Hellarise: Mesclando clássicos com novidades em S.J. dos Campos

Resenha - Hellarise (Command Fest, São José dos Campos, 20/06/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Kito Vallim
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

As manifestações pararam diversas rodovias naquela noite, razão pelo qual eu me atrasei e a programação do Femmale Command Fest naquela noite também acabou atrasando. Por essa razão perdi a primeira banda da noite e o atraso na programação me fez perder um pouco do que rolou em boa parte do festival, pois precisava voltar dirigindo para a capital.

5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosMetallica: Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o show

Era por volta da 01h da manhã quando a banda HellArise chegou ao Hocus Pocus em São José dos Campos e já avançou para o palco para montar o equipamento e preparar o que seria um show memorável.

Logo de cara a banda manda o seu mais recente single More Mindless Violence, uma composição veloz e de refrão marcante que serve bem para as pessoas que ainda não tiveram o prazer de ouvir a banda alguns dos pontos fortes da sonoridade da banda HellArise. A abertura emendou na música Deadfall, presente na demo da banda, lançada em 2010.

Deadfall possua uma pegada menos agressiva com um refrão mais melódico e foi uma escolha acertada para a continuação do set list.

Uma breve pausa e a vocalista, Flávia Morniëtári anuncia uma música nova. A banda inicia, então a execução de More Than Alive, uma faixa que alterna bem riffs melódicos, estrofes agressivas e mudanças de tempo, alternando com maestria passagens mais velozes e cadenciadas. A resposta positiva do público apontou que as novas composições estão na direção certa.

O Show continua com a já clássica Liar, também presente na demo e que dispensa apresentações. Certeira, um murro no estômago, metal de primeira qualidade!

O Set list avançava com as pesadas e agressivas I Don't Believe e Functional Disorder. Duas músicas novas da banda que estarão presente em registros futuros. As músicas são típicas para shows ao vivo e perfeita para abrir aquela roda caótica e turbulenta na pista de qualquer show!

Foi bom ver que a banda estava tocando com garra no palco! A apresentação estava impecável!

A performance ao vivo da Flávia Morniëtári como frontwoman e da Mirella Max nas guitarras é algo que dispensa apresentações, ambas sem parar de agitar em momento algum, tornando a experiência de ver a banda ao vivo em algo a mais. Felippe Max, como sempre, quebrando todas as peças de sua bateria em uma execução brutal de cada música! A convidada especial, Jéssica Matoso da banda Cap'Tain e o baixista Kito, recém integrado à banda estavam presentes para completar o time! Afiadíssimos no palco, a banda mostrou que está pronta para alçar novos vôos!

O final do show ficou a cargo de We Will Rise da banda Arch Enemy e o clássico Human Disgrace, faixa épica de quase 8 minutos que levou todos à loucura, abrindo a maior roda que havia acontecido durante o show, com todos bangeando com todas as forças restantes!

A banda apresentou um show fantástico com um set list coeso e que mostra que o futuro da banda é muito promissor com as composições antigas mais amadurecidas e com composições novas de altíssima qualidade e repletas de originalidade!

Completaram o cast do festival as bandas Sinaya, Alefla e Manger Cadavre.

Set List:
More Mindless Violence
Deadfall
More Than Alive
Liar
I Don't Believe
Functional Disorder
We Will Rise (Arch Enemy)
Human Disgrace

HellArise:
Flávia Morniëtári - Vocal
Mirella Max - Guitarra
Felippe Max - Bateria
Kito Vallim - Baixo
Jéssica Matoso - Guitarra

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "HellArise"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "HellArise"

Hall Of ShameHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

MetallicaMetallica
Rock In Rio explica pane que ocorreu durante o show

Classic Rock MagazineClassic Rock Magazine
Os piores discos das grandes bandas

5000 acessosPorta dos Fundos: Andreas Kisser e a cobrança dos metaleiros5000 acessosComo Conservar e Recuperar Cordas de Baixo5000 acessosPato Donald cantando The Number of the Beast5000 acessosMetallica: Jason explica o baixo apagado de And Justice For All5000 acessosLzzy Hale: a honestidade salvou seu relacionamento4345 acessosIron Maiden: as músicas do "The Number", da pior para a melhor

Sobre Kito Vallim

Kito Vallim, banger, economista, apaixonado por rock/metal. Metalhead que iniciou-se com bandas de metal melódico e logo expandiu sua paixão por todos os estilos de metal e hoje em dia não sabe nem dizer seu estilo favorito direito. Entusiasta do metal nacional e do underground, adora conhecer bandas novas e diferentes, busca divulgar bandas em sua fanpage do Facebook onde também comandam um podcast.

Mais matérias de Kito Vallim no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online