RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemJoe Satriani revela o guitarrista que ele ouve e diz: "Eu jamais alcançarei isso!"

imagemOzzy Osbourne aparece em público pela primeira vez após anunciar aposentadoria das turnês

imagemManowar no Brasil? Banda posta bandeira brasileira e fãs ficam empolgados

imagemA inesperada opinião de Bell Marques (ex-Chiclete com Banana) sobre o rock progressivo

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemRamones: C.J. conta que Johnny se recusou a visitar Joey em seu leito de morte

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemA icônica reportagem de Glória Maria em que Raul Seixas disse que foi atropelado por onda

imagemA nostálgica canção de Raul Seixas que propõe abolir a divisão entre o bem e o mal

imagemZakk Wylde tira o corpo fora ao ser questionado sobre cancelamento de shows do Pantera

imagemSlipknot lança novo single, "Bone Church", e também vídeo de "Yen" em versão Director's Cut


Exilio Angel

Beatles: O motivo pelo qual Ringo era "ruim", segundo George Harrison

Por André Garcia
Postado em 26 de novembro de 2022

Ninguém viveu mais um paradoxo com a beatlemania que George Harrison — o beatle calado e discreto que se viu no holofote de uma das maiores celebridades de seu tempo. Além de ter composto algumas das maiores canções do século XX, como "Something" e "While My Guitar Gently Weeps", o músico foi um dos grandes difusores do hinduísmo e a cultura indiana no ocidente.

Foto: Facebook Oficial - Beatles For Sale
Foto: Facebook Oficial - Beatles For Sale

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em vídeo disponível no YouTube, ele deu uma declaração inusitada sobre seu colega, o baterista Ringo Starr.

"[Passamos por] tantos anos amadurecendo juntos, e eu sei que Ringo é um grande baterista, mas ele é ruim [porque] ele não pratica. O que não parece importar, porque nas minhas músicas ele é muito bom: ouve a música uma vez e sabe exatamente o que tocar. É o tipo de baterista que jamais gostou dele solos, [mas que] intuitivamente sabe quando uma virada [é necessária]."

Conhecido por sua sinceridade, Harrison a seguir vestiu ele próprio a mesma carapuça.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"É a mesma coisa comigo, sabe? As pessoas me chamam de guitarrista, e em certo sentido eu realmente sou, mas eu nunca pratico. [Houve momentos em que] por anos e anos eu não botei a mão na guitarra, exceto para gravar um disco. Eu sei que eu posso ser muito bom, mas não pratico o bastante."

Beatles

Pioneiro, John Lennon formou o The Quarrymen em 1956 — ano do lançamento do álbum de estreia de Elvis Presley, considerado o marco zero do rock. Paul McCartney se juntou a ele em 58, George Harrison em 59. Depois de trocar de nome várias vezes, em 1960 a banda adotou o definitivo: The Beatles.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em ascensão então sem precedentes, eles conquistaram Liverpool em 62, a Inglaterra em 63 e os Estados Unidos e o mundo em 64, o ano da beatlemania. Após serem apresentados à maconha por ninguém menos que Bob Dylan, em meados da década o quarteto deu uma guinada em sua carreira, se afastando das canções pop e buscando fazer algo mais maduro.

Ao abandonar os shows ao vivo em 1966 — que, cada vez mais caóticos, chegaram a colocar a vida de seus membros em risco —, os Beatles puderam se dedicar integralmente às gravações. Com álbuns como "Revolver" (1966) e "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band" (1967), eles atingiram seu auge criativo abusando de instrumentos exóticos, experimentações sonoras e inovadoras técnicas de gravação. Não é por acaso que o "Sgt. Pepper's…" está entre os álbuns mais vendidos de todos os tempos.

Com o "White Album" (1968), por outro lado, eles já davam sinais de crescerem em direções diferentes, perdendo a unidade e coesão. A partir dali, cada vez mais a banda ficou pequena para os quatro. Insatisfeitos, para poderem fazer o que realmente queriam, tiveram que seguir caminhos separados após a gravação de "Abbey Road" (1969). O "Let It Be" (1970) já foi lançado como um trabalho póstumo.

Apesar de ter encerrado sua trajetória há mais de meio século, os Beatles seguem conquistando a novas gerações, e até hoje permanecem entre os nomes mais populares da música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.