Ecliptyka: como foi a abertura para o show da Tarja em SP

Resenha - Ecliptyka – Open Act Tarja Turunen (HSBC, SP, 12/03/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rogério Talarico
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A noite do dia 12 de março estava apenas começando para aproximadamente 3 mil fãs no show da ex vocalista do Nightwish, Tarja Turunen no HSBC Brasil em São Paulo.

5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosAs regras do Metal Neoclássico

Para esquentar a noite, a banda convidada para abertura deste magnífico show foi Ecliptyka, banda de Jundiaí, interior de São Paulo, que entrou no palco pontualmente as 20:40h, mostrando muito apreço e profissionalismo aos presentes.

O show iniciou com “The Age of Decadence”, um sampler instrumental, seguido pelo surgimento dos integrantes no palco, bem como por um gutural masculino marcante em “We Are The Same”, mesclado a bela voz da vocalista Helena Martins que permaneceu extremamente afinada. Em “Fight Back”, predominou o vocal feminino, dando um toque suave a toda a música, não perdendo seu peso instrumental principalmente em seu solo de guitarra, deixando o público bem animado que encerrou batendo palmas e gritando o nome da banda e vocalista.

Em “Splendid Cradle”, entrou um convidado especial, Danilo Herbert do Mindflow, fazendo uma ótima apresentação, com muita sintonia junto à banda e entrosamento perfeito com Helena. “Echoes From War”, outra música instrumental, iniciou-se com um toque sombrio em que lembrou cantos gregorianos numa versão pesada, dando abertura para “Hate” e “I´ve Had Everything”, música cantada também pelo guitarrista principal assumindo o back vocal.

Com Helena sorridente e mostrando muita simpatia e sempre comunicativa com o público, a Ecliptyka decidiu fazer uma breve homenagem ao After Forever, executando um cover de “Face Your Demons”, fazendo o público pular e acompanha-los no refrão. Em seguida veio “Unnatural Evolution” e “Dead Eyes”, encerrando o show com carisma e alegria, com o público fervoroso e clamando pela banda, fazendo parecer, por um momento, como se este fosse o show principal da noite.

Set List:

01 - The Age of Decadence (intro instrumental)
02 - We Are The Same
03 - Fight Back
04 - Splendid Cradle (participação especial de Danilo Herbert da banda Mindflow)
05 - Echoes From War (intro instrumental)
06 - Hate
07 - I've Had Everything
08 - Face Your Demons (After Forever cover)
09 - Unnatural Evolution
10 - Dead Eyes

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Ecliptyka"

GaleriaGaleria
Mais musas do rock/metal nacional

CapasCapas
Confira 10 das mais belas do Rock/Metal Nacional

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Ecliptyka"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

Metal NeoclássicoMetal Neoclássico
As regras para se tornar uma estrela do gênero

Jimi HendrixJimi Hendrix
12 coisas que talvez você não saiba sobre ele

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosThrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável5000 acessosMetallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década passada5000 acessosGuns N' Roses: vídeos da passagem de som no Rock in Rio 19915000 acessosO passado quase desconhecido de alguns rockstars5000 acessosMetallica: Lars Ulrich explica porque não tem tatuagem

Sobre Rogério Talarico

Rogério Talarico, 21 anos, residente em São Paulo/SP, é escritor, apesar se ser formado em análise de sistemas e, nas horas vagas estuda música e toca violoncelo. É fundador, administrador e escritor do site MetalConcerts.net que foi criado no intuito de suprir o mercado de divulgação de shows de Metal.Ouve o bom Metal desde os 10 anos, e sua banda favorita é o System of a Down. Ouve desde Black Sabbath à Alter Bridge, não tendo preconceitos se a música for boa. Siga no Twitter: @metal_concerts .

Mais matérias de Rogério Talarico no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online