RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemVídeo de vocalista brasileiro batendo cabeça em "Toxicity" atinge 1 milhão de views

imagemO Sepultura honrou nossos ancestrais bem antes do pessoal da Noruega lembrar dos vikings

imagemSlipknot: o nojento porém genial motivo do apelido dos fãs da banda

imagemAC/DC parabeniza o aniversariante Brian Johnson nas redes da forma mais direta possível

imagem"Greta Van Fleet é prova de que toda geração tem o Restart que merece", diz Regis Tadeu

imagemFloor Jansen explica por que deixou seu cabelo mais curto

imagemDream Theater já fala de novo álbum; Mike Portnoy cada vez mais próximo da banda

imagemO guitarrista que o Pink Floyd queria ao invés de David Gilmour

imagemNoel Gallagher detona o jazz: "Todo mundo tocando músicas diferentes ao mesmo tempo"

imagemJéssica di Falchi é efetivada como guitarrista da banda Crypta

imagemBittencourt assume que é "eternamente insatisfeito" com algumas músicas do Angra


NFL Steve Harris

Rock in Rio: entre o caráter democrático e o comercial

Por Gabriel von Borell
Em 28/09/13

A edição 2013 do maior festival de música do Brasil chegou para provar que a marca Rock in Rio está cada vez mais forte. O festival, que se encerrou no último domingo (22), foi sucesso absoluto de público e errou bem menos do que na edição de 2013, em termos de infraestrutura e atendimento ao público. A organização também deu um considerável salto de qualidade e na maioria das vezes houve respeito com relação ao cronograma de horários e apresentações. Ainda sobre o balanço positivo, o som no Rock in Rio 2013 também foi outro ponto alto. Não houve, pelo menos no que pude constatar, nenhuma falha técnica em centenas de horas de música e ouvia-se com perfeição os diversos shows que aconteciam tanto no palco Mundo como no Sunset.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por outro lado, a entrada no festival continua complicada. Tudo bem que estamos falando de um evento que recebeu quase 90 mil pessoas diariamente, mas fica o questionamento sobre como pensar uma maneira de ampliar as rotas de acesso e saída para o público no festival. A parte da revista em bolsas e mochilas também deixou a desejar. O controle beirava o ridículo e muita gente conseguia entrar com items que, a princípio, seriam proibidas, e até ilegais. Já a questão da cerveja foi um ponto negativo extra. Quem curtia os shows na pista só conseguia comprar água ou refrigerante. E os beberrões de plantão como ficavam? O jeito era esperar as apresentações terminarem para matar a sede de álcool.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Line-up polêmico

Novamente trazendo sete dias de festival e buscando atingir o mais variado público, a velha discussão sobre a seleção de bandas e artistas no Rock in Rio mais uma vez se fez presente. Seria o Rock in Rio um festival democrático ou um evento essencialmente focado no lado comercial, lucrativo e marqueteiro? Ou tudo junto? A verdade é que desde a sua primeira edição o festival carioca cria misturas improváveis no universo da música e trabalha com diferentes vertentes artísticas. Muito criticado por sua 'diversidade musical', o Rock in Rio é quem acaba ganhando com isso. Talvez o importante realmente seja focar naquilo que te agrada musicalmente porque, independente de qualquer gosto, o Rock in Rio sempre traz apresentações incríveis.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O que foi o show apoteótico do Metallica mais uma vez (a banda liderada por James Hetfield também havia balançado as estruturas da Cidade do Rock em 2011)? Ou a impressionante vitalidade no palco de Bruce Springsteen enlouquecendo os fãs com mais de três horas de apresentação? Destaques ainda para a estreia de John Mayer no Rio de Janeiro, mostrando que o músico não é apenas um excelente cantor mas também um excepcional guitarrista, Bon Jovi, que ainda manda muito bem e, além de tudo, deu um show de simpatia (com direito até à carícias trocadas com uma fã durante "Who Says You Can't Go Home"), e, claro, Iron Maiden, com seus clássicos que nunca cansam de nos tirar o folêgo.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Enquanto isso, outras atrações como Ghost B. C., Alicia Keys, Avenged Sevenfold e Jessie J pareceram não ter agradado a maior parte do público. Mas o respeito ao trabalho de todos os artistas, que certamente trabalham duro para agradar seus fãs, deve vir em primeiro lugar. Agora é esperar o anúncio sobre as atrações que virão ao Rio de Janeiro daqui a dois anos. E aí, qual seria o seu palpite?

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A banda que mostrou no Rock in Rio como se faz um show num festival gigantesco

Rock in Rio 2022 tem novo recorde de cachê, em show repleto de playback

Cinco sugestões para quem só reclama do Rock In Rio não passar raiva na próxima edição

O inesperado show do Rock in Rio que Regis Tadeu gostou de assistir

Os 5 perrengues e os 5 acertos do Rock in Rio 2022, segundo a Veja

Regis Tadeu confessa que ficou surpreso com o show do Maneskin no Rock in Rio

O momento mais constrangedor do Rock in Rio 2022 para Regis Tadeu

Resenha - Billy Idol (Rock In Rio, Rio de Janeiro, 10/09/2022)

UOL diz que Rock in Rio "nunca foi só rock" e se pergunta quando sertanejo terá espaço

Rock In Rio pode ter artistas sertanejos? Roberto Medina responde

Guitarrista Steve Stevens explica os problemas de Billy Idol no Rock in Rio

Após rumores de colaboração com Sepultura, Anitta diz que nunca mais pisa no Rock in Rio

Fãs do Green Day usam fralda para não perder lugar no Rock in Rio

Os 11 maiores shows da história do Rock in Rio, segundo o Omelete

Axl Rose pede desculpas por performance no Rock in Rio

Rodas de Mosh: O reporter do UOL encarou a flagelação headbanger

Carlinhos Brown: a atitude rock'n'roll no Rock in Rio de 2001

Robert Plant: O que o impediu de se apresentar no Rock In Rio II

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock

Supergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Sobre Gabriel von Borell

Gabriel von Borell, nascido em 30/03/85, jornalista. Não vive sem música e também não se apega a rótulos musicais. Acredita que todo preconceito é burro, inclusive o musical. Escuta de tudo um pouco, considerando que um jornalista deve estar aberto pra conhecer e comentar sobre qualquer músico ou banda. Pode ser encontrado no Twitter em @gabrielborell.

Mais matérias de Gabriel von Borell.