Motorhead: "Eu não sou mais o mesmo", diz Lemmy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Marii Franco, Fonte: Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 03/11/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Estávamos todos preocupados com Lemmy enquanto ele lutava para cuidar dos problemas médicos que forçaram o Motorhead adiar uma turnê européia em 2013. E, como se vê, os anos de vida dura da lenda do rock realmente o deixou perto do túmulo.

318 acessosMotorhead: Roger de Souza bate papo com Gastão Moreira, do KZG5000 acessosGosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempre

Lemmy fala:

"Durante a minha última cirurgia eu estive muito perto da morte", admitiu. "Foi o único momento em que fui perseguido pelo demônio chamado dúvida. Eu me perguntava se eu tinha que fazer isso mesmo. Eu não tenho medo da morte - costumo cantar sobre isso. Então eu não estava tremendo na minha cama. Mas eu tinha a sensação do que ainda não foi feito. Eu ainda quero fazer shows e gravar álbuns. Esse sentimento que me ajudou a passar por tudo isso".

Como relatado anteriormente, a recuperação de Lemmy dependia de uma necessária mudança de vida, incluindo largar seus vícios de uísque, coca-cola e cigarros. Ele insiste, porém, que foi capaz de colocar tudo em perspectiva: "Eu tive que aprender a viver com menos. A alternativa era a morte".

Ainda assim, ele admitiu que a possibilidade de parar de fumar foi particularmente assustadora: "Eu tenho fumado desde que eu tinha 11 anos, então eu realmente não estava ansioso para colocar o meu último cigarro na boca. Mas enfrentei como um homem de verdade - sem rebocos ou pílulas, apenas força de vontade. Eu temi que eu tivesse todos os tipos de efeitos colaterais, mas eu não senti nada".

E admitiu que "fisicamente eu não sou mais realmente como antigamente". Ele também descreveu a euforia em subir ao palco para um show no Hyde Park de Londres, em julho. "Eu fui arrastado dos portões do inferno para fazer um show para 95 mil pessoas. Um show é um show, mas isso era diferente. Será que eu fazê-lo até o fim, perguntei a mim mesmo? Mas depois eu me senti fantástico, e não houve nenhum incidente durante o resto da turnê".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 03 de novembro de 2014

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

318 acessosMotorhead: Roger de Souza bate papo com Gastão Moreira, do KZG1660 acessosMotorhead: biografia mostra o quão Lemmy era único1459 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's450 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta311 acessosMetal Maya: Homenagem a Lemmy e Burton no Dia dos Mortos no México0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
Tatuagens, política, strippers e atrizes pornô

MotorheadMotorhead
Lemmy: "Políticos, sem exceção, são filhos da puta!"

Revista KerrangRevista Kerrang
A capa tributo a Lemmy Kilmister

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Gosto MusicalGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

Alice In ChainsAlice In Chains
Publicada a última foto de Staley com vida?

GuitarraGuitarra
Ouça o riff mais popular de todos os tempos

5000 acessosHelter Skelter: a música que Charles Manson "roubou" dos Beatles5000 acessosMegadeth: O recadinho provocante da vocalista do Huntress5000 acessosChinese Democracy: de 1994 a 2008, a saga do álbum mais caro da história5000 acessosJack Black: "Dio era meu vocalista de Heavy Metal favorito"5000 acessosEurope: toco de Lemmy, pito de Freddie, mijada com Axl Rose5000 acessosMetallica: Lars Ulrich explica porque não tem tatuagem

Sobre Marii Franco

Marii Franco, já passou dos 30 anos, coleciona palhetas, ama gatos e Ramones! Cresceu lendo e escrevendo para a Rock Brigade e sente muita falta da década de 90, para ela, uma das décadas mais divertidas do rock n'roll!

Mais matérias de Marii Franco no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online