Matérias Mais Lidas

Titãs: o clipe censurado de Pelados em Santos, com topless de Bárbara PazTitãs
O clipe censurado de "Pelados em Santos", com topless de Bárbara Paz

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento

Joe Biden: evento de posse terá Foo Fighters, Jon Bon Jovi, Springsteen e maisJoe Biden
Evento de posse terá Foo Fighters, Jon Bon Jovi, Springsteen e mais

Kiss: Gene Simmons diz que a falta de dinheiro é a raiz de todo o malKiss
Gene Simmons diz que a falta de dinheiro é a raiz de todo o mal

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debateDedo x Palheta
Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate

Eloy Casagrande: O dia em que ele teve que ir ao banheiro no meio de um show (vídeo)Eloy Casagrande
O dia em que ele teve que ir ao banheiro no meio de um show (vídeo)

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Rock in Rio 2001: 5 shows históricos do festival, realizado há 20 anosRock in Rio 2001
5 shows históricos do festival, realizado há 20 anos

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro


Matérias Recomendadas

Sepultura: Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevistaSepultura
Gloria Cavalera xinga e rebate Derrick Green após entrevista

Slipknot: Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantadoSlipknot
Joey Jordison diz que foi demitido por telegrama cantado

Namore um cara que goste de Metal
Namore um cara que goste de Metal

Nightwish: Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãsNightwish
Participação de Dawkins em álbum irritou alguns fãs

Instagram: as fotos mais legais do perfil de James HetfieldInstagram
As fotos mais legais do perfil de James Hetfield

Tunecore
Malvada

CJ Ramone: O cara que manteve o Ramones jovem

Resenha - CJ Ramone (Hangar 110, São Paulo, 31/10/2015)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mark Ark
Enviar Correções  

Quem esteve no show do CJ Ramone no Hangar 110, entende facilmente porque ele era o cara que manteve o Ramones jovem. Ele merece ser chamado de Ramone porque não só substituiu Dee Dee, mas trouxe uma musicalidade e vitalidade únicas para a banda que já estava desgastada por desentendimentos e anos de estrada.

O repertório do show ficou dividido entre os clássicos dos Ramones e músicas próprias, principalmente do último álbum "Last chance to dance". Apesar de ter sido bem receptivo com as músicas novas, é óbvio que o público agitava muito mais com as músicas dos Ramones, sejam elas da era ´Dee Dee´ ou da era ´CJ´.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Parece também que o músico preocupou-se em alternar músicas rápidas com canções um pouco mais lentas. Será que era para o público ´descansar´? Em geral a platéia comportou-se muito bem, respeitando as músicas do repertório próprio do CJ e principalmente não vaiando as baladas. Aliás o baixista/vocalista tocou a balada das baladas dos Ramones que é ´Baby, I love you´ que certamente muitos fãs dos Ramones devem torcer o nariz. Com certeza há alguns anos atrás haveria uma vaia geral, além de vários objetos voando em direção aos músicos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como disse, o público em geral comportou-se muito bem, mas sempre tem aqueles que querem aparecer e acabam atrapalhando o show. Durante a primeira metade do show várias pessoas subiram no palco, que é pequeno, e acabaram esbarrando em algum membro da banda ou no suporte de microfone.

CJ foi bastante tolerante até o momento que um idiota subiu no palco e fez questão de ficar atrapalhando, enquanto o segurança (ou roadie) hesitava em tomar uma medida, o próprio CJ decidiu empurrar o infeliz de volta para a platéia, fato que foi aplaudido e, com certeza, desencorajou tal atitude.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No show do Jello Biafra, por exemplo, no mesmo palco há alguns anos atrás, o icônico vocalista dos Dead Kennedys fazia questão de empurrar energeticamente quem subia no palco, sem contar as vezes que criticou tal atitude no microfone. Quem pagou ingresso tem o direito (e dever) de agitar, mas subir no palco e atrapalhar a execução da música, como aconteceu em 'Strength to Endure' é lamentável.

CJ mantem a chama dos Ramones viva, seja através das apresentações ou dos discos solo, o que exige muita competência e carisma, pois é fato que muitos fãs criticam formações não originais, como Black Sabbath sem Bill Ward, só para citar um exemplo.

Já que não é possível manter formações originais infinitamente, seja por morte ou separações, é louvável a atitude daqueles que mantém o espírito da banda vivo, em carreiras solo como David Gilmour do Pink Floyd, por exemplo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Obviamente nas apresentações desses artistas, os fãs querem ver as formações originais e ouvir os grandes clássicos e podem não se empolgar com as músicas da carreira solo, menos conhecidas, mas é preciso entender que os músicos não vivem só do passado.

Se não gostar da formação atual de uma banda, seja Guns n´Roses ou Queen, não gaste seu tempo, energia e dinheiro para ir ao show vaiar, fique em casa ouvindo os clássicos. E se quiser se exibir, também fique em casa se dedicando anos e anos a um instrumento, depois monte uma banda e tente a sorte.

Setlist

01. Understand me?
02. Won’t stop swinging
03. One more chance
04. Judy is a punk
05. Carry me away
06. Cretin Hop
07. What we gonna do now?
08. Cluster fuck
09. Three angels
10. Little surfer girl
11. ‘till the end
12. Cretin family
13. I wanna be your boyfriend
14. Glado to see you
15. Pitstop
16. Strenght to endure
17. Baby, I love you
18. The KKK took my babe away
19. Last chance to dance
20. California Sun
21. My back pages
22. Commando (part. João Gordo)
23. Psycho therapy
24. 53rd & 3rd
25. Do you wanna dance?
26. Blitzkrieg Bop
27. R.A.M.O.N.E.S.


Outras resenhas de CJ Ramone (Hangar 110, São Paulo, 31/10/2015)

CJ Ramone: Resenha e fotos do show em São Paulo


Stamp
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


CJ Ramone: Usar camiseta dos Ramones por causa da moda é uma estupidezCJ Ramone
"Usar camiseta dos Ramones por causa da moda é uma estupidez"


Donald Trump: os roqueiros que apoiam o presidente eleitoDonald Trump
Os roqueiros que apoiam o presidente eleito

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos


Sobre Mark Ark

Nascido em São Paulo em 1979, seu amor pelo metal e rock vem desde o final dos anos 80. Grande fã de Pantera e trash metal, mas curte Rock em geral (e outros estilos como Blues e Rap). Acessa o site há mais de 20 anos e em 2018 decidiu ser colaborador e criar seu próprio site rockaddict.com.br.

Mais matérias de Mark Ark no Whiplash.Net.