Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"


Blaze Bayley: compromisso com a música e com os fãs

Resenha - Blaze Bayley (Teatro Barracão, Maringá, 07/04/2010)

Por Alan Victor Rosseto Biroli
Em 12/04/10

A noite de quarta-feira, 07/04/2010, estava completamente agradável em Maringá-PR, não só pelo tempo mas também pelo clima ao redor do Teatro Barracão, lugar onde Blaze Bayley se apresentou pela segunda vez na cidade.

Foto da chamada: Andre Molina

O Teatro, todo feito de madeira, bem rústico, porém extremamente conservado, e com uma das melhores acústicas de toda a cidade, tem capacidade para aproximadamente 350 pessoas. Lotação máxima que, nessa segunda apresentação do vocalista na cidade, não foi esgotada, ao contrário do ano passado.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

O evento com inicio para as 20:00 horas iniciou-se com cerca de 15 minutos de "atraso", se é que isso pode ser chamado de atraso.

A abertura da noite ficou por conta das headbangers locais da banda PANDORA. Sim! Eu disse, "as" headbangers. Composta somente por mulheres, a banda executou cerca de 4 músicas de autoria própria, que por sinal, são muito boas. Heavy Metal tradicional, sem vocais melosos, enjoativos. Estão de parabéns.

Ao final da apresentação das paranaenses, após cerca de alguns poucos minutos, os PA's soltam a introdução para a atração principal. "Madness and Sorrow", do mais recente album do vocalista, se incia para euforia geral dos presentes, seguida de "Voices From The Past". Super carismático, após saudar os presentes, Blaze anuncia a excepcional "City Of Bones", que é toda cantada pelos presentes. Do mesmo modo, "Blackmailer" e "Faceless".

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Mostrando-se bem animado, o lendário vocalista se jogava em meio ao público mais próximo, abraçando-os, chamando todos para cantar consigo. "Smile Back At Death" foi bem recebida pelo público que, como nas outras, acompanhava o vocalista.

Destaque também para as clássicas "Blood And Belief", "The Launch", "The Brave".

A banda que acompanha o vocalista é a mesma da turnê que passou pelo país no ano passado, com exceção ao baterista Larry que, por problemas de saúde, não veio à américa do sul.

Os irmãos Nico e David Bermudez, e Jay Walsh, que por sinal estava bem "louco", mostraram-se extremamente competentes e excelentes músicos. Com destaque ao baixista, David. Agitava e batia cabeça durante todo o show.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Blaze Bayley anuncia o próximo som, dizendo ser esse um som de uma banda da qual ele era extremamente grato e feliz por ter feito parte, usando de suas palavras, era um som "da banda de heavy metal mais importante do mundo". Do álbum "X-factor", do IRON MAIDEN, "Lord Of Flies" foi extremamente bem executada, levando à loucura os fãs, que ficaram ainda mais insanos com a rápida e poderosa "Futureal", também da Donzela de Ferro.

O querido e simpático vocalista mostrava-se cada vez mais solto na apresentação, e foi assim que executou, "Letting Go Of The World" e "Waiting For My Life To Begin". Músicas que, sem dúvida, assim como as de sua antiga banda, o Iron Maiden, foram o ponto alto do show. Talvez sejam essas as melhores músicas dos mais recentes álbuns do vocalista. A poderosa "The Brave" veio em seguida, introduzida com um discurso rebelde do vocalista, sendo ofuscada pela fraca "Lead Of Faith", que talvez pudesse ser substituída por alguma outra mais recente. O que viria em seguida seriam mais duas porradas na cabeça dos presentes. Após um discurso destruidor contra as grandes empresas fonográficas e um grito por liberdade, era a vez de "The Clansman", uma das melhores músicas do album "Virtual XI", do poderoso Iron Maiden. Sem perder tempo "Man On The Edge" agitou os fãs que imediatamente iniciram os "moshs pits" pela pista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O final da apresentação se aproximava e então a melhor música, que dá ao album o mesmo nome, é tocada, "The Man Who Would Not Die". "The Robot" é a ultima antes da despedida, antes da banda voltar para o som final, "Kill And Destroy".

O show chegava ao fim, e o que os headbangers presentes puderem ver naquela noite foi a apresentação de uma banda totalmente dedicada e compromissada unicamente com a música e seus fãs, comandada por um homem extremamente carismático, humilde e profissional, chamado Blaze Bayley, que mostrou possuir uma carreira solo extremamente consistente e de qualidade, saindo cada vez mais da sombra da Donzela de Ferro e, conquistando cada vez mais seu espaço no cenário da música pesada.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Detalhe; o "man who would not die" atendeu a todos os presentes após sua apresentação, assim como sua banda!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemIron Maiden: quando Bruce Dickinson mandou dois tijolos para Blaze Bayley

imagemBlaze Bayley diz que é amigo dos integrantes do Iron Maiden e que não há ressentimentos

imagemBlaze Bayley explica de forma clara e direta porque Metal é música do Diabo

imagemBlaze Bayley manda mensagem natalina inspirada em seu novo disco

imagemBlaze Bayley: "Diziam que o Nirvana seria o novo Judas Priest ou o novo Iron Maiden"

imagemBlaze Bayley: segundo ele as "viúvas do Bruce" hoje apreciam seus álbuns no Iron Maiden

imagemBlaze Bayley: assista videoclipe da sua participação com o Diggerthings


Bruce Dickinson: ele ficou surpreso quando Blaze Bayley entrou no Iron Maiden


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Alan Victor Rosseto Biroli

Desde criança ligado ao rock n' roll e heavy metal. Advogado, pseudo-jornalista e um apaixonado pela verdadeira música que ouve desde sua infância.

Mais matérias de Alan Victor Rosseto Biroli.