Marduk e Enthroned: Noite de Black Metal no Studio Bar de Belo Horizon

Resenha - Marduk e Enthroned (Studio Bar, Belo Horizonte, 12/08/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luiz Figueiredo
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

No último domingo, dia 12, Belo Horizonte recebeu a apresentação de duas bandas que já vieram à capital mineira anteriormente. Só que, desta vez, a belga Enthroned e a sueca Marduk vieram juntas para uma noite exclusiva ao black metal.

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioMegadeth: "Magia negra arruinou minha vida", diz Mustaine

O já tradicional Music Hall foi trocado, desta vez, pelo Studio Bar que possui uma capacidade menor e fica no hipercentro de Belo Horizonte. A casa que possui vários ambientes ficou bem cheia em todas as áreas onde é possível assistir ao show. Uma escolha da produção para que a impressão seja de casa cheia, ao contrário do que vinha acontecendo no "espaçoso" Music Hall.

O show do Enthroned começou por volta das 19h40m. A banda liderada no palco pelo vocalista Nornagest, que assumiu o vocal após a saída de Lord Sabathan, em 2005, fez um show de aproximadamente 1h de duração. A abordagem do setlist abrangeu toda a carreira, mas com um destaque até muito grande para as músicas do disco novo, Obsidium, de 2012. O show teve 13 músicas, sendo quatro do novo disco. As antigas Under The Holocaust e Evil Church, esta última fechou a "cerimônia" do Enthroned, foram exceção em um set com predominância de músicas dos três últimos álbuns.

A banda belga agradou aos presentes que gritaram por "Enthroned, Enthroned" ao final do show. Uma curiosidade foi o sofrimento do vocalista Nornagest que passou rapidamente pelo camarim e foi logo à rua para respirar melhor. Ele estava com uma jaqueta pesada e, como a casa estava cheia, o mesmo sofreu com o calor que sentiu. (Entrevista, em áudio, feita após ele se recuperar da falta de ar e calor, você pode conferir em www.radiowebroots.com.

Marduk

Com a casa agora ainda mais cheia, era hora de Mortuus, Evil, Devo e Lars surgirem a frente do público para instaurar um clima infernal. A abertura já foi com um petardo obrigatório no set da banda "desde sempre": On Darkened Wings, original do disco Those of the Unlight, de 1993. Na sequencia, duas mais recentes: Nowhere, No-one, Nothing, do penúltimo disco, o Wormwood, de 2009, e Serpent Sermon, música-título do novo álbum.

A partir daí, o Marduk, diferente do Enthroned, fez um show com clássicos, atrás de clássicos. Além de Souls For Belial, do último disco, nós vimos: Materialized In Stone, Baptism By Fire, The Black Tormentor of Satan, Throne of Rats... dentre outras várias que fecham um set com 14 músicas. Com presença sempre garantida em Belo Horizonte quando vem ao Brasil, o Marduk não deixa de ser seguido pelos fãs da capital mineira que ainda clamaram pelo nome da banda ao saírem do palco após tocarem Wolves na esperança de que voltassem. Mas o show chegou ao fim ali.

Ainda era relativamente cedo, mas, como em todo domingo, no dia seguinte não tem moleza. Morgan Evil, guitarrista e líder do Marduk, concedeu entrevista à Rádio WebRoots que você ouve no link já citado acima.

A maioria das opiniões sobre a casa nova - nova pelo menos para o público de metal - foram positivas. A localização central e a estrutura do local são os pontos fortes. Porém, para shows com demanda de público maior, o Music Hall voltará a ser usado pela produção da Cogumelo e Tumba.

Abaixo o setlist do Enthroned:
1. Deathmoor
2. The Ultimate Horde Fights
3. Sepulchred Within Opaque Slumber
4. Through The Cortex
5. Deviant Nerve Angelus
6. The Burning Dawn
7. Obsidium
8. Horns Aflame
9. Radiance of Mordacity
10. Petraolum Salvia
11. Vermin
12. Under The Holocaust
13. Evil Church

Abaixo setlist do Marduk:
1. On Darkened Wings
2. Nowhere, No-one, Nothing
3. Serpent Sermon
4. The Black Tormentor of Satan
5. Still Fucking Dead (Here's no Peace)
6. Warschau 2: Headhunter Halfmoon
7. Materialized in Stone
8. Baptism by Fire
9. Womb of Perishableness
10. Souls for Belial
11. Azrael
12. Throne of Rats
13. Panzer Division Marduk
14. Wolves



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Marduk"Todas as matérias sobre "Enthroned"


Marduk: guitarrista tem pedaços do crânio de DeadMarduk
Guitarrista tem pedaços do crânio de Dead

Metal: em vídeo, 10 bandas satanistas de fatoMetal
Em vídeo, 10 bandas satanistas de fato

Rock x Igreja: veja 12 artes que mostram essa impávida lutaRock x Igreja
Veja 12 artes que mostram essa impávida luta


Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício

Megadeth: Magia negra arruinou minha vida, diz MustaineMegadeth
"Magia negra arruinou minha vida", diz Mustaine

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1981

Blender: as letras mais repulsivas do Heavy MetalPorta dos Fundos: Andreas Kisser e a cobrança dos metaleirosPink Floyd: Dark Side sincroniza com Star Wars O Despertar da ForçaIron Maiden: Doogie White relembra teste feito para entrar na banda

Sobre Luiz Figueiredo

Sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Luiz Figueiredo no Whiplash.Net.