Motorhead: "Eu não sou mais o mesmo", diz Lemmy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marii Franco, Fonte: Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Estávamos todos preocupados com Lemmy enquanto ele lutava para cuidar dos problemas médicos que forçaram o Motorhead adiar uma turnê européia em 2013. E, como se vê, os anos de vida dura da lenda do rock realmente o deixou perto do túmulo.

Motorhead: Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"Slipknot: as mulheres da vida dos integrantes da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lemmy fala:

"Durante a minha última cirurgia eu estive muito perto da morte", admitiu. "Foi o único momento em que fui perseguido pelo demônio chamado dúvida. Eu me perguntava se eu tinha que fazer isso mesmo. Eu não tenho medo da morte - costumo cantar sobre isso. Então eu não estava tremendo na minha cama. Mas eu tinha a sensação do que ainda não foi feito. Eu ainda quero fazer shows e gravar álbuns. Esse sentimento que me ajudou a passar por tudo isso".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como relatado anteriormente, a recuperação de Lemmy dependia de uma necessária mudança de vida, incluindo largar seus vícios de uísque, coca-cola e cigarros. Ele insiste, porém, que foi capaz de colocar tudo em perspectiva: "Eu tive que aprender a viver com menos. A alternativa era a morte".

Ainda assim, ele admitiu que a possibilidade de parar de fumar foi particularmente assustadora: "Eu tenho fumado desde que eu tinha 11 anos, então eu realmente não estava ansioso para colocar o meu último cigarro na boca. Mas enfrentei como um homem de verdade - sem rebocos ou pílulas, apenas força de vontade. Eu temi que eu tivesse todos os tipos de efeitos colaterais, mas eu não senti nada".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E admitiu que "fisicamente eu não sou mais realmente como antigamente". Ele também descreveu a euforia em subir ao palco para um show no Hyde Park de Londres, em julho. "Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show para 95 mil pessoas. Um show é um show, mas isso era diferente. Será que eu fazê-lo até o fim, perguntei a mim mesmo? Mas depois eu me senti fantástico, e não houve nenhum incidente durante o resto da turnê".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motorhead"Todas as matérias sobre "Lemmy Kilmister"


Lemmy: Eu parei de fumar como um homem de verdade paraLemmy
"Eu parei de fumar como um homem de verdade para"

Lemmy: Não vou morrer pobre, mas também não sou ricoLemmy
"Não vou morrer pobre, mas também não sou rico"


Motorhead: Segundo Lemmy Kilmister, Rap não é músicaMotorhead
Segundo Lemmy Kilmister, "Rap não é música"

Slipknot: as mulheres da vida dos integrantes da bandaSlipknot
As mulheres da vida dos integrantes da banda


Sobre Marii Franco

Marii Franco, já passou dos 30 anos, coleciona palhetas, ama gatos e Ramones! Cresceu lendo e escrevendo para a Rock Brigade e sente muita falta da década de 90, para ela, uma das décadas mais divertidas do rock n'roll!

Mais matérias de Marii Franco no Whiplash.Net.

adGoo336