Gary Moore: você precisa conhecer um dos maiores guitarristas da história

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jorge Felipe Coelho, Fonte: Rádio Catedral do Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

No último dia 6 completaram-se nove anos que o mundo da música perdeu Gary Moore. Irlandês de Belfast, desde o fim dos anos 60 o cara passeou por jazz rock e hard rock e, posteriormente, blues e baladas.

Gary Moore: ouça versão de "Still Got The Blues" de novo álbum ao vivoKing Diamond: ele é satanista, e não meramente marqueteiro

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Colecionou fama de energético, mandão e briguento, mas até os seus desafetos reconheciam o talento genial de Moore como guitarrista. Dominava, como poucos, timbres limpos e pesados, o que lhe dava grande versatilidade de composição.

Sua primeira banda, ainda aos 18 anos, se chamava Skid Row (Não! Não é a famosa banda de Sebastian Bach), mas seu estilo peculiarmente exigente o levou para a carreira solo em 1973. Paralelamente era recrutado por seu parceiro Phil Lynott, líder do Thin Lizzy, em colaborações com a icônica banda de hard rock. A mais importante delas, a gravação do álbum Black Rose: A Rock Legend, um dos mais marcantes do grupo irlandês.

Foi ao lado de Lynott, com quem brigava muito, mas amava como se fosse um irmão, que Moore alçou o primeiro voo mais alto e agitou o mundo da música com Parisienne Walkways". O single, composto pela dupla, trouxe um riff de guitarra marcante e obteve ótimo desempenho nas paradas inglesas de 1979. Outra parceria de sucesso da dupla foi em 1985, com o ótimo hard rock de Out in the Field.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Devido ao talento que saltava aos olhos, Moore seguiu a carreira solo fazendo parcerias com músicos do calibre de Ozzy Osbourne, Glenn Hughes, Ian Paice (Deep Purple) e Greg Lake (Emerson, Lake and Palmer) até mergulhar de cabeça no blues lançando Still Got the Blues, em 1990. O álbum foi um tremendo sucesso comercial capitaneado pela faixa título, um blues lento que trouxe um dos solos de guitarra mais famosos da música. Albert King, Albert Collins e George Harrison tiveram colaborações dentro do disco.

After Hours, álbum que sucedeu o best seller de Moore em 1992, é considerado uma continuação de sua vertente blues. A participação de BB.King, duetos de vozes femininas e seções de metais embelezaram um ótimo repertório de canções, imprescindíveis em seus shows desde então, como Cold Day In Hell e Since I Met You Baby.

Para conhecer um dos maiores guitarristas da história, recomendo uma ótima coletânea chamada The Platinum Collection. Nela, encontramos três discos temáticos a saber: o disco 1 cobre a fase rock, o disco 2 cobre a fase blues e o disco 3 é todo composto de versões ao vivo.

Outra boa dica é assistir ao DVD Gary Moore & Friends: One Night In Dublin, concerto de 2005 que Moore realizou com membros do Thin Lizzy em Dublin. São tocados clássicos do Lizzy em homenagem ao falecido amigo Phil Lynott, que ganhou uma estátua na cidade.

O último lançamento, póstumo, de Gary Morre é recente e saiu em janeiro desse ano. Cobrindo o registro de uma apresentação intimista no London's Islington Academy, em 2 de Dezembro de 2009, Live From London captura um pouco da paixão com que Moore tocava ao vivo a cada noite. Observe você mesmo a linda versão de seu maior clássico, Still Got the Blues:

Leia mais no Boletim do JF, disponível no link abaixo:
http://radiocatedraldorock.com/news-56-boletim-do-jf




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Gary Moore"


Gary Moore: ouça versão de Still Got The Blues de novo álbum ao vivoGary Moore
Ouça versão de "Still Got The Blues" de novo álbum ao vivo

Mortes: 30 músicos do rock e metal que nos deixaram na década de 2010Mortes
30 músicos do rock e metal que nos deixaram na década de 2010

Gary Moore: ouça versão de Since I Met You Baby do novo álbum ao vivoGary Moore
Ouça versão de "Since I Met You Baby" do novo álbum ao vivo

Gary Moore: novo álbum ao vivo chega em 2020 com edição nacionalGary Moore: álbum ao vivo será lançado em janeiro de 2020

Plágios ou Coincidências: cinco músicas famosas para você julgarPlágios ou Coincidências
Cinco músicas famosas para você julgar

Ozzy Osbourne: Gary Moore era primeira opção de guitarrista para carreira soloOzzy Osbourne
Gary Moore era primeira opção de guitarrista para carreira solo

Rock Pesado: As pedras preciosas do estilo; esmeraldasGary Moore: lançado disco-tributo com John Sykes, Steve Morse e maisGary Moore: ouça versão de "Empty Rooms" do novo álbum-tributo

WatchMojo: os 10 guitarristas mais subestimados de todos os temposWatchMojo
Os 10 guitarristas mais subestimados de todos os tempos

Plágios ou Coincidências: cinco músicas famosas para você julgarPlágios ou Coincidências
Cinco músicas famosas para você julgar


King Diamond: ele é satanista, e não meramente marqueteiroKing Diamond
Ele é satanista, e não meramente marqueteiro

Fotos de Infância: SlayerFotos de Infância
Slayer


Sobre Jorge Felipe Coelho

Quando criança, lia as letras dos encartes e ouvia discos de vinil dos pais na saleta de casa antes e depois de ir pra escola. Aos 9 anos de idade já tinha ido ao seu primeiro show guitarreiro. Hoje, administrador de formação, colaborou com a Rádio Cult FM, faz o Boletim do JF na Rádio Catedral do Rock e o Podcast Faixa a Faixa do Rock, continuando a ouvir, falar e escrever sobre a sua paixão: o rock n' roll.

adClio336 adClioIL adClio336 adClioIL