Black Country Communion: Joe Bonamassa se declara fora da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista Joe Bonamassa afirmou que estão encerradas suas atividades com o BLACK COUNTRY COMMUNION, o supergrupo que inclui o baixista/vocalista GLENN HUGHES [Deep Purple, Trapeze, Black Sabbath], o baterista JASON BONHAM [Bonham, Led Zeppelin] e o tecladista DEREK SHERINIAN [Dream Theater].

"Até onde eu sei, meu envolvimento está encerrado, e eu vou lhe dizer por quê: originalmente, eu fiz isso pelas mesmas razões pelas quais eu fiz o lance com Beth Hart e Rock Candy Funk Party - era uma desculpa pra tocar um tipo diferente de música que eu geralmente não toco", disse Bonamassa ao site Premiere Guitar.

"Os dois primeiros discos foram do caralho - a banda é fantástica quando a Ritalina faz efeito, e o distúrbio de déficit de atenção vai embora, e todo mundo está concentrado", ele continuou. "É uma banda de rock devastadoramente boa do tipo do começo dos anos 70, e Glenn é um vocalista fantástico - simplesmente um dos melhores de todos os tempo.Então eu fiz isso e fiz uma turnê de nove semanas em 2011, que, na real,no fim dela já não era mais divertida pra mim. Não porque eu não gostasse dos caras da banda, mas era demais - muita coisa envolvida em levar as pessoas de um canto para o outro e colocar a banda no palco. Todo mundo parecia muito tenso, e isso deixou minha equipe muito tensa, e não é esse o jeito que eu gosto de excursionar. Eu comando uma família - eu tenho 21 pessoas que vão na estrada comigo o tempo todo, e se você perguntasse a eles quem era a causa dos problemas deles, eles diriam que era eu. A menos que não houvesse Coca-Cola Diet - daí é uma baita duma porra dum problema, e daí ou eu vou ao mercado, ou alguém vai [risos]."

"Mas não era mais divertido pra mim", explicou o guitarrista. "Tudo que o Glenn diz na mídia, basicamente me culpando- que eu fui a razão pela falta de turnê da banda e da falta de futuro da banda. Isso ficou rapidamente sem graça alguma. Seria desonesto de minha parte subir ao palco e fingir que estou me divertindo para agradar a banda. Eu não sou o guitarrista praquela banda, mas, infelizmente, parece não haver nenhum guitarrista desempregado em Los Angeles que eles possam arrumar. Há tantos caras que podem desempenhar esse papel e eu seria o primeiro a entrar na fila e comprar um ingresso. Então é essa minha história com a banda. Felizmente, eu não estou mais envolvido, mas estou feliz com o legado que deixei com o grupo e feliz com os discos que fizemos. Foram três ótimos anos pra mim."


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Black Country Communion"Todas as matérias sobre "Joe Bonamassa"


Glenn Hughes: ele ama o Brasil pelas pessoas, comida e futebolGlenn Hughes
Ele ama o Brasil pelas pessoas, comida e futebol


Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da históriaGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história

Mulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesaMulheres no Rock
As mais importantes segundo rádio inglesa


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336