Ummagumma: clássicos do Pink Floyd em Belo Horizonte

Resenha - Ummagumma (Palácio das Artes, Belo Horizonte, 01/07/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luiz Figueiredo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.













No primeiro dia do segundo semestre de 2011, os rockeiros de Belo Horizonte, em destaque, os fãs da banda inglesa Pink Floyd tiveram a excelente oportunidade de assistir ao show de uma das ou, talvez, a melhor banda cover do Brasil. Além disso, o anúncio de que Roger Waters trará o show The Wall ao Brasil em 2012, também aconteceu na sexta-feira, dia 1º de julho. Era dia de comemorar e se divertir.

Quem assiste ao DVD P.u.l.s.e do Pink Floyd vê todos aqueles efeitos luminosos incríveis e pensa que é impossível fazer algo parecido, muda de idéia logo após assistir a um concerto da banda “Ummagumma Pink Floyd Cover” de Três Pontas, sul de Minas Gerais.

Durante a apresentação do grupo trespontano, é bem comum que o expectador se perca em uma viagem que tira o senso de tempo e espaço. O cenário utilizado é semelhante ao que o grupo inglês apresenta na mega-turnê que originou o DVD P.u.l.s.e, gravado durante os shows de divulgação do álbum The Division Bell, o último de estúdio do Pink Floyd, em 1994.

Guiado por Bruno Morais (vocal e guitarra), o Ummagumma iniciou sua apresentação com Shine On You Crazy Diamond. Começou ali o que pode se chamar de viagem hipnótica. O público que lotou completamente o grande teatro do Palácio das Artes, tanto no nível inferior quanto no superior, ficou estático assistindo à grande performance de cada músico que compõe a banda: dez no total.

O repertório abrangeu diversas partes da carreira do Pink Floyd, caminhando por composições que foram sucessos nas décadas de 1960 à de 90. Músicas como “In The Flesh”, “Dogs”, “Money”, “Time”, “Learning To Fly”, “Us and Them”, “Another Brick In The Wall (part 2)”, “Comfortably Numb” (dentre outras) mostraram o nível de profissionalismo, a que ponto a produção é levada a sério e como a interpretação dos clássicos do Pink Floyd é fiel. Não é a toa que estão no patamar de tocar em um espaço tradicional como o Palácio das Artes e lotar o mesmo, tendo os ingressos esgotados antecipadamente.

A apresentação do Ummagumma durou exatamente 2h25m, tendo seu início às 21h05m. Na primeira pausa do show após cerca de duas horas decorridas, Bruno Morais apresentou todo o conjunto, dentre eles sua mãe e sua irmã (backing vocals), Ber e Isabela, respectivamente. Isabela Morais (em destaque na antepenúltima foto) é responsável por um dos momentos mais emocionantes do show em The Great Gig In The Sky.

Ao fim da apresentação, em meio à euforia dos presentes, Ber (Isabel – backing vocal e uma das responsáveis pela produção) anunciou que o Ummagumma voltará a Belo Horizonte para um show diferente entre os próximos meses de setembro e outubro em local aberto. Ainda segundo ela, isso possibilitará mais efeitos de luz e explosões. Mas antes disso o Ummagumma passa pelo Rio de Janeiro para duas apresentações nos dias 15 e 16 de julho.

O repertório da apresentação foi o seguinte (fora da ordem de execução):

1. Shine On
2. Learning to fly
3. Coming back to life
4. Pigs on the wing
5. Dogs
6. Another Brick in the Wall
7. Wot's uh the deal
8. Speak to me / Breathe
9. On the Run
10. Time
11. Breathe Reprise
12. The Great Gig in The sky
13. Money
14. Us and Them
15. Any Colour You Like
16. Brain Damage
17. Eclipse
18. Echoes
19. Wish You Were Here
20. Comfortably Numb
21. The show must go on
22. In The Flesh
23. Run Like Hell

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Pink FloydPink Floyd
A banda sustentou a família da atriz Naomi Watts

534 acessosDavid Gilmour: Assista novo teaser de Live At Pompeii727 acessosEddie Vedder e Roger Waters: "Confortably Numb" em Chicago612 acessosRoger Waters: confira o vídeo de "Wait for Her"4486 acessosNando Moura: Pink Floyd - esquerdistas???1319 acessosRoger Waters: organização judaica acusa músico de ser antissemita0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pink Floyd"

Classic RockClassic Rock
Revista elege 100 melhores músicas de rock

Rock BandRock Band
Bill Wyman e Nick Mason não gostam do jogo

Roberto CarlosRoberto Carlos
Pink Floyd quebra relógio, o Rei manda consertar

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Ummagumma"0 acessosTodas as matérias sobre "Pink Floyd"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

MetallicaMetallica
James Hetfield elege as suas dez músicas favoritas

Judas PriestJudas Priest
10 fatos que comprovam que eles são Heavy Metal!

5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann5000 acessosVídeo: ex-rockeiro explica o real significado da mão chifrada5000 acessosGuitarristas: E se os mestres esquecessem como se toca?5000 acessosRadiohead: O que Lars Ulrich pensa da banda? E Kirk Hammett?5000 acessosMetal: como o mito do True levou tantas bandas a serem fake5000 acessosMetalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

Sobre Luiz Figueiredo

Sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Luiz Figueiredo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online