Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemAlice Cooper diz que em sua equipe "todo mundo é tratado como a banda"

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Airbourne 2022

Megadeth: mais uma resenha da apresentação em São Paulo

Resenha - Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Por Kalil Restivo
Em 15/09/12

Às 22 horas e 10 minutos, com o Via Funchal lotado, o show tão esperado foi aberto com a música "Trust', do álbum "Cryptic Writings", que precedeu "Hangar 18" e "She - Wolf". Vale ressaltar que durante a apresentação das primeiras músicas o volume da guitarra de CHRIS BRODERICK e o microfone de MUSTAINE estavam baixos.

"A Tout le Monde" foi cantada em uníssono pelo público paulistano que depois ouviu "Whose Life (Is It Anyways?)" e "Public Enemy No. 1", ambas do álbum "Thirteen". Depois de aproximadamente 30 minutos de show DAVE MUSTAINE anunciou que o álbum "Countdown To Extinction" seria tocado integralmente, fato que todos esperavam. "Skin o’ My Teeth" abriu a segunda parte do show, na qual a capa do disco era mostrada nos telões presentes no palco.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Logo depois o Via Funchal veio abaixo com a execução de "Symphony of Destruction", um dos grandes sucessos do MEGADETH, que foi acompanhado por todos os presentes com muita empolgação. As músicas seguintes foram "Architecture of Aggression" e "Foreclosure of a Dream". Dando continuidade às músicas do "álbum aniversariante" foram tocadas "Sweating Bullets" e "This Was My Life".

DAVE MUSTAINE fez um intervalo agradecendo e saudando o público presente. Durante este intervalo houve um fato que emocionou a todos, a entrega de uma palheta para uma pessoa em uma cadeira de rodas na pista premium.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Seguindo a tracklist do álbum à risca a banda tocou a faixa título, "High Speed Dirt", "Psychotron", "Captive Honour" e "Ashes in Your Mouth", terminando assim a homenagem ao "Countdown To Extinction".

Durante a introdução de "Peace Sells", uma das músicas mais esperadas da noite o baixista DAVID ELLEFSON soltou um sonoro "E aí São Paulo?", frase que animou os paulistanos. Vic Rattlehead, mascote da banda, também deu as caras, fato que animou ainda mais os presentes.

A banda se retirou do palco, com o telão apresentando o logo da banda em letras vermelhas, e após certo tempo MUSTAINE voltou, interagindo bastante com o público que o saudava com sonoros "Olê, olê, olê, MUSTAINE. MUSTAINE!". "Holy Wars... The Punishment Due" fechou o show que contou com o mesmo setlist apresentado em Bogotá.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Setlist:
01. Trust
02. Hangar 18
03. She-Wolf
04. A Tout Le Monde
05. Whose Life (Is It Anyways?)
06. Public Enemy No. 1
07. Skin o' My Teeth
08. Symphony of Destruction
09. Architecture of Aggression
10. Foreclosure of a Dream
11. Sweating Bullets
12. This Was My Life
13. Countdown to Extinction
14. High Speed Dirt
15. Psychotron
16. Captive Honour
17. Ashes in Your Mouth
18. Peace Sells

Bis
19. Holy Wars... The Punishment Due


Outras resenhas de Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Resenha - Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Resenha - Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Resenha - Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Resenha - Megadeth (Via Funchal, São Paulo, 05/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Kalil Restivo

Kalil F. Restivo Simão é um paulistano de 16 anos que cursa o Ensino Médio. Começou a ouvir rock por influência do pai, e através dele se tornou fãnático por Scorpions, Ozzy, Megadeth e AC/DC. Também acompanha o trabalho de grupos como Salário Mínimo, Kiss, Guns n' Roses, Iron Maiden, Judas Priest e Motörhead. Tem como ídolos James Kottak, Zakk Wylde e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no twitter: @kalilrestivo.

Mais matérias de Kalil Restivo.