Matérias Mais Lidas


Em 1993, Eric Clapton definiu a formação do Cream como "um glorioso engano"

Por André Garcia
Postado em 12 de dezembro de 2022

Um dos maiores pioneiros do blues na Inglaterra, Eric Clapton foi um grande difusor do gênero fora dos Estados Unidos, e um verdadeiro ícone da guitarra elétrica. Muitos de seus fãs, incluindo este que vos escreve, consideram que o auge de sua carreira foi na segunda metade dos anos 60, mas especificamente sua passagem pelo Cream.

Eric Clapton - Mais Novidades

Foto: Capa Disraeli Gearsx
Foto: Capa Disraeli Gearsx
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Conforme publicado pela Music Radar, em entrevista de 1994 para a revista britânica Guitarrist. Entre outras coisas, ele falou sobre seus dias de Cream de uma forma bem curiosa, a definindo como "um glorioso engano".

Guitarrist: As pessoas acham que você esteve no Yardbirds e o The Bluesbreakers por muito tempo, mas ambos os casos foram uma mera questão de meses…

Eu passei por aquilo tudo muito rápido. O Cream durou, tipo, um ano e meio. Mesmo com John Mayall, eu só fiquei meio [ano]. Eu era tão nada confiável, tão irresponsável… tinha vezes que eu simplesmente não aparecia nos shows. Por isso que Peter Green foi chamado para tocar com John: por que eu não estava lá. Eu estive com John no ano passado [1993] para fazer as pazes. Eu olhei para trás, todos aqueles anos, e percebi o quão errado eu agi.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Guitarrist: Qual é sua perspectiva do Cream? Devem ter sido 18 meses bem intensos.

Foi tão intenso que parece que ficamos juntos por três ou quatro anos. Meu sentimento geral sobre aquilo, agora, é que foi um glorioso engano. Eu tinha uma ideia completamente diferente do que seria a coisa quando comecei aquilo, e acabou sendo uma coisa maravilhosa. Mas nada como o que era para ter sido.

Guitarrist: Era para ter sido a sua banda, não era?

Era para ter sido um trio de blues, isso sim. Me faltava assertividade para tomar o controle. Jack e Ginger tinham personalidades poderosas, dominantes; eles meio que roubaram a cena e eu fiquei só tocando. Eu só me deixei levar, e, no final das contas, curti muito. Mas não foi nada como o que eu esperava que fosse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cream

Ginger Baker, Jack Bruce e Eric Clapton, que já tinham passagem por bandas como Yardbirds, John Mayall & The Bluesbreakers e Graham Bond Organisation, se cansaram de tocar em bandas dos outros. Com a formação do Cream, eles decidiram que era hora de se tornarem protagonistas de sua própria história.

Misturando blues, rock pesado e psicodelia, serviu de inspiração para nomes como Jimi Hendrix e influenciou a santíssima trindade do heavy metal: Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath. Entretanto, as constantes tensões internas entre os três não demoraram para implodir a banda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Embora tenha durado apenas dois anos e lançado apenas três álbuns, vendeu mais de 15 milhões de cópias, sendo "Wheels of Fire" (1968) o primeiro álbum duplo a chegar a disco de platina.

Em 1993, o Cream se reuniu especialmente para sua cerimônia de introdução ao Rock and Roll Hall of Fame. A pedido de Clapton, em 2005 o trio se reuniu pela última vez para uma série de apresentações no mesmo lugar onde eles se despediram, o Royal Albert Hall.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS