RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemNarrador Luiz Carlos Jr. manda ver em cover de "Holy Diver"; assista vídeo

imagemA banda que Mustaine achou que pudesse ser a nova encarnação dos Beatles (e não foi)

imagemA opinião curta e grossa de Tony Iommi sobre documentário de Ronnie James Dio

imagemAnthrax: Scott Ian revela qual música ele apagaria da história da banda

imagemBillie Joe Armstrong acorda antes de setembro acabar e mostra o corpo em Miami Beach

imagemComo o Pixies influenciou o maior hit do Nirvana, segundo Kurt Cobain

imagemCorey Taylor chama vocalista do Maroon 5 de idiota

imagemSteve Harris explica a mudança no tracklist do "The Number of the Beast"

imagemTony Iommi revela característica que "realmente curtia" em seu amigo Dio

imagemA banda que desbancava Roberto Carlos na época da Jovem Guarda, segundo Miguel Plopschi

imagemMetallica anuncia show especial apenas com músicas dos dois primeiros álbuns

imagemMetallica queria que o Mars Volta tocasse uma música. Não tocaram. O Metallica tocou.

imagemBaterista do Slipknot diz que novo álbum da banda é um passo para a frente

imagemFãs comparam Padre Kelmon com "Padre Quemedo" e Bruno Sutter entra na onda

imagemO hit da Legião Urbana que traz crítica contra "Escolinha do Professor Raimundo"


NFL Steve Harris

Death: Digiorgio fala sobre morte de Chuck Schuldiner

Por Fábio Faria
Em 21/12/01

O baixista do CONTROL DENIED, Steve Digiorgio, publicou no último dia 16 de dezembro, em seu site oficial (www.stevedigiorgio.com) uma mensagem a respeito da morte de seu amigo e companheiro de banda Chuck Schuldiner:

"Triste...Esta é a primeira vez que eu estou no computador desde que ouvi a notícia. E posso ver que ela viaja rápido. Todo mundo sabe agora. Também quero agradecer a vocês pelas palavras gentis, pela atenção e apoio.

Então o que eu tenho a acrescentar? Perdemos um ícone do mundo do Metal. Mais importante, perdi um bom amigo de muitos anos. Ele nasceu no mesmo ano que eu e tínhamos muito em comum. É óbvio que toquei da melhor forma ao lado dele, de alguma maneira ele trouxe à luz as minhas mais insanas linhas de baixo. Ele sempre me incentivou a fazer mais, pensar mais, derrubar barreiras e inovar... mas ainda assim manter-me fiel à fórmula. Perdi uma inspiração para a minha própria jornada musical, eu sentirei falta dele para sempre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Estávamos no meio dos trabalhos para o próximo disco, e é triste que ele nunca veja a conclusão desse trabalho. Faremos o melhor possível para terminar o disco em homenagem a ele, mas nunca saberemos se alcançará os padrões de Chuck. Isso é o mínimo que podemos fazer por alguém quem deu tanto si e se preocupou tanto com o que ele fazia e de que forma isso teria efeito nas pessoas que acreditavam nele.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por um lado eu estou alegre que o sofrimento acabou para ele. Chuck não poderia tocar sua guitarra novamente, não poderia reorganizar sua grande coleção de LPs, trabalhar ao redor de sua casa, ir à praia, a shows e essas coisas que ele amava fazer. Ele não merecia uma vida sem essas coisas que o fizeram quem ele era. Porque ele era, o que ele amava. Ele amou muito a família, nunca se distanciou de sua mãe, pai, irmã e sobrinho. Ele amou os seus animais de estimação que eram sua família também. Amou lugares abertos, os churrascos, as praias, as caminhadas, andar de canoa, coisas que ocupavam muito de seu tempo quando nós não estávamos compondo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Naturalmente ele amou a música, ele fez dela a sua vida... e nós fizemos dela a nossa. É verdade que ele teve algo muito sério, e algo que finalmente o levaria. Mas eu quero ignorar todos os rumores, todos os boatos, todas as besteiras. Saibam que ele nunca aceitou o destino. Ele nunca desistiu de tentar vencê-lo. Ele foi um lutador verdadeiro até o fim. O médico avisou que ele não teria muito tempo de vida, então foi a outro médico. Quando este falou a mesma coisa, ele mudou de médico de novo. Procurava achar a resposta que queria (que ainda havia esperança), e não a que lhe era dada. Ele viajou todo o país procurando alguém para ajudá-lo em sua luta. Ele não aceitava "não" como resposta. A sua vontade de viver era fortalecida pela determinação daqueles que estavam ao seu redor. Os familiares nunca hesitaram em fazer o que era necessário para ele. Seus amigos tentaram ajudar no que era possível. E os fãs e as pessoas que o ajudaram em todo o mundo, com palavras e contribuições (financeiras) mantiveram a faísca acesa quando as coisas pareciam estar feias.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Orgulhem-se do trabalho dele, o coração de Chuck ainda bate para nós cada vez que escutamos as suas canções, porque o coração dele está na obra que ele deixou. Adeus temporariamente meu Irmão do Metal, eu sentirei sua falta mais do que as palavras podem dizer."

Steve Digiorgio


Morte de Chuck Schuldiner

Chuck Schuldiner finalmente dá a palavra

Chuck Schuldiner ainda precisa de ajuda

Chuck Billy fará doação a Chuck Schuldiner

CD do Death para ajudar Chuck Schuldiner

Morre Chuck Schuldiner, do Death e Control Denied

Morre Chuck Schuldiner, de câncer, aos 33 anos

Paul Masvidal relembra Chuck Schuldiner

Guitarrista do Death relembra Chuck Schuldiner

Em 13/12/2001: Chuck Schuldiner, do Death, morre por causa de um raro tumor cerebral

Chuck Schuldiner: mãe relembra seis anos da morte

Death: demos chegarão à família de Chuck Schuldiner

Chuck Schuldiner: abaixo-assinado busca preservar memória

Death: Em 13 de dezembro de 2001 o mundo perdia um grande mestre do Metal

Death: uma petição para a ressurreição de Chuck Schuldiner

Todas as matérias sobre "Morte de Chuck Schuldiner"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Lista: do pop punk ao death metal, 20 bandas de rock e heavy que surgiram na Flórida

Iron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas

King Diamond: O que significa ser Satanista?


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria.