero
Realmente preciso de você baby, Deus sabe que sim
Pois eu não sou autentico o bastante sem você
Oh, o que posso fazer?

Você me faz real
Você me faz se sentir como amantes se sentem
Você me faz dispensar misérias enganosas
Me liberta, amor, me liberta

Eu realmente te quero, realmente quero
Realmente preciso de você baby
Bem, eu não sou autentico o bastante sem você
Oh, o que posso fazer?

Você me faz real
Só você tem esse encanto
Então me deixe deslizar em seu frágil mar submerso
Me liberta, amor, me liberta

Você me faz real
Você faz eu me sentir como amantes se sentem
Você me faz dispensar misérias enganosas
Me liberta, amor, me liberta
Me liberta
Você me faz real

[PEACE FROG]

There's blood in the streets
It's up to my ankles
There's blood in the streets
It's up to my knees

There's blood in the street
The town of Chicago
Blood on the rise
It's followin' me

Just about the break of day
She came in town
And then she drove away
Sunlight in her hair

Blood on the streets
Runs a river of sadness
Blood in the streets
It's up to my thighs

The river runs down
The leg of the city
The women are crying
Red rivers of weeping

She came in town
And then she drove away
Sunlight in her hair

"Indians scattered on dawn's highway bleeding
Ghosts crowd the young child's fragile
Egg-shell mind"

Blood in the streets
In the town of New Haven
Blood stains the roofs
And the palm tress of Venice

Blood in my love
In the terrible summer
Bloody red sun of fantastic L.A

Blood screams her brain
As they chop off her fingers
Blood will be born
In the birth of a nation

Blood is the rose of
Mysterious union

There's blood in the streets
It's up to my ankles
There's blood in the streets
It's up to my knees

There's blood in the street
The town of Chicago
Blood on the rise
It's followin' me

[O SAPO DA PAZ]

Há sangue nas ruas
Até meus tornozelos
Há sangue nas ruas
Até meus joelhos

Há sangue na rua
A cidade de Chicago
Sangue em escalada
Está me seguindo

Próximo ao amanhecer
Ela chegou à cidade
E então ela se foi dirigindo
Luz do sol no seu cabelo

Sangue nas ruas
Corre um rio de tristeza
Sangue nas ruas
Está até minhas coxas

O rio corre abaixo
A perna da cidade
As mulheres estão chorando
Rios vermelhos de lágrimas

Ela chegou à cidade
E então ela se foi dirigindo
Luz do sol no seu cabelo

"Índios espalhados ensanguentados na estrada do amanhecer
Fantasmas povoam a frágil
Mente de casca de ovo da jovem criança

Sangue nas ruas
Na cidade de New Haven
Sangue manchando os telhados
E as palmeiras de Venice

Sangue no meu amor
No verão terrível
Sol vermelho sangrento da fantástica Los Angeles

Gritos de sangue na mente dela
Enquanto eles cortam os dedos dela
Sangue nascerá
No nascimento de uma nação

Sangue é a rosa da
União misteriosa

Há sangue nas ruas
Está até meus tornozelos
Há sangue nas ruas
Está até meus joelhos

Há sangue na rua
A cidade de Chicago
Sangue em escalada
Está me seguindo

[BLUE SUNDAY]

I found my own true love was on a blue Sunday
She looked at me and told me I was the only
One in the world
Now I have found my girl

My girl waits for me in tender time
My girl is mine
She is the world
She is my girl

La, la, la, la

My girl awaits for me in tender time
My girl is mine
She is the world
She is my girl

[DOMINGO TRISTE]

Encontrei meu verdadeiro amor, foi num domingo triste
Ela me olhou e disse que eu era
O único no mundo
Agora encontrei a minha garota

Minha garota me aguarda em tempo terno
Minha garota é minha
Ela é o mundo
Ela é a minha garota

La, la, la, la

Minha garota ne aguarda em tempo terno
Minha garota é minha
Ela é o mundo
Ela é a minha garota

[SHIP OF FOOLS]

The human race was dyin' out
No one left to scream and shout
People walking on the moon
Smog will get you pretty soon

Everyone was hanging out
Hanging up and hanging down
Hanging in and holding fast
Hope our little world will last

Yeah, along came Mr. Goodtrips
Looking for a new ship
Come on, people better climb on board
Come on, baby, now we're going home

Ship of fools, ship of fools

The human race was dyin' out
No one left to scream and shout
People walking on the moon
Smog will get you pretty soon

Ship of fools, ship of fools
Ship of fools, ship of fools
Ship of fools, ship of fools

[NAU DOS INSENSATOS * ]

A humanidade estava desaparecendo
Ninguém sobrou para gritar e urrar
Pessoas andam na lua
A poluição pegará vocês brevemente

Todos estavam dando um tempo
Desconectando e dependurados
Se apoiando e segurando firme
Esperando que nosso pequeno mundo sobrevivesse

Sim, adiante veio o Sr. Boas-viagens
Procurando um navio novo
Vamos lá, pessoal, é melhor subir a bordo
Vamos nessa, baby, agora estamos indo pra casa

Nau dos insensatos, nau dos insensatos

A humanidade estava desaparecendo
Ninguém sobrou para gritar e urrar
Pessoas andam na lua
A poluição pegará vocês brevemente

Nau dos insensatos, nau dos insensatos
Nau dos insensatos, nau dos insensatos
Nau dos insensatos, nau dos insensatos

* Nau dos Insensatos = Produção norte-americana de 1965 (em preto e branco), dirigida por Stanley Kramer, com roteiro de Abby Mann baseado no romance de Katherine Anne Potter, com Vivien Leigh, Simone Signoret, Oskar Werner, Jose Ferrer, Michael Dunn e Lee Marvin, entre muitos outros, no elenco.

Foi premiado com os Oscars de melhor fotografia em preto e branco (Ernest Laszlo) e melhor decoração de set. Foi também o último filme da atriz Vivien Leigh (E O Vento Levou...)

[LAND HO!]

Grandma love a sailor
Who sailed the frozen sea
Grandpa was a whaler
And he took me on his knee

He said, "Son, I'm going crazy
From livin' on the land
Got to find my shipmates
And walk on foreign sands"

This old man was graceful
With silver in his smile
He smoked a briar pipe and
He walked four country miles

Singing songs of shady sisters
And old time liberty
Songs of love and songs of death
And songs to set men free

Yeah!

I've got three ships and sixteen men
A course for ports unread
I'll stand at mast, let north winds blow
Till half of us are dead

Land ho!

Well, if I get my hands on a dollar bill
Gonna buy a bottle and drink my fill
If I get my hands on a number five
Gonna skin that litlle girl alive

If I get my hand on a number two
Come back home and marry you, marry you
Alright!

Land ho!

[TERRA A VISTA!]

Vovó ama um marinheiro
Que velejou pelo mar congelado
Vovô era um baleeiro
E ele me colocou no colo

Ele disse, "Filho, eu estou ficando louco
Vivendo em terra firme
Tenho que encontrar meus companheiros de barco
E caminhar em areias estrangeiras"

Este velho era gracioso
Com prata no seu sorriso
Ele fumou um cachimbo com fumo de sarça
Ele andava quatro milhas no campo

Cantando canções de irmãs salafrárias
E a liberdade dos velhos tempos
Canções de amor e canções de morte
E canções para libertar os homens

Yeah!

Eu tenho três navios e dezesseis homens
Uma rota para os portos desconhecidos
Eu estarei no mastro, deixe os ventos do norte soprarem
Até que metade de nós estejam mortos

Terra á vista!

Bem, se eu botar minhas mãos em uma nota de um dólar
Vou comprar uma garrafa e encher a cara
Se eu eu botar minhas mãos em uma de cinco
Vou esfolar aquela garotinha viva

Se eu botar minhas mãos em uma nota de dois
Volto pra casa e me caso, caso com você
Está certo!

Terra á vista!

[THE SPY]

I'm a spy in the house of love
I know the dream that you're dreamin' of
I know the word that you long to hear
I know your deepest, secret fear

I'm a spy in the house of love
I know the dream that you're dreamin' of
I know the word that you long to hear
I know your deepest, secret fear

I know everything
Everything you do
Everywhere you go
Everyone you know

I'm a spy in the house of love
I know the dream, that you're dreamin' of
I know the word that you long to hear
I know your deepest, secret fear

I know your deepest, secret fear
I know your deepest, secret fear

I'm a spy
I can see
What you do
And I know

[O ESPIAO]

Eu sou um espião na casa do amor
Eu sei os sonhos que você está sonhando
Eu sei a palavra que você anseia ouvir
Conheço seu medo mais profundo e secreto

Eu sou um espião na casa do amor
Eu sei os sonhos que você está sonhando
Eu sei a palavra que você anseia ouvir
Conheço seu medo mais profundo e secreto

Eu sei tudo
Tudo o que você faz
Todos os lugares que você vai
Todos que você conhece

Eu sou um espião na casa do amor
Eu sei os sonhos que você está sonhando
Eu sei a palavra que você anseia ouvir
Conheço seu medo mais profundo e secreto

Conheço seu medo mais profundo e secreto
Conheço seu medo mais profundo e secreto

Eu sou um espião
Eu posso ver
O que você faz
E eu sei

[INDIAN SUMMER]

I love you, the best
Better than all the rest
I love you, the best
Better than all the rest
That I meet in the summer

Indian summer

That I meet in the summer

Indian summer

I love you, the best
Better than all the rest

[VERAO INDIANO]

Eu te amo mais
Melhor do que todas as outras
Eu te amo mais
Melhor do que todas as outras
Que eu encontro pelo verão

Verão indiano

Que eu encontro pelo verão

Verão indiano

Eu te amo mais
Melhor do que todas as outras

[QUEEN OF THE HIGHWAY]

She was a princess
Queen of the highway
Sign on the road said
"Take us to Madre"

No one could save her
Save the blind tiger
He was a monster
Black, dressed in leather

She was a princess
Queen of the highway

Now they are wedded
She is a good girl
Naked as children
Out in the meadow

Naked as children
Wild as can be
Soon to have offspring
Start it all over

Start it all over

American boy, American girl
Most beautiful people in the world
Son of frontier Indian Swirl
Dancing through the midnight whirlpool
Formless, hope it can
Continue a little while longer
Come on

[RAINHA DA ESTRADA]

Ela era uma princesa
Rainha da estrada
A placa na estrada disse
"Leve-nos á Madre"

Ninguém poderia salvá-la
Exceto o tigre cego
Ele era um monstro
Preto, vestido com couro

Ela era uma princesa
Rainha da estrada

Agora eles estão casados
Ela é uma boa garota
Pelados como crianças
Lá fora no campo

Pelados como crianças
Selvagens como são
Logo terão filhos
Recomeçar tudo

Recomeçar tudo

Garoto americano, garota americana
O povo mais bonito no mundo
Filho de luta indígena na fronteira
Dançando pelo redemoinho da meia-noite
Sem forma, espero que possa
Continuar por um pouco mais de tempo
Vamos lá

[MAGGIE M'GILL]

Ms. Maggie M'Gill
She lived on a hill
Her daddy got drunk
And left her the will

So she went down
Down to Tangie Town
People down there
Really like to get it on

Now if you're sad
And you're feeling blue

Go out and buy a
Brand new pair of shoes

And you go down
Down to Tangie Town
'Cause people down there
Really like to get it on
Get it on

Illegitimate son
Of a Rock n' Roll star
Illegitimate son
Of a Rock n' Roll star

Mom met dad in the back
Of a Rock n' Roll car

Well, I'm an old blues man
And I think that you understand
I've been singing the blues
Ever since the world began

Maggie, Maggie, Maggie M'Gill
Roll on, roll on, Maggie M'Gill

[MAGGIE M'GILL]

Srta. Maggie M'Gill
Ela vivia numa colina
O pai dela se embebedou
E lhe deixou no testamento

Então ela desceu
Até a Cidade de Tangie
As pessoas lá embaixo
Realmente gostam de tocar a vida

Agora se você está triste
E está sentindo muita tristeza

Saia e compre um
Par novo de sapatos

E você desce
Até a Cidade de Tangie
Pois as pessoas lá embaixo
Realmente gostam de tocar a vida
Tocar a vida

Filho bastardo
De um astro do Rock n' Roll
Filho bastardo
De um astro do Rock n' Roll

Mamãe conheceu papai atrás
De um carro do Rock n' Roll

Bem, eu sou um velho homem do blues
E acho que você entende
Eu tenho cantado o blues
Desde que o mundo surgiu

Maggie, Maggie, Maggie M'Gill
Dance, dance, Maggie M'Gill




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Álbuns TraduzidosTodas as matérias sobre "Doors"


Futurologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?Futurologia
Como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?

Doors: a noite de destruição de Morrison em um estúdioDoors
A noite de destruição de Morrison em um estúdio

The Doors: em vídeo, guitarrista Robby Krieger toca seus riffs favoritosThe Doors
Em vídeo, guitarrista Robby Krieger toca seus riffs favoritos


Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockPink Floyd
As 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

Preços: quanto custa para contratar a sua banda favoritaPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversasIron Maiden
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Noisecreep: os 10 clipes mais assustadores do heavy metalNoisecreep
Os 10 clipes mais assustadores do heavy metal

Roger Waters: Eles ameaçaram me jogar na prisão no BrasilRoger Waters
"Eles ameaçaram me jogar na prisão no Brasil"

Nirvana: o último diálogo entre Dave Grohl e Kurt CobainNirvana
O último diálogo entre Dave Grohl e Kurt Cobain


Sobre Fernando P. Silva

Fernando Silva é membro do Whiplash! e responsável pela seção de traduções. Colaborando com o site há mais de 5 anos, é quem organiza e revisa todas as traduções que são publicadas nesta seção, contando também com o auxílio de amigos e colaboradores do site. Eclético, curte desde o blues e um bom rock n' roll até o melhor do hard e do heavy, sendo o Metallica (até a eternidade) sua banda preferida. Correções de material postado anteriormente, críticas ou sugestões para novas traduções podem ser feitas através do contato direto com o autor.

Mais matérias de Fernando P. Silva no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336