Mythological Cold Towers: como foi a apresentação única no RJ

Resenha - Mythological Cold Towers (Teatro Odisseia, RJ, 12/05/2013)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Julie Sousa
Enviar Correções  

No último domingo dia 12 de maio, o Rio recebeu uma das maiores bandas de Doom Metal do país. MYTHOLOGICAL COLD TOWERS esteve na cidade para sua primeira e única apresentação no Teatro Odisseia, região da Lapa.

Separados no nascimento: Ronnie James Dio e Maria Bethania

Duff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixista

Organizado pela JZ produções, o Twilight Of The Idols além da MYTHOLOGICAL COLD TOWERS, contou com a participação das bandas BOREAL DOOM, AS DRAMATIC HOMAGE E POETICUS SEVERUS. Incluo já aqui meus cumprimentos à produção do evento em trazer uma banda de tal relevância em terras cariocas pela primeira vez.

Chegando ao local do show, ainda na porta, reencontro alguns amigos dentre eles o FABIO SHAMMASH, do MCT e o MARCELO ZANATTA com sua noiva Cris, da JZ Produções. Conversamos sobre as expectativas para aquele show, sobre a cena carioca, entre outros assuntos. Esse clima intimista marcará toda aquela noite. Foi uma espécie de encontro entre velhos e novos amigos, todos ansiosos pelo que estava por vir.

A casa:

Com ótima localização, o Teatro Odisseia oferece uma excelente estrutura de som e acomodações, ao nível das casas de shows de médio porte da cidade. O espaço tem um bom histórico de shows de Heavy Metal e é sempre elogiado pelo público e bandas.

O público:

Cerca de 120 pessoas estiveram presentes para este concerto, grande parte membros de bandas tradicionais. Foi uma noite para os que de fato apreciavam a boa música do gênero Doom Metal.

O show:

MYTHOLOGICAL COLD TOWERS foi a segunda banda a subir ao palco naquela noite. Iniciando a apresentação com "Lost Path to Ma-Noa", Mythological Cold Towers cativou os olhares atenciosos dos presentes, com muito profissionalismo e a áurea de única que os caracteriza.

"In the Forgotten Melancholic Waves of the Eternal Sea" deu sequência à apresentação da banda, lindamente apresentada, envolvendo a todos no clima que a Mythological proporcionara. "Fallen Race" e "Like an Ode Forged in Immemorial Eras" foram executadas impecavelmente, e devo destacar aqui a bela atuação e entrosamento de todos na banda, sobretudo a performance do baixista THORMIANAK, que interagia a todo momento com os demais músicos, e a atuação do vocalista SAMEJ COATL, intensa e perfeita durante todo o show.

É imperativo salientar que THORMIANAK (baixo) e HÉCATE (teclados) são sessions members da banda de Black Metal MIASTHENIA.

"The Shrines of Ibez" deu continuidade ao concerto, mantendo o mesmo clima intenso, um dos pontos altos do show. O público parecia hipnotizado, em êxtase diante da execução da "Immemorial". Na minha opinião, o auge da apresentação que vinha sendo perfeita e tornara-se agora inquestionavelmente ímpar.

Em seguida, a "Akakor" mostrando toda a virtuosidade da banda, mantendo o encantamento que fazia o público incrédulo. MYTHOLOGICAL COLD TOWERS apresenta sua última música, a "Contemplating the brandish of the torches" de forma magistral, como fora todo o show. Intensa, brilhante e imaculadamente executada. De fato, o show da MYTHOLOGICAL caracterizou-se por uma atmosfera que nos remetia a uma percepção distinta. É intenso, legítimo. Uma apresentação impecável e sem a menor necessidade de retoques.

Foi uma honra para mim presenciar este momento, não apenas por se tratar de um ícone do Doom Metal nacional, mas principalmente porque foi uma oportunidade rara de vê-los em terras cariocas. Não pude presenciar o show das demais bandas da noite, mas certamente fizeram uma bela apresentação!

Resta agradecer ao MCT por terem vindo e à JZ produções por acreditar neste evento e tê-lo realizado.

Agradecimento: Geraldo de Andrade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Ronnie James Dio e Maria BethaniaSeparados no nascimento
Ronnie James Dio e Maria Bethania

Duff McKagan: Anestesias não funcionam mais no baixistaDuff McKagan
Anestesias não funcionam mais no baixista


Sobre Julie Sousa

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin