Matérias Mais Lidas

Iced Earth: Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de voltaIced Earth
Fãs que apoiaram vaquinha de Schaffer querem dinheiro de volta

Iced Earth: fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no CapitólioIced Earth
Fotos mostram Jon Schaffer segurando spray de urso no Capitólio

Iced Earth: veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir CapitólioIced Earth
Veja as seis acusações que Jon Schaffer enfrenta por invadir Capitólio

Iced Earth: Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao CapitólioIced Earth
Jon Schaffer se entrega e é preso por estar em invasão ao Capitólio

Phil Spector: Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19Phil Spector
Produtor, que estava preso por assassinato, morre de COVID-19

Iron Maiden: debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgiaIron Maiden
Debilitado, Paul Di'Anno depende de vaquinha virtual para fazer cirurgia

Inesquecíveis: 50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de modaInesquecíveis
50 grandes sucessos do rock e do metal que nunca saem de moda

Metallica: Uma versão de Battery que todo headbanger sempre quis ouvirMetallica
Uma versão de "Battery" que todo headbanger sempre quis ouvir

Classic Rock: As 100 maiores músicas do século... até agora!Classic Rock
As 100 maiores músicas do século... até agora!

Metallica: há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a bandaMetallica
Há 20 anos, o grande Jason Newsted deixava a banda

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Paul Stanley: não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta delePaul Stanley
Não consegue cantar Kiss e se arrisca no R&B? Saiba a resposta dele

Guns N' Roses: guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezesGuns N' Roses
Guitarrista ex-Black Crowes recusou entrar para a banda por duas vezes

Buckethead: guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeçaBuckethead
Guitarrista explica por que usa máscara e balde na cabeça


Matérias Recomendadas

Guitarra: o riff mais popular de todos os temposGuitarra
O riff mais popular de todos os tempos

Iron Maiden: em 1985, show secreto com Adrian no vocalIron Maiden
Em 1985, show "secreto" com Adrian no vocal

Guns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpasGuns N' Roses
Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas

Guns N' Roses: os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnRGuns N' Roses
Os Jovens Pistoleiros, sexo, drogas e RnR

Metal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?Metal
Adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Stamp
Tunecore

Desculpe o transtorno: Preciso falar sobre o fim do Hangar 110

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Guifer, Fonte: Fernando Guifer
Enviar Correções  

Ainda busco uma palavra capaz de ilustrar o sentimento que envolve a perda do HANGAR 110, templo do Rock Alternativo de SP, que anunciou 2017 como sendo seu derradeiro ano de atividades em prol da música.

Para nós, músicos e/ou clientes, o Hangar tinha uma espécie de blindagem divina que jamais permitiria suas portas se fecharem para sempre.

E não importa se estávamos visitando-o (ou não) com frequência, era confortante saber que o pico tinha seus braços estendidos para quando quiséssemos nos livrar do stress diário e fazer um bate-cabeça, dar um mosh, ou simplesmente encostar no balcão para observar aqueles pôsteres clássicos antes de curtir um rockinho ao vivo, like a boss, escorado na pilastra central da casa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este era um rito mais do que revigorante para que pudéssemos encarar a segunda-feira seguinte com o loading em 100% na intenção de começar tudo outra vez.

A voz chega embarga só em imaginar que passaremos por lá em 2018 e não sentiremos no ar aquele cheiro de show e o clima de Música e Cultura feitos com a alma por artistas que, em sua maioria, não subiam naquele palco por grana, e sim, por amor verdadeiro à arte.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O camarim do Hangar 110 vazio
O camarim do Hangar 110 vazio

Aliás, essa fragrância de show feito com o coração exalava desde que descíamos na plataforma da estação Armênia do Metrô ou cruzávamos de carro ou Van a esquina da Rua Rodolfo Miranda com a Avenida Tiradentes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Para as bandas independentes, tocar lá era a consagração; para o público, uma espécie de 'batismo'. E isso não é saudosismo. Quem vivenciou entende bem o que estou dizendo.

O sentimento de ir ao Hangar 110 era incrível porque o dia todo criava-se uma expectativa em torno do tal rolê de logo mais, tanto para quem tocaria quanto para quem colaria para curtir.

Tratava-se de uma peregrinação intensa e ao mesmo tempo imprevisível, já que, por diversas vezes, íamos para ver a banda do amigo e saíamos de lá cheio de novas bandas favoritas - e suas respectivas fitas/cds-demos no fundo da mochila.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma verdadeira celebração que incluía a diversidade dos gêneros coirmãos, como o Rap, o Hip Hop e o Reggae, que vez ou outra se trombavam para um abraço fraterno e verdadeiro.

O Hangar 110 transcendeu o que conhecemos por 'casa de shows', e sagrou-se, de forma natural, como um verdadeiro patrimônio cultural da música não só paulistana, mas brasileira.

Ao dar vida à casa, o Marco (Alemão) possibilitou que talentos fossem revelados, pois abriu portas aos que sonhavam pisar em um palco de verdade e ter sua arte valorizada de um jeito merecido e que fizesse valer a pena toda correria de bastidores.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não importava o 'tamanho' da banda, sempre existiu padronização no tratamento entre os grupos/integrantes, que, apesar de parecer o básico, encantou e tornou-se um diferencial devido tanto descaso proporcionado pelos concorrentes mal preparados que foram ficando pelo caminho.

Artista é artista independente do tamanho de seu público, até pq, a pessoa nunca deve ser maior do que a própria arte. Jamais o ego do artista deve protagonizar um filme que é todo voltado à sua arte. E essa máxima era uma das características mais admiráveis de lá - e uma aula de empreendedorismo aos que nunca souberam administrar um rock bar de verdade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Pensar dessa forma fidelizou não apenas os menores, mas também os gigantes, pois as bandas que tocavam lá quando ainda usavam fraldas não abandonaram o lugar mesmo chegando à maioridade, caso do CPM 22 e do NX Zero, por exemplo.

Mas, seguindo a linha do 'tudo o que é bom dura pouco', parece que, infelizmente, chegamos ao fim da linha, não é mesmo, família?

Bom, enfim... de repente não tratamos o Hangar 110 com a mitologia que ele realmente mereceu ao longo dessas quase duas décadas de contribuição à nossa cultura, e talvez valha repensar o papel que desempenhamos para que essa 'falência' fosse desencadeada e, principalmente, o que fizemos nos últimos tempos em prol da nossa cena de forma sustentável.

De qualquer forma, quero deixar registrado o meu MUITO OBRIGADO ao Marcão (Alemão) e toda equipe, e a todas as bandas, staffs e galera foda que colou lá e fez tudo se tornar inesquecível durante esses 19 anos.

Ali puder ver bem de perto artistas que admiro, ali conheci novos artistas que passei a admirar, ali tive a honra de lançar álbuns e gravar clipes (tocando o puteiro sem censura), e ali é um lugar em que fiz muitas amizades que até hoje estão intactas. Indiscutivelmente um lugar que vai morar para sempre em meu coração e sempre que eu passar ali na frente vou contar à minha filha o quão surreal foi viver tudo isso.

EXISTE EXPLICAÇÃO PARA O FIM? :'(

Embora seja óbvio, passou despercebido por nós que o Hangar é um estabelecimento comercial e não consegue se manter sem uma renda bacana para rodar com qualidade os eventos aos finais de semana.

E o encerramento das atividades no Hangar seja talvez a pá de cal que faltava para chancelarmos de vez o momento estranho (para não dizer deplorável) que vive o Brasil especificamente em dois aspectos que impactam diretamente o consumidor final: a crise financeira e a indústria musical.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

- A crise: por não permitir que a galera curta mais de um show por semana ou, quiçá, por mês.

Quem não tem grana não sai de casa, e isso, claro, atrapalha o negócio do empresário, pois, naturalmente tornou-se desinteressante abrir o lugar e se expor às altas despesas, tendo, na maioria das vezes, meia dúzia de gatos pingados em frente ao palco balançando a cabeça e segurando uma lata de cerveja (fazendo-a render ao máximo por estar sem grana até para o 'goró nosso de cada dia').

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E este 'sumiço' do público impacta também na contratação das bandas consideradas maiores, saca? Aquelas que geralmente fisgam o público e o incentiva no consumo do bar, na compra de ingressos, no giro do merchan, enfim, bancando efetivamente a manutenção econômica do negócio.

- A indústria musical: é inegável que o atual momento do nosso território está baseado em tudo quanto é estilo, menos em Rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Entenda: não estou dizendo que isso seja ou não justo, até porque gosto é uma parada muito pessoal e intransferível, portanto, não deve ser julgado.

Mas é nítido que o Rock no Brasil vem perdendo espaço – na grande mídia - há alguns anos e com os investimentos seguindo contrários a ele, o que o torna (momentaneamente) um "mau negócio" 360 graus para todos os que estão diretamente envolvidos com o estilo. E isso, óbvio, abala em primeira instância nos músicos independentes - também conhecidos como super-heróis da indústria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A crise financeira, a falta de investimento no Rock e, claro, o ainda não citado 'peso da idade', são fatores determinantes para que muitas bandas joguem a toalha. Mas entenda: isso não tem relação com fracasso, falta de talento ou 'desistir do sonho' e blá, blá, blá. É uma questão que envolve perspectiva x prioridade x realidade.

Chega um momento em que a vida nos traz responsabilidades muito embaçadas e complexas do que o sonho adolescente, manja? E elas geralmente chegam a uma velocidade cinco vezes maior do que a de ser reconhecido pelo trabalho como músico no underground. Enfim... ser adulto é definitivamente uma bosta.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

De repente, nem a parte gostosa da coisa, que é o palco, passa a fazer mais sentido.

O cara injeta o salário, o tempo, aí coloca mais salário, em seguida mais uma pitadinha de tempo, perde a namorada (ou namorado), investe o físico, o emocional e a vida na banda, e, quando vê, só acumulou prejuízos. Já que, conforme mencionei, o retorno que fazia toda correria (e roubada) valer a pena era o palco, e só. Ali é o momento mágico, o resultado final, a colheita, o instante sublime e motivador.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Funciona meio que assim ó: você se mata anos e anos para desenvolver um conteúdo relevante para os fãs/amigos, e quando senta para analisar e/ou fazer um balanço, identifica que o mais inesperado e desesperador aconteceu: a arte perdeu peso na balança.

A arte que você tanto faz com amor não vale mais nada nessa bagaça. A indústria musical agora se interessa por coisas que transcendem o ingrediente principal de um artista, que é sua ARTE (e toda atitude que a envolve), passando a valorizar coisas 'realmente relevantes', como cabelos, traseiros e roupas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É neste momento que você para, põe a mão na consciência e entende que toda parte burocrática conseguiu lhe tirar também o tesão de subir no degrau mais alto para empunhar um instrumento e fazer sua música. É o fim da linha.

A geração que fez do Hangar 110 point cresceu e não houve reposição mesmo com nós, daquela época, tentando incentivar os mais novos dessa geração a dar continuidade ao processo, pois, a (desleal) mídia é feita contrária aos argumentos que utilizamos, então, perdemos força para o 'Sertanejo' Universitário e o 'Funk' Carioca, que fazem a rapa nos dias de hoje.

Em suma: vivenciamos a tal 'cadeia' de fatores.

A indústria musical do país está uma bosta, a nádega virou prioridade e o cérebro opcional, ninguém tem dinheiro para nada, as bandas desanimam, brigam e acabam, o público broxa porque cresceu e agora só trabalha (e não se diverte), os picos fecham suas portas, e nós ficamos cada dia mais órfãos da verdadeira arte.

Na boa? Só Deus na causa. É sério!

Na torcida por uma solução. Todos merecemos!

Obrigado, Hangar 110! #VidaLonga


Baladas de Sangue
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?O lado escuro do rock
Você acredita em magia negra?

Iron Maiden: se as bandas de metal mandassem no mundo...Iron Maiden
"se as bandas de metal mandassem no mundo..."


Sobre Fernando Guifer

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.