C.J. Ramone em São Paulo: Hey, Ho, Let's Go!!!

Resenha - C.J. Ramone (Hangar 110, São Paulo, 19/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Mesquita de Jesus
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Local: Hangar 110, São Paulo, dia 19/09/2012. Esta data, sem dúvida, será lembrada por muitos e muitos anos na vida de vários fãs do Ramones como o dia que pôde-se assistir a um espetáculo de uma lenda viva do Punk Rock... um show que não era do Ramones, mas que era o mais próximo disso que alguém poderia assistir atualmente: CJ Ramone!!!

693 acessosRamones: álbum-tributo brasileiro para baixar de graça5000 acessosJames Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiar

Ao chegar à casa de show, fiquei pensando: “Caralho! Estou no local onde é, praticamente, o templo do punk rock no Brasil”! Casa de show bem underground e bacana, com uma atmosfera punk rocker, com quadros pela parede mostrando cartazes de shows já acontecidos no local, como o New York Dolls e os dois primeiros eventos de punk da cidade de São Paulo (em 81 ou 82, não me lembro ao certo).

O evento estava marcado pra começar às 19 hs., mas com o atraso da abertura dos portões (para aproximadamente 20 hs.), entrei aproximadamente este horário na casa e, com mais uns 20 minutos de espera, começou a primeira banda da noite: Os Aurélios. Um trio local muito bom, que faz um Punk Rock com uma certa influência da música nacional. Tocaram pouco menos de 30 minutos, creio que com o objetivo maior de dar boas vindas ao público que ainda estava chegando.

Pouco depois, uma segunda banda local inicia seu show: Slot. Me surpreendi bastante com o som da banda. O que eles fazem é também punk rock, mas eles trazem uma veia do Rock N’ Roll 60’s/70’s muito grande... algo como se fosse os Beach Boys do punk rock. Tocaram um pouco mais de meia hora, emendando uma música atrás da outra... e cada uma de qualidade igual ou superior a última tocada. Ótima banda!!! Quem curte Punk Rock e não conhece a banda, fica a dica.

Passando mais 30 minutos aproximadamente (pouco mais das 22 hs.), com casa já praticamente lotada, aquilo que nós estávamos esperando, finalmente, começa a acontecer: “ONE, TWO, THREE, FOUR”!!! Só bastou isso: o Hangar 110 foi abaixo!!! “Judy Is A Punk” emendada por “Blitzkrieg Bop”!!! Só dalí eu e muitos na casa já estávamos no clima do show!!! E tome clássicos: "I Wanna Be Sedated", "Sheena Is A Punk Rocker", "Commando", "Psycho Therapy", "Beat On The Brat", “Listen to My Heart”, “She´s the One”, … quer mais??? Pois toma: “I Wanna Be Your Boy Friend”, “Rockaway Beach”, “Strength To Endure“, “Do You Wanna Dance”, “California Sun”, “Pinhead”. E não foi só isso: a banda tocou uma música “desconhecida” para muitos que conhecem o Ramones: "Endless Vacation", do álbum "Too Tough To Die", como uma homenagem à Dee Dee Ramone, que estaria fazendo aniversário no dia anterior. Tocou também, claro, músicas do novo álbum do CJ, o ótimo “Reconquista”: "What We Gonna Do Now?", “You´re The Only One”, “Three Angels” (esta última uma homenagem aos 3 Ramones já falecidos: Joey, Johnny e Dee Dee). E como se não bastasse tudo isso, ainda teve tempo para 2 covers: "Waitin' For My Man" do Velvet Underground e ELA: “R.A.M.O.N.E.S.”, do Mötorhead, esta última fechando o show com chave de ouro. Senti falta apenas de “The Crusher”... mas tudo bem... nada é perfeito (por mais que o show tenha beirado isso)!!!

Conseguiram contar quantas músicas foram??? Pois é... eu também não...!!! Certamente esqueci de mencionar uma ou outra música que foi tocada... mas é que o show foi isso: uma porrada sonora que deixa o cara desnorteado, sem saber nem o que pensar na hora... apenas curtindo tudo aquilo, fazendo pensar até que você REALMENTE está em um show do Ramones!!!

Quem olha a quantidade de música pensa que o show foi aproximadamente 2 horas!!! Mas vale lembrar uma coisa: são músicas do Ramones cantadas ao vivo!!! Quem conhece os álbuns “It’s Alive” e o “Loco Live” sabe o que estou falando. O show foi de apenas 1 hora e 10 minutos aproximadamente. Mas quem disse que alguém achou ruim ou pouco??? PORRA: foi um dos MELHORES shows que assisti em minha vida. Pretendo ir pra muitos shows ainda, mas certamente pouquíssimos irão chegar ao nível de energia e diversão que CJ Ramone e sua banda (composta por Dan Root e Steve Soto – ex-Adolescents e Agent Orange – nas guitarras e Michael Stamberg na bateria) chegaram.

Vale ressaltar ainda uma coisa: a humildade que o CJ tem. O cara é super gente fina com a galera. Muitos (e muitos e muitos e muitos...) subiram no palco (um de cada vez, claro) pra dividir o palco com ele e/ou tirar foto com ele (tudo isso no meio das músicas). E quem disse que ele dispensava??? Pelo contrário: ele dividia o microfone com aqueles que subiam (isso quando não deixava o fã cantar sozinho) e virava-se para aonde a máquina fotográfica estava, para tirar foto com o fã. Em um certo momento do show, ao final de “Strength To Endure“, um fã subiu no palco e pediu sua palheta. CJ, à princípio, negou... e o fã já estava voltando pra galera... quando, de repente, CJ Ramone foi até o cara (antes dele voltar pra galera), estendeu sua mão, e entregou a palheta à ele. PORRA... achei aquilo do caralho!!! Cara super humilde e gente boa.

Não tenho mais nem o que falar... apenas dizer que valeu o esforço e cada centavo gasto para ir naquele show. Quem não foi, uma dica: NÃO PERCAM POR NADA A OPORTUNIDADE DE VEREM O SHOW, ASSIM QUE POSSÍVEL. Dizem que ele voltará em Dezembro pro país, então, mais uma vez: NÃO PERCAM A OPORTUNIDADE, pois, com esse show do dia 19/09/12, CJ Ramone provou que ele realmente é The Crusher, king of the ring... of punk rock!!!

HEY, HO, LET’S GO!!!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

693 acessosRamones: álbum-tributo brasileiro para baixar de graça0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ramones"

Marky RamoneMarky Ramone
Último Ramone vivo fala em maldição na banda

FinadosFinados
Veja túmulos de algumas estrelas do rock

Sexta-Feira 13Sexta-Feira 13
Dez ótimas canções para se ouvir nessa data

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Ramones"

James HetfieldJames Hetfield
O equilíbrio entre Metallica e vida familiar

Led ZeppelinLed Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

HumorHumor
Namorar um headbanger é sair da zona de conforto

5000 acessosLed Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"5000 acessosSinceridade: e se as capas de discos dissessem a verdade?5000 acessosTarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 20005000 acessosMetal Extremo: os logos mais ilegíveis já criados5000 acessosMetallica: Robert Trujillo conta como entrou para a banda5000 acessosUltimate Guitar: as 21 músicas mais épicas de todos os tempos

Sobre Rodrigo Mesquita de Jesus

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online